página anterior
página seguinte
Tibau do Sul
Pipa

Imagine belas paisagens,
praias maravilhosas e semidesertas,
clima quente durante o ano inteiro, uma constante brisa fresca, um ambiente rústico e habitats onde golfinhos, tartarugas marinhas, pássaros e macacos são preservados.

Pipa está localizada no Rio Grande do Norte, ao sul de Natal, no distrito de Tibau. Existe uma única estrada, que atravessa todo o litoral e nos leva até Pipa, daí ser difícil perder-se. Na realidade, só se perde quem quer.

Inicialmente, Pipa era um paraíso sossegado e pouco habitado, uma vila de pescadores, até ser descoberta pelos surfistas. A partir daí, iniciou-se a vida de um balneário com características muito próprias para receber os que iam em busca das melhores ondas. Depois, tornou-se no paraíso dos esotéricos de todos os cantos, transformando-se numa grande cidade turística, com capacidade para receber surfistas/turistas de todas as partes do Mundo. Além de atrair muitos surfistas, em função das suas ótimas ondas, Pipa também é muito procurada pelos praticantes de kitesurf, graças à combinação perfeita de belas ondas e dos bons ventos que sopram no local.

praia de Pipa em Tibau do Sul

O mais confortável é que para o turista que não conhece o local existem sempre acomodações para todos os tipos de “tribos”, que vão dos mais requintados resorts às pousadas mais simples e às casas de aluguer destinadas aos amantes do surf, com oficinas para as pranchas e tudo o mais. Há também muitos albergues e campings, destinados aos estudantes. Muitos ex-surfistas profissionais fizeram a vida como donos de pousadas na região. São eles que sabem, como poucos, a melhor maneira de receber os mochileiros, com as suas pranchas, de todas as partes do Mundo: as melhores dicas sobre o mar, o melhor “rango”, o pequeno-almoço mais reforçado, o melhor mel da região.

é o clima “paz e amor” e muito zen de todos os moradores de Pipa, das pousadas e dos hotéis que primam pela decoração temática, que a fazem tão especial para quem vai e quase sempre quer voltar. Pipa também é famosa por ter uma das noites mais movimentadas do Rio Grande do Norte e possui um grande número de restaurantes, bares e discotecas e está sempre cheia, seja na estação alta ou baixa.

Mar da praia de Pipa

Praias, falésias e reservas

São dez quilómetros de praias de areias e águas claras contrastando com belíssimas falésias à beira-mar e reservas de Mata Atlântica que, somados ao sol forte da região, complementam este atraente cenário tropical... Na maré baixa, Pipa fica com piscinas naturais repletas de estrelas-do-mar, tartarugas marinhas e, ao fim da tarde, golfinhos. Durante o ano todo, ferve de
gente e calor.

Localizada a 85 km de Natal, a praia de Pipa é um lugar mágico, que impressiona os visitantes com a sua atmosfera animada e beleza paradisíaca
Povoado da praia de Pipa

Baptizada pelos portugueses

O povoado de Pipa, fundado há cerca de 200 anos, deve o seu nome à pedra localizada no ponto extremo da praia dos Afogados. Ou seja, o nome “pipa” deve-se ao facto dos portugueses, ao passarem de navio pelas proximidades, avistaram uma pedra que lembrava o formato de uma pipa – para nós, portugueses, “pipa” é a denominação mais usual para barril de vinho ou de azeite. Mas como a palavra, para os brasileiros, representa o “papagaio” de papel, que voa, muitos associam o nome a esse ao objeto, pela questão dos ventos.

Pipa também fez parte da História da guerra entre Brasil e Holanda, como explica o verbete dedicado ao navegador Maurício de Nassau.

Tartarugas marinhas

Área de preservação ambiental em toda a sua extensão, Pipa é o paraíso seguro das tartarugas marinhas. A reserva existe pela Resolução n.º 10, de 24/10/1996, do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA).

Festival gastronómico

A praia também realiza, anualmente, o Festival Gastronómico de Pipa desde 2004. Acontece sempre no mês de outubro e mobiliza centenas de pessoas, que trabalham para a realização deste evento.

Coordenado por Cláudio F. S. Freitas, o festival é um projeto de sucesso, que envolve toda a comunidade e as instituições turísticas, promovendo e divulgando Pipa, o Rio Grande do Norte e o Nordeste do Brasil.

Este evento tem vindo, ao longo dos anos, a consolidar-se e já passou a fazer parte dos calendários da EMBRATUR, EMPROTUR-RN e do município de Tibau do Sul. Mas para quem não pode ir lá em outubro, não há problema, pois muitos restaurantes da região servem, durante o ano todo, as novidades vencedoras dos festivais. O cardápio de peixes e frutos-do-mar é dos mais variados. Come-se de tudo por lá, menos tartarugas!

Outros passeios

Para quem não se dedica aos desportos marinhos, à volta das praias há lugares muito bonitos para visitar, assim como outras praias mais afastadas. Por exemplo, a praia dos Golfinhos, onde o visitante (em certas ocasiões do ano) pode nadar com eles, ao mergulhar na enseada. Há muitas empresas de carrinhas, jipes e buggies que fazem esse serviço.

Passeio de buggie pelas dunas de Pipa passeio de veleiro pela barra do Cunhaú

O que fazer

Chapadão de Minas
As imensas formações de argila avermelhada estão localizadas na praia do Amor. O acesso é feito através de um trator adaptado ou de carro. Ponto de encontro ao fim da tarde, a melhor vista é durante o nascer do Sol.

Passeio de barco
Durante o dia pode fazer passeios de lanchas e barcos que saem da praia central com destino à praia do Madeiro com o intuito de ver
os golfinhos.

Passeio de buggy
O destino é o litoral sul, passando por dunas, falésias, rios e lagoa. Os locais a visitar são Barra do Cunhaú, Baía Formosa, Barra do Sai e termina em Sagi, fronteira com Paraíba, onde em canoas se pode fazer um passeio pelo manguesal.

Pôr-do-sol na Lagoa dos Guaraíras
Há duas opções: ir de barco saindo da praia central ou então ir de carro até a lagoa e ver o pôr-do-sol na creperia do Hotel Marinas.

Aproveitar as praias
As praias do Madeiro, Pipa e do Amor são as melhores

Chapadão de Minas
Guia do Viajante

ver mapa maior

Pipa

onde ficar

Spa Hotel Resort Sombra e água Fresca

Hotel Costa Sol Pipa

Hotel Village Natureza Beach Resort

Hotel Tibau Lagoa

Hotel Ponta do Madeiro

Hotel Eurosol Tibau Resort

Suite Hotel Varandas Mar de Pipa

Kilombo Villas & Spa

Hotel Enseada Maracajau

Hotel Pousada das Canoas

Pousada Catavento

Pousada Rivas

Pousada Xamã

Pousada da Pipa

Pousada Sossego Surf Camp

Pipa Hostel

Albergue Hostel Cultural da Pipa

Sugar Cane Hostel /Surf Camp

onde comer

A principal região gastronómica de Pipa é a avenida Baía dos Golfinhos e as suas travessas, como as ruas Beija-Flor e do Cruzeiro, que têm restaurantes com vista para o mar. Existem também os restaurantes que ficam na praia do Centro, à beira-mar.

Restaurante X
Rua da Gameleira 36, Praia de Pipa

Tapas
Rua dos Bem-te-Vis, s/n, Praia de Pipa

Aqui
Rua Gamelera 69, Praia de Pipa

Toca da Coruja
Av. Baía dos Golfinhos, Praia de Pipa

Pacífico
Rua dos Bem-te-Vis 6, Praia de Pipa

Pipa Cafe
Av. Baía dos Golfinhos 965, Praia de Pipa

Cruzeiro do Pescador
Rua dos Concris, 01, Bairro: Chapadão

Pousada Toca da Coruja
Av. Baía dos Golfinhos s/n. Praia de Pipa

Rancho da Pipa
Rua da Gameleira, 47, Praia de Pipa

Vivenda
Av. Baía dos Golfinhos, 731, Praia de Pipa

compras

Pipa conta com uma feirinha ao ar livre montada na rua principal, sempre ao cair da noite. é o lugar favorito de artistas e artesãos, que expõem e vendem os seus trabalhos.

Encontra-se de tudo: roupas, quadros, telas, brincos, pulseiras, anéis, colares, pingentes e missangas, de todos os tipos e tamanhos, muitos dos artigos feitos com produtos naturais. Encontram-se também inúmeras lojinhas que vendem desde camisas grafitadas até sofisticadas roupas de banho. Faça um passeio pelos ateliers afro-brasileiros e quando a fome apertar, há vários quiosques com crepes, uma moda na praia da Pipa.

informações

Moeda
Real

Idioma
Português

Documentos
Passaporte com validade mínima de seis meses a contar da data de regresso. Cidadãos portugueses não necessitam de visto para estadias inferiores a três meses.

Fuso horário
-3 horas

clima

Carateriza-se como sub-húmido, com humidade relativa média anual de 74%. Os meses de maior incidência de chuvas são abril e julho. A temperatura média é de 27°C.

 

Texto: Mónica Soares e Virgínia Esteves (virginia.esteves@impala.pt) | Fotos: Divulgação, Arquivo Impala, Wiki Commons e Flickr
edição 7 a próxima viagem