Cooking and Nature, o hotel original e emocional na Serra de Aire

Cooking and Nature, o hotel original e emocional na Serra de Aire

Cooking and Nature, o hotel original e emocional na Serra de Aire

Artigo de André Cruz Martins 18-07-2020

18-07-2020


Há um Design Hotel localizado no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros que é um autêntico refúgio no meio da natureza. Chama-se Cooking and Nature – Emotional Hotel e apresenta-se como “um sítio onde as emoções fluem dentro e fora de portas e onde as cores e as texturas se misturam, onde os sons dos pássaros e do vento percorrem lentamente a nossa pele e nos convidam a relaxar”. Neste oásis vai poder descansar com todo o conforto em quartos originais, relaxar no Spa e conhecer a zona circundante com passeios a pé, de bicicleta e de cavalo. E ainda deliciar-se com as propostas gastronómicas do chef Nuno Barros, num conceito bastante inovador, como já vai perceber. Venha connosco e parta à descoberta de um alojamento único, no centro do país.

Neste oásis vai poder descansar com todo o conforto em quartos originais, relaxar no Spa e conhecer a zona circundante com passeios a pé, de bicicleta e de cavalo.

Os quartos super originais
Existem 12 tipologias de quartos neste hotel, a começar nos 135 euros por noite. O mais simples é o que tem o nome de “Futuro/Destino”. Sem luxos e comodidades supérfulas, convida-nos a meditar nas coisas mais simples da vida. Caracteriza-se pelos materiais depurados e naturais e pela zona de meditação. Para algo completamente diferente, o quarto “Exotismo/Sensualidade”. Tem o Oriente como pano de fundo e cores quentes e sensuais do carmim e turquesa. Destaca-se um parasol exótico a “dançar” no tecto que nos transporta para uma viagem exótica, rumo ao Japão.

O “Luxúria/Paixão” inspirou-se nos cabarets franceses, onde o vermelho da paixão se funde com dourados, numa atmosfera sensual e luxuriante. O quarto “Aventura/Descoberta” tem verdes secos, os caquis, cheiro a madeira, a fazer lembrar uma aventura na Selva de África. O quarto “Alegria/Divertimento” é ideal para crianças, pois aqui habitam cogumelos gigantes e flores azuis, onde a água corre sobre chocolate.

Existem 12 tipologias de quartos neste hotel, a começar nos 135 euros por noite.

Em comunhão com a natureza
O contacto com a natureza assume papel vital neste oásis. Encontramo-nos em pleno coração do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, no ambiente rural da Aldeia de Alvados. O hotel dispõe de um guia que o leva a explorar a serra, mas se preferir ficar no hotel poderá por exemplo fazer “birdwatching” do terraço, observando as aves através de um telescópio.

Também pode passear de bicicleta pelos campos do vale de Alvados. A 2 quilómetros do hotel fica o Centro Hípico de Alcaria, que oferece passeios a cavalo pelo parque natural, que poderão durar uma hora ou o dia inteiro, havendo sete percursos diferentes. O hotel disponibiliza ainda um serviço de spa e tem uma piscina exterior de boas dimensões.

Pode ajudar na cozinha
No Hotel “Cooking and Nature” os hóspedes podem escolher entre um serviço tradicional ou um serviço em modo lição de cozinha, com os próprios clientes a ajudarem a preparar a refeição. Os pratos são feitos com produtos da região e da época, usando as ervas do quintal. Pode escolher um ambiente mais romântico, na “Zona Lovers” ou em grupo, na “Zona Friends”. Destacam-se ainda os cocktails botânicos.

No Hotel “Cooking and Nature” os hóspedes podem escolher entre um serviço tradicional ou um serviço em modo lição de cozinha

Existem menus sazonais, convites periódicos a chefs para que mostrem a sua cozinha e de tempos a tempos são organizadas provas de vinhos, queijos e azeites. Os hóspedes também podem ajudar a fazer pão, atividade que costuma ser muito do agrado das crianças.
O chef Nuno Barros apresenta uma cozinha contemporânea assente em raízes portuguesas. Utilizando produtos e ingredientes sazonais e biológicos, de pequenos produtores.

Leia ainda: Os 10 locais mais altos de Portugal: as vistas deslumbrantes e o que fazer nas proximidades

O que fazer nas redondezas
O Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros proporciona belas paisagens e passeios. E existem alguns locais imperdíveis para visitar. Por exemplo o Algar do Pena, um género de gruta, mas enquanto as subterrâneas são cavidades horizontais, os algares são verticais. É preciso marcar a sua visita e entrar equipado com capacete. Começará por entrar num elevador que o vai levar até cerca de 40 metros abaixo do nível da superfície. Se desejar, pode descer até à base do algar, com 80 metros de profundidade, mas para essa opção terá de usar cordas e rappel. O algar é lindíssimo, destacando-se as estalactites e as estalagmites de grandes dimensões.

Outro local interessante na Serra de Aire e Candeeiros é Olhos d’água do Alviela, que se situa à entrada para um complexo de grutas subterrâneas submersas. A gruta com 120 metros está interdita a mergulho, mas existe uma magnífica praia fluvial no local. E não deixe de percorrer o Planalto de Santo António, uma bela paisagem onde pode observar os muros de pedra calcária, empilhados para libertar o solo da rocha.

Percorra a galeria e veja mais imagens do Cooking and Nature – Emotional Hotel

Fotos: DR

  • Cooking and Nature, o hotel original e emocional na Serra de Aire
  • Cooking and Nature, o hotel original e emocional na Serra de Aire
  • Cooking and Nature, o hotel original e emocional na Serra de Aire
  • Cooking and Nature, o hotel original e emocional na Serra de Aire
  • Cooking and Nature, o hotel original e emocional na Serra de Aire
  • Cooking and Nature, o hotel original e emocional na Serra de Aire
  • Cooking and Nature, o hotel original e emocional na Serra de Aire
  • Cooking and Nature, o hotel original e emocional na Serra de Aire
  • Cooking and Nature, o hotel original e emocional na Serra de Aire
  • Cooking and Nature, o hotel original e emocional na Serra de Aire
< >

Partilhar Artigo

Top