A cerâmica, um mercado diário e a boa gastronomia das Caldas da Rainha

A cerâmica, um mercado diário e a boa gastronomia das Caldas da Rainha

A cerâmica, um mercado diário e a boa gastronomia das Caldas da Rainha

Artigo de André Cruz Martins 01-01-2020

01-01-2020


Caldas da Rainha é uma das cidades de referência da região do oeste de Portugal Continental. Esta cidade do distrito de Leiria com cerca de 30 mil habitantes distingue-se pela cerâmica. Principalmente pelas tão famosas peças fálicas, mas é injusto reduzir a arte a esses objetos. A cidade está cheia de fábricas, museus e lojas de cerâmica. A verdade é que essas peças fálicas já não estão assim tão na moda e hoje em dia restam dois ceramistas que as produzem.

Um dos lugares de referência nas Caldas é o Museu da Cerâmica, inaugurado em 1983. Fica na Quinta Visconde de Sacavém e o seu espólio integra exemplos da produção cerâmica das Caldas da Rainha, mas também de outras regiões portuguesas e até do estrangeiro. Destaca-se o espaço dedicado a Rafael Bordalo Pinheiro, o grande mestre caldense. A Rua dos Camões, no centro da cidade, é a melhor área para comprar uma peça de cerâmica.

Três locais icónicos na cidade

Se nunca foi às Caldas, é obrigatório visitar a Praça da República, popularmente conhecida como Praça da Fruta. Isto porque todos os dias, entre as 07h00 e as 14h30 recebe um mercado horto-frutícola ao ar livre, que já funciona desde o final do século XIX. Para além do mercado, existem lojas de roupa e de souvenirs. E não faltam restaurantes e cafés.

Leia ainda: Idanha-a-Nova, a vila dos palacetes ainda preserva uma tradição ancestral

No entanto, se está à procura da melhor zona para fazer compras, aconselhamos a Rua da Montras. Faz jus ao nome e aqui vai encontrar os mais diversos tipos de lojas, para todas as bolsas. A zona mais bonita para passear é o Parque D. Carlos I, um jardim romântico do século XIX situado no centro histórico. Foi criado em 1889 e hoje em dia está cheio de árvores e bancos de jardim. Tem um lago, court de ténis, coreto, casa de chá e café com esplanada.

Onde comer

Um dos melhores restaurantes para provar as iguarias locais é a Adega do Albertino. Fica no centro da cidade e disponibiliza pratos como farinheira de canela com mel, entrecosto com vinho, mel e amêndoas, cabrito no forno com castanhas e polvo na telha. Ocupa o espaço de uma antiga adega.

Veja também: Lamego, uma cidade com muita história, beleza ímpar e gastronomia deliciosa

Para dormir, uma das melhores opções é a Quinta dos Passarinhos. Nesta unidade de turismo rural vai ficar alojado com todo o conforto. Existe um amplo jardim, sendo ideal para quem viaja com crianças, até porque existem animais como cabras e bezerros, bem como um parque infantil.

Percorra a galeria e veja mais fotos das Caldas da Rainha.

< >

Partilhar Artigo

Top