página anterior
página seguinte
Amesterdão - um mundo mais à frente Bora Bora - o paraíso existe Buenos Aires - capital do tango Florença - verdadeiro museu ao ar livre Halong Bay - baía onde desceu o dragão Halong Bay - baía onde desceu o dragão Halong Bay - baía onde desceu o dragão




Ideias para gozar umas mini-férias

O início da primavera é um excelente momento para fazer uma pausa e partir à descoberta de novos destinos.

Esta altura é ideal para fazer umas mini-férias e esquecer, por alguns dias, este período de crise, de más notícias e de depressão coletiva. Sem dúvida que são razões mais do que suficientes para justificar, perante si, uma paragem de alguns dias e fugir um pouco da realidade.

Deste modo, pode dar um pulo até a uma cidade europeia e aproveitar, durante três ou quatro dias, para fazer passeios culturais entre os monumentos e museus, por exemplo, de Viena, Berlim e Florença... Deliciar-se com a gastronomia nos seus restaurantes e cafés típicos e divertir-se ao máximo com as atrações que Amesterdão tem para oferecer e onde descobrirá um arco-íris de cores ao longo das ruas, com milhares de bicicletas a decorar as pontes, balões a decorar as portas, naquela que é uma cidade incomparável. Ou então, rumar a Dublin, uma cidade vibrante que lhe oferece história, cultura e mais pubs do que aqueles com que alguma vez sonhou.

Contudo, se deseja “fugir” para outro continente são imensas e fantásticos os locais para viajar. Imagine-se num bungalow sobre um mar azul-turquesa e cristalino e num dos lugares mais bonitos do mundo... chama-se Bora Bora, uma ilha paradisíaca banhada pelo Pacífico, um lugar tranquilo, onde o mar é quente e os resorts são perfeitos!

Outro lugar imperdível, belo e com um certo ar místico é Halong Bay, no Vietname, um labirinto de “ilhas de pedra” e aldeias flutuantes, uma verdadeira obra-prima da Natureza, onde lhe parecerá que chegou a outro mundo. Segundo conta a lenda, uma família de dragões cuspiu joias de forma a proteger o país de invasores forasteiros e o nome desta baía significa “onde o dragão desce ao mar”.

Deixe-se envolver pelos encantos e charme de Buenos Aires, uma cidade que tem a sedução do tango, bairros encantadores e centros comerciais muito atraentes. Repleta de sumptuosos palácios e modernos edifícios, soube conservar as suas velhas tradições e os lugares mais íntimos.

Conhecida pelos seus ares europeus, a cidade do Quebeque, no Canadá, não se parece com qualquer outro lugar do mundo e muito menos com a paisagem de uma grande metrópole. Aqui, o tempo parece estar suspenso: casas antigas e de épocas ancestrais, igrejas, capelas históricas e pontes de pedra constituem o testemunho histórico de batalhas travadas entre França e Inglaterra. Tenha a certeza de que, ao visitá-la, entrará numa espécie de túnel do tempo.

Ainda assim, se África é um continente que lhe apetece visitar, a beleza natural da Cidade do Cabo vai tirar-lhe o fôlego. A cidade encontra-se cercada pela icónica Table Mountain e está situada no ponto de encontro entre os oceanos Índico e Atlântico. A sua deslumbrante paisagem é inegável, mas, por trás da sua beleza, está também um dos centros urbanos mais importantes da África do Sul.

Seja qual for a sua escolha, o importante é que se divirta e traga as melhores recordações! Boas férias!

Virgínia Esteves

edição 6 a próxima viagem