página anterior
página seguinte
Austrália - Terra de contrastes e beleza selvagem

Rodeada pelo oceano Pacífico e pelo Índico, a Austrália é um local que oferece muitos atrativos culturais e geográficos por quem procura umas férias de sonho. Conhecida pelo clima tropical, pelas praias de sonho e por ter uma das mais diversificadas faunas terrestres e marinhas, este país facilmente conquista o seu lugar na lista de destinos mundiais mais desejados por turistas de todo o Mundo.

A Austrália é o sexto maior país do Mundo; é aproximadamente do mesmo tamanho que os 48 estados continentais dos Estados Unidos e 50 por cento maior do que a Europa, mas tem a menor densidade populacional do Globo: apenas dois habitantes por quilómetro quadrado.

A sua costa estende-se por quase 50 mil quilómetros e está vinculada por mais de dez mil praias, mais do que qualquer outro país. Mais de 85 por cento dos australianos vivem dentro de 50 quilómetros da costa, o que faz parte do seu estilo de vida descontraído.

Terra de contrastes e de incomparável beleza, este assombroso país conta com cidades modernas e cosmopolitas, que partilham o seu esplendor com praias de areias brancas e impressionantes paisagens do interior: o famoso outback australiano e a Grande Barreira de Coral. É um país de uma beleza selvagem, que cresceu pela mão dos antepassados aborígenes. Localizado no Hemisfério Sul, ocupa toda a parte continental da Oceânia, o menor continente do Mundo. Há uns 40 mil anos, chegaram os primeiros aborígenes australianos de uma região ainda desconhecida da Ásia, que, atualmente, continuam a transmitir os seus conhecimentos e tradições.

A Austrália está dividida em seis estados, dois territórios continentais e outros territórios menores. Os estados são: New South Wales, Queensland, South Australia, Tasmânia, Victoria e Western Australia. Os dois territórios continentais são o Northern Territory e o Australian Capital Territory, onde se encontra a capital, Camberra. A população é de cerca de 21 milhões de habitantes, concentrados principalmente nas grandes cidades costeiras: Sydney, Melbourne, Brisbane, Perth e Adelaide.

A Austrália está rodeada pelas águas dos oceanos Pacífico e Índico e o mar de Arafura. A Grande Barreira de Coral, com 2000 quilómetros de longitude e uma largura entre 100 e 300 quilómetros, é a maior do Mundo, o que deixa, ao nordeste do país, uma grande quantidade de ilhas. Ocupa uma das massas continentais mais antigas e menos elevadas do Planeta, já que o seu ponto mais alto é o Monte Kosciuszko, com 2228 metros de altura, entre os estados de New South Wales e Victoria.

Uma grande parte do país é desértica ou semiárida; no entanto, o clima tropical está presente na maioria do território, graças às suas costas, aos bosques nativos, à extensa vegetação e às praias. As quatro estações verificam-se em todo o país, mas as mais marcantes são: verão (dezembro, janeiro e fevereiro) e inverno (junho, julho e agosto).

10 locais turísticos

Sydney
Sydney

A cidade possui lugares interessantes para se visitarem, como a Opera House, o Darling Harbour, com aquários marinhos, shoppings e museus, e uma visita ao outro lado da baía, incluindo o zoológico e a praia de Mainly. Uma subida à torre, no centro, é fundamental para se entender a cidade, além de oferecer uma fabulosa vista panorâmica. Ao visitar as Blue Mountains, terá a oportunidade de apreciar as belas paisagens do vale. A vida noturna, em Sydney, é a mais ativa de toda a Austrália.

Cairns
Cairns

A cidade é pequena e daqui poderá ir até à Grande Barreira de Coral ou subir de teleférico até Kuranda e fazer o passeio de comboio pelo vale, que está repleto de cascatas de água. Pode ir a Port Douglas e aproveitar para conhecer o Daintree National Park, considerada a floresta com maior diversidade de plantas por metro quadrado no Planeta.

Gold Coast
Gold Coast

Praias bonitas para surfistas e amantes do mar. Os parques temáticos e a vida noturna no bairro do Surf Paradise são muito animados. Os parques nacionais nas imediações são imperdíveis, com muitas cascatas, flora e fauna para serem apreciadas.

Fraser Island
Fraser Island

Aqui podem-se fazer passeios pela areia em veículos 4x4, com lagoas muito bonitas e a Natureza para apreciar.

Magnetic Island
Magnetic Island

Fica em Townsville, com praias fabulosas, sendo dois terços da ilha um parque nacional, onde estão instaladas várias colónias de coalas no verdadeiro habitat.

Whitsundays
Whitsundays

Um verdadeiro paraíso para os amantes de desportos náuticos, com uma ótima vida noturna e restaurantes.

Ayers Rocks
Ayers Rocks

Fica no coração da Austrália, perto da cidade de Alice Springs. É o maior monólito de pedra do Mundo e um local sagrado para os aborígenes. Tudo à sua volta é deserto, sendo um sítio espetacular para se visitar, fazer passeios pelas imediações e ver as cores da rocha a mudarem ao longo do dia.

Great Ocean Road
Great Ocean Road

A três horas de carro de Melbourne, esta é uma ótima cidade para se conhecer, sendo uma das preferidas dos pilotos de Fórmula 1 no circuito mundial, não só pela descontração da população, mas pelo movimento da vida noturna e dos excelentes restaurantes.

Kakadu National Park
Kakadu National Park

Perto de Darwin, é um dos parques nacionais onde abunda mais a vida selvagem da Austrália.

Tasmânia
Tasmânia

É considerado um dos lugares mais bonitos da Austrália e que, de certa forma, lembra as paisagens da Nova Zelândia. Bastante provinciana, com cidades pequenas e charmosas, aqui, a Natureza é o ponto alto, com praias espetaculares, apesar da água ser um pouco fria. As montanhas e as lagoas são de uma beleza inigualável.

O icónico canguru é exclusivo da Austrália. Estima-se que haja 40 milhões de cangurus no país, mais do que quando foi colonizado

Canguru e demônio da tasmânia

Animais nativos

A Austrália está repleta de animais nativos e possui mais mamíferos do que qualquer outro lugar da Terra e muitos marsupiais, desde os carnívoros demónios-da-tasmânia até aos sariguês de pernas curtas, coalas sonolentos, até poderosos cangurus. Este país é também o lar de 350 espécies de pássaros diferentes, inclusive os icónicos kookaburra e ema. Todos estes animais nativos podem ser vistos em jardins zoológicos e parques de vida selvagem, nas maiores cidades e nos centros turísticos: Taronga Zoo, em Sydney, Rainforest Habitat, em Port Douglas, e Healesville Sanctuary de Victoria e Cleland Wildlife Park, na Austrália do Sul. Pode observá-los no habitat natural, seja por conta própria ou num passeio especializado, com comentários de especialistas. Não deixe de conhecer o coala, o canguru, o kookaburra, a ema, o pássaro-lira, o demónio-da-Tasmânia, o dingo, o sariguês, o wallaby e o ornitorrinco.

Aproveite o litoral

Descubra as praias preservadas, os oceanos e as ilhas que estão no centro do estilo de vida australiano. Onde quer que as encontre, as praias de areia branca são exatamente como imagina – com poucas pessoas, preservadas e absolutamente sedutoras. Pode admirar maravilhas consideradas Patrimónios da Humanidade, relaxar no isolamento de uma praia ou saborear um delicioso peixe à beira-mar. Independentemente de como vivencia o litoral, a explosão das ondas e a suave brisa marítima fazem parte de um estilo de vida que não vai querer deixar para trás.

Visite o paraíso de Whitsundays, Queensland
Não pode deixar de visitar Whitsundays – 74 ilhas imaculadas orladas de palmeiras na Grande Barreira de Coral e no mar de Coral. Entre a areia branca e as águas verde-azuladas e quentes, pode encontrar a vida marinha, ver corais com as cores do arco-íris, medir forças com peixes para pesca recreativa, velejar, divertir-se ou tirar uma sesta à beira-mar. Com apenas oito ilhas habitadas, certamente encontrará uma em que somente as suas pegadas serão deixadas na areia.

Relaxe nas praias de Byron Bay, em Nova Gales do Sul (New South Wales)
Vai adorar este paraíso da nova era, famoso por gloriosas praias de surf e um estilo de vida que combina o hippie chic com o amor pelos prazeres. Aqui, pode aprender a surfar com os especialistas locais, fazer uma caminhada ao nascer do sol, pelos caminhos de Cape Byron, tirar a roupa em Kings Beach, uma praia de nudistas, ou praticar surf radical no The Pass.

Com um toque de glamour na Costa de Ouro, Queensland
Este icónico destino de férias oferece 70 quilómetros de praias ensolaradas, florestas tropicais, consideradas Património da Humanidade, parques temáticos, além de proporcionar as compras e a vida noturna ininterruptas. Encontre golfinhos e ursos polares nos parques temáticos, pratique surf ou faça um passeio de um dia até uma ilha. Divirta-se durante a noite inteira e, em seguida, explore os verdejantes recônditos subtropicais. No litoral agitado da Austrália, a vida tem tudo a ver com a diversão.

Cause furor na península Mornington, Victoria
Descubra excelentes praias para nadar e surfar, vilarejos históricos às margens da baía e paisagens espetaculares na pitoresca península de Port Phillip Bay, a apenas uma hora a sul de Melbourne. Caminhe pelo litoral escarpado, passando por dunas, praias, penhascos e faróis. Em seguida, observe os coalas em French Island, nade com os golfinhos e focas em Sorrento e pare para o almoço nos vinhedos ou nos bosques de oliveiras com vista para o mar.

Cuide do paladar em Margaret River, Oeste
Esta famosa região vinícola também é um paraíso natural de praias para surf, florestas de altas seringueiras australianas, cavernas subterrâneas e caminhos pelo cerrado. O vinho e a culinária maravilhosa das vinícolas combinam com as ondas de padrão internacional das 75 praias. Nade nas águas cristalinas de Bunker Bay, surfe as ondas explosivas de Surfers Point, observe as baleias e explore as cavernas em Cape Leeuwin. Margaret River é um lugar onde as paisagens de tirar o fôlego e a boa vida se fundem.

Absorva a beleza de Wineglass Bay, Tasmânia
Pode desfrutar de praias imaculadas na deslumbrante península Freycinet. A mais famosa é Wineglass Bay, uma curva perfeita de areia branca e mar turquesa contra picos graníticos rosa e verdes. Observe o panorama mágico após uma fácil escalada em Coles Bay ou de uma caminhada desafiadora até ao topo do monte Amos. Em alternativa, pode ligar-se com este paraíso, fazendo um passeio de caiaque pelo mar, nadando ou mergulhando.

Encontre de tudo na península Fleurieu, Austrália do Sul
Mergulhe em dramáticos navios naufragados e observe a vida marinha, visite as famosas vinícolas ou apanhe uma onda neste playground do litoral, a apenas uma hora de carro do sul de Adelaide. Hospede-se nos graciosos vilarejos de Port Noarlunga e Victor Harbor ou na histórica cidade ribeirinha de Goolwa. Mergulhe na perfeita Horseshoe Bay, pratique windsurf em Sellicks Beach ou mergulhe em Rapid Bay. Veja florestas antigas e visite as vinícolas locais. Caminhe por cabos espetaculares ou observe de perto a vida selvagem nativa.

Onde ir

Opera House de Sydney
Opera House de Sydney

Tem um desenho de construção espetacular e está situado no lugar mais turístico de Sydney, chamado Daling Harbour. Ali existem muitos restaurantes à volta com paisagens fabulosas para os terminais de barcos turísticos e transatlânticos. O Opera House é, sem dúvida, o edifício mais característico e identificativo desta cidade australiana.

Ponte Harbour
Ponte Harbour

É um dos símbolos de identidade de Sydney. Inaugurada em 1932, a ponte foi um marco económico e de engenharia, na época, para o povo australiano. A vista é maravilhosa, especialmente porque se pode ver a Opera House de vários ângulos. Para os mais desportistas e aventureiros, oferecem-se escaladas a pé, na ponte.

Catedral de Sydney
Catedral de Sydney

A Catedral de Santa Maria (St. Mary’s Cathedral) foi edificada para a comunidade católica de Sydney, em 1868. É a sede do arcebispado e encontra-se no mesmo lugar onde se fez a primeira capela católica na Austrália. É de estilo gótico do renascimento e foi construída com pedra calcária, evocando as grandes catedrais medievais da Europa. Esta catedral foi dedicada à Virgem Maria, sob o título da Imaculada Mãe de Deus, Amparo dos Cristãos. Está situada em Hyde Park, o maior parque da cidade e lugar de reunião dos habitantes de Sydney, nos feriados ou fins de semana.

Circular Quay
Circular Quay

O cais principal de Sydney é, também, o ponto onde foi fundada a colónia original de Sydney e com ela o resto do país. Além do significado simbólico, é um lugar ideal para admirar dois dos símbolos principais desta cidade: a ponte da baía e a icónica Opera House.

Aquário de Sydney
Aquário de Sydney

É um dos mais importantes e impressionantes do Mundo, já que reúne mais de 12 000 espécies de animais marinhos.

Orient Hotel
Orient Hotel

Tem sido um marco na História de Sydney. Está situado no primeiro bairro que aqui foi criado, o The Rocks, e existe desde 1844. Apesar de se chamar hotel, é conhecido como pub. Todas as noites, o restaurante, a discoteca, o bar, o cocktail-bar e a rua enchem-se de gente para beber e ouvir música. Durante o dia, é um famoso espaço para se beber uma cerveja entre amigos e colegas de trabalho.

Sydney Tower
Sydney
Sydney Tower

No meio do Central Business District, a Sydney Tower oferece vários programas: desde jantar no restaurante, subir apenas para o Observation Deck, para ver toda a cidade, ou fazer skywalk.

Great Ocean Road
Great Ocean Road

Esta estrada tem 243 quilómetros, começa perto de Melbourne, na cidade de Torquay, e acaba em Warrnambool. Foi construída e dedicada aos soldados mortos na Primeira Guerra Mundial e é dos percursos junto ao mar mais impressionantes da costa australiana! As paisagens são muito bonitas e encontram-se sempre cangurus e coalas no caminho. O elemento mais turístico são os 12 apóstolos, uma coleção de 12 rochas esculpidas pelo mar, todas próximas umas das outras. Neste momento, só restam sete rochas, mas não deixa de ser um dos mais turísticos percursos da Austrália. Vale a pena passar lá uma noite para ver tudo com calma.

Shot Tower Square
Shot Tower Square

Está localizada no Centro Comercial Melbourne Central e é a maior atração turística deste local. Foi completada em 1890 e tem 50 metros de altura. Este edifício histórico foi salvo da demolição, em 1973, e incorporado no centro comercial, protegido por um cone de vidro de 84 metros de altura (nove andares, 327 degraus até ao topo). O interior da torre tem um museu.

Grande Barreira de Coral
Fantasea Reefworld – Grande Barreira de Coral

A Grande Barreira de Coral é um dos grandes atrativos da Austrália. Trata-se de uma espécie de “meca” para os mergulhadores e amantes do meio marinho. Na realidade, não se trata de uma única barreira de coral, mas sim de uma série de barreiras pequenas que se estendem por quase 100 quilómetros da costa de Queensland.

Montanhas Azuis
The Three Sisters – Montanhas Azuis

A visita às Montanhas Azuis é uma das excursões mais comuns que se podem fazer em Sydney, sendo que Três Irmãs é a sua imagem mais conhecida. Os três picos rochosos podem ser vistos a partir do miradouro de Each Point, que possibilita a observação de uma panorâmica do parque, o que permite desfrutar mais sobre as singulares flora e fauna australianas.

Camberra

A CAPITAL DA AUSTRÁLIA
Situada no estado de Victoria, Melbourne é a segunda maior cidade da Austrália, sendo um pouco menor do que Sydney em população, porém, maior em extensão. Tem cerca de quatro milhões e meio de habitantes e continua a crescer, principalmente pelo seu enorme mercado de trabalho. O centro da cidade encontra-se dentro de um retângulo perfeitamente desenhado, onde funcionam as sedes das maiores empresas australianas e multinacionais. Saindo deste retângulo, a cidade

torna-se baixa, com construções de um ou dois andares somente, e estende-se literalmente por horas de carro, para percorrer os subúrbios de um extremo ao outro. Melbourne não tem muitos morros, montanhas ou belezas naturais servindo de pontos de referência; a sua paisagem é monótona e repetitiva. O Yarra River divide a cidade em duas metades, sendo a parte que fica a leste chamada de Southbank, onde se encontram-se os cafés, os restaurantes e o Crown Casino.

Panorama de Camberra

Panorama de Melbourne
Docas de melbourne à noite

Melbourne

A SEGUNDA MAIOR CIDADE DA AUSTRÁLIA
Situada no estado de Victoria, Melbourne é a segunda maior cidade da Austrália, sendo um pouco menor do que Sydney em população, porém, maior em extensão. Tem cerca de quatro milhões e meio de habitantes e continua a crescer, principalmente pelo seu enorme mercado de trabalho. O centro da cidade encontra-se dentro de um retângulo perfeitamente desenhado, onde funcionam as sedes das maiores empresas australianas e multinacionais. Saindo deste retângulo, a cidade torna-se baixa, com construções de um ou dois andares somente, e estende-se literalmente por horas de carro, para percorrer os subúrbios de um extremo ao outro. Melbourne não tem muitos morros, montanhas ou belezas naturais servindo de pontos de referência; a sua paisagem é monótona e repetitiva. O Yarra River divide a cidade em duas metades, sendo a parte que fica a leste chamada de Southbank, onde se encontram-se os cafés, os restaurantes e o Crown Casino.

Guia do Viajante

ver mapa maior

Austrália

onde ficar

Four Points by Sheraton,
Sydney

Novotel Cairns Oasis Resort

Novotel Melbourne on Collins

Ozone Seafront,
Kangoroo Island

Hilton Adelaide

Desert Gardens Ayers Rock

The Sebel Cairns

Holiday Inn Esplanade,
Darwin

Holiday Inn Gaguju Crocodile Kakadu

onde comer

Restaurante Universal
Fica em Sydney e tem comida deliciosa, muito bem confecionada.

Restaurante Summit
Este restaurante encontra-se no topo de um dos mais altos edifícios da cidade de Sydney e tem a particularidade de ser um piso redondo e rotativo. Com as mesas postas ao longo da fachada de vidro, pode jantar ao mesmo tempo que contempla toda a cidade iluminada.

Restaurante ZoZo
A especialidade deste restaurante coreano, situado no central business district, de Sydney, são uns woks gigantes cheios de água a ferver, onde os alimentos ficam a cozer durante o jantar, e vai-se comendo diretamente da “panela”.

Restaurante Mad Pizzas

Le Paris Go Café
Este café, em Bondi Beach, é conhecido pela boa qualidade de comida, boa música e gente fashion.

Restaurante Icebergs
Fica em Bondi Beach, é o sítio mais famoso, cheio de celebridades de Sydney.

Restaurante Gazebo
Situa-se em Sydney, a comida varia entre tapas de todo o tipo: marisco, queijos, lulas, chouriço, batatas e pratos completos.

Restaurante Pier
Conotado como um dos melhores restaurantes de Sydney, encontra-se em Rose Bay, num pontão.

Rockpool
Este restaurante de Sydney foi mencionado no Times por servir os melhores hambúrgueres da cidade.

Deli Bottega
Fica em Bondi Beach. Aqui bebe-se bom café e comida deliciosa. Tem grande variedade de queijos e vinho.

Gertrude & Alice Cafe Bookstore
Este local, em Bondi Beach, não é um café qualquer. Tem um conceito atual e moderno: aqui lê-se, compram-se e vendem-se livros, bebe-se um café ou come-se um bolo.

praias a conhecer

Bronte Beach

Maroubra Beach

Tallows Beach

Bondi Beach

Murrays Beach

curiosidades

  • A Austrália é o sexto maior país do Mundo.
  • É o continente com maior variedade de lagartixas.
  • Cientistas da Organização Australiana de Investigação Científica e Industrial (CSIRO) encontraram 80 montanhas marinhas de mais de 500 metros de altura e 25 quilómetros de largura; 145 canhões submarinos e corais de dois metros de altura com cerca de 2000 anos.
  • A esperança de vida na Austrália é de 80 anos (a quarta mais alta do Planeta).
  • Há 47 espécies diferentes de cangurus. O menor é o rock wallaby (pesa menos de um quilo) e o maior é o canguru vermelho, que chega a medir 1,80 metros e a pesar 90 quilos.

informações

Moeda
Dólar australiano

Idioma
Inglês é a língua oficial. O aborígene é falado em certas áreas.

Documentos
Passaporte com validade mínima de seis meses e visto

Fuso horário
Na costa leste:
+ 9 horas (abril a outubro)
+ 11 horas (novembro a março).

Voltagem
220 volts

clima

A norte da Austrália predomina o clima tropical; a sul, o mediterrâneo; ao centro, o clima é árido e semiárido, surgindo, a oeste, extensos desertos. As temperaturas são estáveis e não há grandes variações, o que significa uma média de 30º C durante o verão e 10º C no inverno. Somente em alguns pontos ao sul, há registo de neve durante estação fria. No deserto, as temperaturas passam facilmente dos 50º C, durante o dia, caindo para, aproximadamente, 0º C durante a noite.

 

Texto: Virgínia Esteves (virginia.esteves@impala.pt) | Fotos: Arquivo Impala, Wiki Commons, Flickr e Travel NT (http://www.travelnt.com)
edição 4 a próxima viagem