As praias de sonho, a boa gastronomia e as vilas pitorescas do distrito de Setúbal

As praias de sonho, a boa gastronomia e as vilas pitorescas do distrito de Setúbal

As praias de sonho, a boa gastronomia e as vilas pitorescas do distrito de Setúbal

Artigo de André Cruz Martins

Às portas de Lisboa, o distrito de Setúbal destaca-se pela diversidade das paisagens e praia. E também por muitas atrações e locais interessantes para visitar. Desde a cidade e capital Setúbal e das pitorescas vilas de Palmela e de Sesimbra, passando pela beleza deslumbrante da Arrábida e de Tróia. Não nos podemos ainda esquecer da magnífica gastronomia, com especial atenção para o peixe fresco e choco frio de Setúbal.

< >

Setúbal

A meia-hora de carro de Lisboa, Setúbal é a capital de distrito. O verdadeiro centro da cidade é a Praça do Bocage, que homenageia o poeta do século XVIII Manuel Maria du Bocage. Existe uma estátua em sua memória e a casa em que ele nasceu foi transformada em museu.

Atração cultural de passagem “obrigatória” é a Catedral de Santa Maria da Graça, do século XVI e que no século XVIII viu serem acrescentados magníficos azulejos. E também a igreja gótica do Mosteiro de Jesus, com colunas manuelinas e um museu arqueológico, com vestígios da ocupação romana.

Leia ainda: O “outro” Algarve: dicas para umas férias perfeitas entre Tavira e Vila Real de Santo António

Não deixe também de dar uma saltada à Fortaleza de São Filipe, construída em 1595 por ordem do Rei Filipe II de Espanha. O espaço interior, que originalmente incluía a Casa do Governador e demais edifícios militares, foi remodelado para aqui se instalar uma das Pousadas de Portugal. Conserva-se ainda a pequena capela barroca, dedicada a Nossa Senhora e erguida no reinado de D. João V, cuja nave é integralmente revestida por azulejos da autoria de Policarpo de Oliveira Bernardes datados de 1736.

O delicioso choco frito e o peixe fresco

Setúbal é um destino fantástico para quem é bom garfo, especialmente para quem gosta de peixe e de choco frito. Existem vários restaurantes de excelência para provar estas iguarias. Destacamos o Casa Morena, um pequeno restaurante que fica em Troino, um bairro de pescadores. Há sempre salmonetes, massacotes (pequenos besugos), alcorrazes (pequenos sargos) e ovas. O Batareo, em frente ao cais do ferryboat para Tróia, é outra instituição e lá vai comer peixe sempre fresquíssimo. Com exceção, naturalmente, de segunda-feira, pois os pescadores não vão para o mar ao domingo. Por isso mesmo, esse é o dia de encerramento da casa.

Aconselhamos ainda o Verde e Branco, igualmente aberto apenas ao almoço e, mais uma vez, o menu não engana: peixe sempre fresco absolutamente maravilhoso. Há dois locais que lutam pelo “título” de melhores restaurantes de choco frito: a Casa Santiago, que se auto-intitula como rei do choco frito e a Adega Leo do Petisco. Ambos localizam-se na Avenida Luísa Todi, em pontas separadas.

Troia

Às portas de Setúbal, encontramos Troia, acessível de ferry, caso esteja de carro, com a duração da travessia a ser meia-hora. Caso viaje sem viatura, pode ir de catamaran e o trajeto só dura 20 minutos. Aqui não faltam praias paradisíacas, mas sem dúvida que a Praia de Tróia-Mar merece destaque especial.

A junção do azul cristalino da água do mar com o verde da Serra da Arrábida é um cenário idílico. Outra bela praia é a do Bico das Lulas, que tem escola de vela e locais para prática de râguebi, futebol e voleibol. Já a Praia Atlântica é conhecida pelas dunas de areia branca. É lá ao lado que se situa o Complexo Turístico Soltróia.

Veja também: Durma numa casa de árvore na próxima escapadinha ao interior de Portugal

Em Troia pode fazer um passeio de barco ao longo do Estuário do Sado. Vai cruzar-se com golfinhos-roazes e observar diferentes espécies de aves, sendo as mais famosas a garça-azul e a garça-real. Pode também optar por realizar trilhos pedestres ao longo de Troia, onde vai passar por zonas de praia e de dunas.

Arrábida

Igualmente paredes-meias com Setúbal fica o Parque Natural da Arrábida, uma das mais bonitas áreas protegidas de Portugal e que se destaca pelas paisagens deslumbrantes e pelas magníficas praias. A mais conhecida é a do Portinho da Arrábida, com areias brancas e dimensão apreciável. Para lá chegar é preciso subir uma pequena serra. Depois, terá de descê-la a pé, já que o acesso dos carros só é permitido até um certo limite. É possível praticar mergulho mas está interdita a caça submarina, pois o fundo do mar é também considerado reserva natural.

Leia também: Os barcos-casa onde pode alojar-se na Barragem do Alqueva

Outra praia que faz jus à fama é a Figueirinha, conhecida pelas águas tranquilas e pelo areal extenso, que na maré baixa se prolonga mar adentro por uma língua de areia. Isso dá origem a uma enseada, ideal para praticar windsurf. A atração cultural mais famosa na Arrábida é o seu Convento, construído no século XVI e que abrange o Convento Velho, situado na parte mais elevada da serra, o Convento Novo, localizado a meia encosta, o Jardim e o Santuário do Bom Jesus.

Sesimbra

Sesimbra é uma pitoresca vila piscatória a 30 quilómetros do centro de Setúbal. É outra zona servida por muitas praias. Uma das mais bonitas é a Praia do Cavalo, acessível a partir de uma estrada de terra batida ou através de passeios de barco, com saídas a partir da marina de Sesimbra. É uma praia exótica, selvagem e isolada, não tendo qualquer apoio de bar ou restaurante.

No ponto mais ocidental da costa de Sesimbra encontra-se o Cabo Espichel. Para além de proporcionar uma vista impressionante, é possível conhecer o Santuário de Nossa Senhora do Cabo Espichel, o Farol e uma pequena capela, construída no início do século XV.

Ainda em Sesimbra, o seu castelo está classificado como Monumento Histórico Nacional Português. Foi construído no século IX e no seu interior existem duas exposições permanentes sobre a sua história, centro de interpretação do património, igreja e um cemitério desativado.

Palmela

Palmela fica a 10 quilómetros do centro de Setúbal e é uma vila cheia de história. Podemos começar por nos referir ao seu castelo. Dentro das suas muralhas encontra-se a Pousada Histórica de Palmela, situada no antigo convento da Ordem de Santiago e que tem um magnífico restaurante. Há também uma igreja e as ruínas de outra igreja, em cuja sacristia está instalado o Gabinete de Estudos sobre a Ordem de Santiago. Existem também lojas de artesanato e de produtos regionais e um café com esplanada.

Dê um passeio pelo largo de São João, no centro da vila, onde pode observar a capela de São João Baptista, um cine-teatro e um coreto. Se subir ao miradouro terá uma vista fantástica sobre as serras do Louro, de São Luís e da Arrábida. E faça uma visita à Casa Mãe da Rota dos Vinhos, onde poderá comprar vinho e queijos da região. E ainda provar doces como as Fogaças, os Santiagos e as Queijadas.

Percorra a galeria e veja mais fotos da zona de Setúbal.

< >

Partilhar Artigo

Top