página anterior
página seguinte
Córsega Uma montanha em pleno mar

Foi aqui que nasceu Napoleão. Conhecida como a “ilha da beleza”, a Córsega é uma joia banhada pelo sol, que seduz com enseadas de água turquesa, praias de areia branca e estradas margeadas por oliveiras e laranjeiras.

porto de Córsega

Situada no Sudeste de França, em pleno mar Mediterrâneo, a Córsega caracteriza-se pelas suas magníficas paisagens de maquis (vegetação típica da região) e pela sua rica miscelânea de culturas, possuindo uma exuberante beleza natural decorrente da exótica mistura entre o mar e a montanha.

O seu interior é recortado por pequenas e sinuosas estradas, que caminham entre florestas e rochedos, alcançando antigos e isolados vilarejos (muitas vezes, localizados acima dos mil metros de altitude), que guardam séculos de tradição e História.

Intrigante e fascinante

A geografia da ilha diz muito sobre a sua personalidade. O difícil acesso entre os diversos vilarejos e as sucessivas invasões ao longo da História (responsáveis pelo desenvolvimento dos vilarejos no interior da ilha e no alto das montanhas) fizeram da Córsega uma região repleta de microrregiões. Cada povoado é singular, com os seus costumes, características, crenças e rivalidades.

Os Corsos são únicos. Donos de uma personalidade rústica e indomável, têm orgulho na sua História e são apaixonados pela sua “nação”.

encosta de Bonifácio

Mística, exótica e apaixonante, a Córsega foi habitada por um povo que sempre esteve disposto a morrer para defender a sua terra, a sua independência e liberdade, cuja História é repleta de mistérios e folclore e marcada por inúmeros e longos conflitos.
A sua posição geográfica, no coração do mar Mediterrâneo, foi durante séculos um ponto estratégico das rotas marítimas, o que despertou a cobiça de inúmeros povos da Antiguidade: Fenícios, Gregos, Romanos, Mouros. Foram séculos de invasões, disputas e batalhas. No entanto, e como sempre acontece, cada povo deixou a sua marca, um pouco da sua História e dos seus costumes.

Ota
A ilha francesa de Córsega é um precioso enclave selvagem no Mediterrâneo, muito popular entre os amantes de caminhadas

Curiosidade

A bandeira da Córsega representa a imagem da cabeça de um Mouro. Segundo uma das lendas contadas na Córsega, a bandeira faz referência a uma batalha entre Corsos e Mouros, na qual foi pedida a cabeça do chefe destes como forma de comemorar a vitória dos Corsos.

A lenda das conchas turbo

praia na Córsega

Segundo a lenda, a jovem Lucie, virgem e mártir de Siracusa, acompanhou a mãe, que sofria de uma doença grave, ao túmulo de Santa Águeda. Com a força das orações conseguiu receber a cura para a mãe. Em gratidão, Lucie distribuiu os bens pelos pobres que encontrou, mas foi acusada de violar as leis do cristianismo. Para provar a sua fé, arrancou os próprios olhos e deitou-os ao mar.

A Virgem Maria, em retribuição à sua devoção, devolveu-lhe uns olhos ainda mais belos.

As conchas turbo, frequentemente encontradas nas praias da Córsega, pela sua morfologia ficaram conhecidas como “os olhos de Sainte Lucie”.

Roteiro de cidades obrigatórias

onde ir e o que ver

Bonifácio
Fica a Sul e está marcada pela edificação de três fortificações sucessivas: a pisara, a medieval – denominada “genovesa”, que foi testemunho da construção de uma grande muralha ornada com torres quadradas – e a francesa, que constitui o edifício atual. Bonifácio conserva desta restauração as estreitas casas-fortaleza construídas sobre o vazio.

Aqui descubra:

Bonifácio
  • Entre calcários e granitos, as falésias formam uma ampla fachada natural;
  • Içadas no vazio e olhando a Sardenha, o Cemitério Marino constitui um dos lugares de visita mais insólitos de Bonifácio. Frente ao cemitério pode-se admirar uma das mais belas vistas da cidade.

Porto Vecchio
É um dos destinos mais famosos, onde poderá alugar uma casa de férias. O complexo turístico é uma bela cidade costeira, célebre pelo seu grau de sofisticação. Há praias fabulosas, excelentes condições para a vela e os melhores restaurantes para desfrutar.

Porto Vecchio

Ajaccio

Umas férias na Córsega são ideais para descobrir uma cultura totalmente única

Ajaccio
Capital regional e cidade imperial, foi fundada em 1492. O percurso de Napoleão Bonaparte planeia a cidade e muitos são os lugares, as ruas e os edifícios que lembram que em 1769 nasceu o que seria futuro imperador.

Se procura um romance eterno, lugares cheios de história e ruas por onde o tempo parece não passar, repletas de lojas e restaurantes muito acolhedores, Ajaccio é a escolha ideal. As delícias culinárias de Ajaccio não têm rival à vista.

Aqui descubra:

  • O salão napoleónico, situado na câmara municipal, o Museu Nacional da Casa Bonaparte, na rua Saint Charles, onde nasceu e viveu Napoleão, assim como a capela imperial;
  • A catedral do Renascimento;
  • A Cidadela do século XVI;
  • O casco antigo;
  • A rota das crestas, as ilhas sanguinárias.
Citadela de Calvi

Calvi
A cidade da costa. As vistas de Calvi são só por si motivo mais do que suficiente para o impressionar. A cidade não está apenas repleta de sítios onde se pode sentar a admirar os edifícios antigos, mas também é um lugar ideal para descansar em pleno sossego.

Aqui descubra:

  • Notre Dame de la Serra, uma capela que domina Calvi e protege a baía, com uma magnífica paisagem;
  • A Cidadela de Calvi, símbolo da cidade, com as suas ruas pavimentadas e pitorescas e uma magnífica vista da baía desde as muralhas, e a casa de Cristóvão Colombo;
  • E ainda muitas outras mais, como Porto Vecchio, no Sul da Córsega, Aleria, Saint Florent ou, ainda, a Ile Rousse.
porto de Bastia

Bastia
Cidade da arte e da História.

Aqui descubra:

  • Terra Nova (atual cidadela);
  • O porto desportivo com a igreja de Saint Jean-Baptiste;
  • O jardim dos governadores.
Outros lugares a não perder!

O golfo do Porto
Cala de Piana, golfo de Girolata, reserva de Scandola, um lugar declarado como Património Mundial da Unesco.

panorama golfo do Porto

Golfo do Porto

Deserto dos Agriates
O Deserto dos Agriates é uma zona árida e inabitada da Córsega. Incorretamente chamado de “Deserto”, o seu nome evoca terra agrícola, propício para o cultivo de cereais e azeitonas. A vegetação dos Agriates está adaptada às condições climáticas locais, é composta de espécies tradicionais como medronheiro, urze, murta, esteva, aroeira, carvalhos, oliveira e pinheiros.

Ile Rousse
Se procura boas praias na Córsega, este é um dos melhores locais, com areias douradas que cobrem a totalidade da costa ocidental.

Porticcio
É um povoado com muito encanto, localizado nas margens do golfo de Ajaccio. Com acesso pelo mar Mediterrâneo, Porticcio está rodeado de Natureza e encontra-se muito perto das zonas onde começam os trilhos para caminhada.

Descubra as ilhas Lavezzi
A partir da marina de Bonifácio partem barcos para as Lavezzi, que são ilhas desabitadas, onde, para os visitantes diários, apenas existe a Natureza, as pequenas praias e enseadas verdadeiramente surpreendentes. Leve óculos de mergulho e dedique um dia inteiro a estas pequenas ilhas.

ilhas Lavezzi
Guia do Viajante

ver mapa maior

Córsega

onde dormir

Le Mariana
Calvi

Hotel A Madonetta
Bonifácio

Radisson Blu Resort & Spa
Ajaccio Bay

Hotel Fesch
Ajaccio

Logis Hotel Le Lonca
Porto-Ota

Best Western Ajaccio Amirauté
Ajaccio

Hotel Impérial
Ajaccio

Alivi
Bastia

Best Western Hôtel Santa Maria
L’Île-Rousse

La Florentine
Saint-Florent

Hotel Posta - Vecchia
Bastia

Hotel Don Cesar
Porto-Vecchio

Hotel Costa Salina
Porto-Vecchio

Napoleon
Ajaccio

onde comer

Akeru Sushi
Ajaccio

A Nepita
Ajaccio

Altru Versu
Ajaccio

Grazie Mille
Bastia

U Gregale
Bastia

Pizzeria Chez Vincent
Bastia

Chez Seraphin
Peri

Auberge Napoleon
Cauro

L’Auberge du Pecheur
Saint Florent

La Voute
Piana

La Riviere des Vins
Corte

Le Padula
Algajola

Terramea
Porto-Vecchio

gastronomia

A Córsega também é rica em tradições vivas, nas quais a gastronomia ocupa um lugar de primeira ordem. Prisuttu (fiambre curado), figatellu (salsicha de fígado), lonzu (filete seco), coppa (filete seco) ou salame (salsichão) são alguns dos exemplos de uma charcutaria reconhecível entre mil.

A pulenta de farinha de castanhas será um bom acompanhamento para o seu estufado de javali, mas também poderá desfrutar dos queijos de cabra ou de ovelha de sabor incomparável. Junto ao mar, durante toda a primavera e no verão, o peixe ou o marisco farão as delícias do seu paladar, podendo acompanhar com qualquer uma das oito produções de vinho D.O.C., que não faltarão no seu menu. Como vê, esta cozinha é autêntica e generosa!

rotas a fazer

Descubra os seus produtores, as suas terras e o seu estilo de vida ao longo das Routes des Sens Authentiques (Rotas dos Sentidos Autênticos), itinerários que poderá realizar livremente em cada microrregião, para ir ao encontro da experiência local.

compras

Adquira produtos de charcutaria, queijos, mel, o delicioso biscoito de castanha e o vinho doce Muscat do Cabo Córsega.

informações

Moeda
Euro

Idioma
Francês

Documentos
Bilhete de identidade/cartão do cidadão.

Fuso horário
+ 1 hora

clima

O clima é mediterrâneo – o verão é muito seco, com altas temperaturas, e o outono costuma ser chuvoso, provocando inundações ocasionais. O inverno é temperado e na primavera as temperaturas são agradáveis. Os ventos marinhos sopram durante todo o ano: atenuam os fortes calores estivais e no inverno matizam o ar frio proveniente dos montes. As montanhas localizadas no centro da Córsega apresentam um clima mais frio no inverno, com nevadas frequentes nos cumes.

capital

Ajaccio

 

Texto: Virgínia Esteves (virginia.esteves@impala.pt) | Fotos: Arquivo Impala, Wiki Commons e Flickr
edição 10 a próxima viagem