página anterior
página seguinte
Foz do Iguaçu -  A cidade das cataratas exuberantes
cataratas de Iguaçu

Localizada no extremo oeste do Paraná, a cidade de Foz do Iguaçu faz parte de um importante circuito turístico, tendo como aliadas as fronteiras do Paraguai e da Argentina. O grande destaque da região vai para as cataratas do Iguaçu, um conjunto de 275 quedas de água que foram eleitas uma das Sete Maravilhas Naturais do Mundo.

A Foz do Iguaçu, com toda a sua diversidade de atrativos, representa um dos mais belos destinos turísticos do Mundo. Possui riquezas naturais incomparáveis, como o Parque Nacional do Iguaçu, classificado Património Natural da Humanidade e onde estão localizadas as cataratas do Iguaçu.

Cidade com cerca de 260 mil habitantes, a Foz do Iguaçu é caracterizada pela sua diversidade cultural. São 80 nacionalidades, sendo que as mais representativas são oriundas do Líbano, China, Paraguai e Argentina.

Integrada na região trinacional, a Foz do Iguaçu faz fronteira com a cidade argentina de Puerto Iguazú e com a cidade paraguaia de Ciudad del Este. A base da economia está no turismo, com destaque para o comércio e serviços. De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Turismo (EMBRATUR) e pela Fundação Instituto de Pesquisas Económicas (FIPE), em 2006, 2007 e 2008, a Foz do Iguaçu foi considerada, no segmento “Lazer”, o segundo destino mais visitado por turistas estrangeiros, atrás apenas do Rio de Janeiro. Contando com uma infinidade de opções de passeios, de lazer, gastronomia e uma vida noturna bastante agitada, a Foz do Iguaçu espera por si!

Foz do Iguaçu

O que ver

Vai precisar de um dia completo para conhecer o lado brasileiro das cataratas. Inclua o Parque das Aves no programa, pois fica mesmo ao lado da entrada do parque.
No parque argentino, não deixe de ir à Garganta do Diabo, faça o Aventura Náutica e o Circuito Inferior, isto se quiser aproveitar só um dia – em dois dias pode fazer tudo o que é oferecido por ali, incluindo um passeio de bote pelo braço superior do Iguaçu e visitar a ilha San Martín. Não deixe de passar uma noite em Puerto Iguazú e, se puder, faça um passeio de helicóptero. Opções não faltam para que os seus momentos em Foz do Iguaçu sejam inesquecíveis. Desfrute deste paraíso!

Parque Nacional do Iguaçu (Brasil) e Parque Nacional Iguazú (Argentina)
O lado brasileiro oferece a vista mais bonita das quedas e no lado argentino, o visitante sente-se mais próximo delas. Pode também aventurar-se nos passeios Macuco Safári e Gran Aventura, realizados em botes que vão até abaixo de algumas quedas de água. Pode visitar o Ecomuseu, o Refúgio Biológico Bela Vista e também assistir à Iluminação da Barragem. O Parque Nacional do Iguaçu dispõe de percursos interpretativos e atividades de ecoaventura: rafting, rapel, escalada em rocha e passeios de barco no meio das quedas. É possível também sobrevoar as cataratas de helicóptero.

Usina Hidroelétrica de Itaipu
A maior hidroelétrica do Mundo em produção de energia.

O Parque das Aves exibe mais de 130 espécimes, que vivem em cativeiro ou ao ar livre.

Ilha San Martin Usina Hidroelétrica de Iguaçu cataratas de Iguaçu

Cataratas
Uma das sete maravilhas da Natureza

As cataratas do Iguaçu estão localizadas na parte do rio Iguaçu que faz fronteira entre Brasil e Argentina. Anualmente, são visitadas por 2,5 milhões de turistas de todo o Mundo, provocando sensações de encantamento e espanto. Uma dessas visitantes, Eleanor Roosevelt, então primeira-dama dos Estados Unidos, ao comparar aquele espetáculo das águas à sua frente com as quedas que o seu país divide com o Canadá, não resistiu e exclamou: “Poor Niagara! (pobre Niágara!)”.

Maiores e duas vezes mais largas do que as do Niágara, as cataratas do Iguaçu são únicas. O rio Iguaçu, que nasce na serra do Mar, tem 1320 quilómetros de extensão e divide o Paraná de Santa Catarina. Nos últimos 115 quilómetros, faz fronteira com a Argentina. As cataratas formam quedas de cerca de 18 quilómetros antes do Iguaçu desaguar no rio Paraná.
Ali, um desnível do terreno forma quedas de 65 metros de altura, em média, que se estendem por 2780 metros de largura. Despejam cerca de 1,5 milhões de litros de água por segundo em períodos normais.

O primeiro homem branco a avistar as cataratas do Iguaçu, em 1542, foi o explorador espanhol Alvar Nuñez Cabeza de Vaca. Ele deslocava-se do litoral de Santa Catarina rumo a Assunção, no Paraguai, cidade recém-fundada por expedições anteriores, quando se deparou com a grandiosidade das quedas de água.

Outro passeio imperdível é ao Marco das Três Fronteiras, que faz a divisão do Brasil com o Paraguai e a Argentina, podendo-se apreciar os três marcos simultaneamente, além do encontro dos rios Iguaçu e Paraná.

A cidade dispõe ainda de atrativos culturais, com ênfase para a arquitetura religiosa, como a igreja matriz, o templo budista e a mesquita muçulmana. No aspecto arquitetónico, destacam-se ainda as Pontes Internacionais da Amizade, na fronteira entre o Paraguai e Tancredo Neves, que faz divisão
com a Argentina.

Há ainda inúmeras opções de lazer
no lago de Itaipu, como o passeio
de catamarã.

Templo Budista em Foz do Iguaçu
Guia do Viajante

ver mapa maior

Foz de Iguaçu

onde dormir

Hotel das Cataratas by Orient-Express

Bourbon Cataratas Convention & Spa Resort

Marica B&B

Recanto Park Hotel

Hotel Bella Italia

Iguassu Resort

Hotel Rouver

Aguas do Iguacu Hotel Centro

Mabu Thermas And Resorts

Nadai Confort Hotel

Best Western Tarobá Hotel e Eventos

Hotel Del Rey

Rafain Palace Hotel & Convention Center

onde comer

O prato tradicional servido nos diversos restaurantes da cidade é o dourado, originário das águas do baixo Paraná, de carne muito saborosa. Normalmente, pescam-se exemplares com cerca de 70 centímetros de comprimento e seis quilos de peso, mas existem registos de peixes com 1,4 metros e mais de 30 quilos. A Pesca ao Dourado é o evento mais tradicional de Foz do Iguaçu. Anualmente, traz inúmeros pescadores de todo o Brasil, que vêm em busca do sabor incomparável desse peixe de carne branca e macia.

O Pirá de Foz, criado em 1996, é o prato típico da cidade. Eleito entre vários outros pratos à base de peixe, foi idealizado por Dirceu Vieira dos Santos, cozinheiro do Hotel Bourbon. Na linguagem tupi-guarani, “pirá” significa peixe, sendo que na receita original o peixe utilizado é o surubim, de carne saborosa, encontrado nos rios da região. A base do prato, ornamentado com o surubim, é molho de gengibre, puré de mandioca e arroz com espinafres.

Vó Bertila

Bella Tavola Restaurante

Chef Lopes

Messina

Zaragoza

Hokila

Bufalo Branco Churrascaria

Sabor Mais Natural

Oficina do Sorvete

Trapiche

Churrascaria do Gaúcho

Rafain Churrascaria Show

Armazém Restaurante

Iate Clube Maringá

boas compras

A Foz do Iguaçu oferece aos visitantes inúmeras oportunidades de boas compras. É possível encontrar roupas, calçados e souvenirs, além de uma infinidade de outros produtos. Para adquirir recordações e artesanato, tem várias opções de lojas nos corredores e atrativos turísticos. No centro da cidade podem ser encontradas boas lojas, sendo que algumas ficam abertas até às 20 horas e também aos domingos pela manhã.

No Paraguai encontram-se as melhores marcas do Mundo, sendo possível comprar cremes, perfumes, relógios, bebidas e artigos eletrónicos com preços muito acessíveis. Na Argentina, as opções de compras têm como destaque artigos de couro, lã, cosméticos, cristais, além de especiarias (alho, cebola, azeitonas, entre outros).

informações

Moeda
Real

Idioma
Português

Documentos
Passaporte com validade mínima de seis meses.

Fuso horário
- 2 horas

clima

Subtropical húmido, podendo atingir no verão temperatura superior a 40º C e no inverno temperatura abaixo dos 5º C.

cuidados dentro do Parque Nacional do Iguaçu

É importante que tome alguns cuidados dentro do parque, tais como: manter-se nos trilhos predeterminadas, não usar atalhos, observar os animais à distância e não alimentá-los, pois os mesmos podem agir agressivamente. Não pode levar nada do parque: animais, plantas, rochas, frutos e sementes encontrados no local fazem parte do ambiente e ali devem permanecer.

 

Texto: Virgínia Esteves (virginia.esteves@impala.pt) | Fotos: Arquivo Impala, Wiki Commons e Flickr
Agradecimentos: Prefeitura do Município da Foz do Iguaçu e Secretaria Municipal de Turismo
edição 11 a próxima viagem