Vale do Ninho Nature Houses, o alojamento para conjugar dias em família e passeios de bicicleta

Vale do Ninho Nature Houses, o alojamento para conjugar dias em família e passeios de bicicleta

Vale do Ninho Nature Houses, o alojamento para conjugar dias em família e passeios de bicicleta

Artigo de André Cruz Martins 14-07-2020

14-07-2020


O Vale do Ninho Nature Houses é o alojamento ideal no centro de Portugal para levar a família e passar dias agradáveis, em contacto com a natureza. Está localizado na aldeia do xisto de Ferraria de São João, em Penela. Tem um conceito inovador de eco-turismo sustentável, com grande comodidade e conforto. Adicionalmente, proporciona acompanhamento personalizado de atividades de desporto e organiza visitas a outras aldeias do xisto, caminhadas e passeios de jeep.

Casas com tecnologia de energias renováveis

Reconstruído a partir de ruínas das casas e palheiros do Vale do Ninho, é composto por várias casas de pedra, com tecnologia de energias renováveis, num ambiente de montanha rodeado de uma paisagem de floresta. As casas estão totalmente equipadas, incluindo kitchennete e loiças. As casas têm diferentes capacidades (duas a cinco pessoas) e elevado nível de conforto, numa fantástica envolvente natural, com vista para o vale, montanha e aldeia do xisto. Os preços das casas variam entre os 100 e os 120 euros por noite.

Alojamento “bike friendly”

O Vale do Ninho é um alojamento “bike friendly”, dispondo de serviços como compartimento fechado e coberto para guardar bicicletas de forma segura e ementas adequadas para ciclistas. Os pratos são ricos em hidratos de carbono e há reforço de vegetais e frutas a todas as refeições.

Leia ainda: Arcos de Valdevez, uma vila histórica com boa gastronomia e em comunhão com a natureza

Há lavagem e secagem diária de roupa de ciclista, uma mini-oficina com ferramentas básicas e enchimento de ar para pneus, bem como parque de estacionamento de bicicletas exterior. São ainda disponibilizados percursos de BTT e/ou cicloturismo, com mapas, dados técnicos e tracks GPS e aluguer de bicicletas e equipamentos GPS. Caso seja solicitado, guias especializados podem acompanhar os hóspedes nos percursos. O Vale do Ninho tem ainda um serviço de tratamento médico e massagens especiais para ciclistas.

Parcerias com restaurantes da zona

O Vale do Ninho Nature Houses, em parceria com as aldeias do xisto, tem descontos em restaurantes próximos e até um raio de 75 quilómetros. E disponibilizando um menu a preços acessíveis. Um dos restaurantes aderentes é o Museu da Chanfana (no Parque Biológico da Serra da Lousã), em que por 14,50 euros é possível comer sopa, um prato principal de chanfana ou negalhos e como sobremesa deliciar-se com nabada ou pudim com jeropiga. Está incluído café e bebidas da casa.

No restaurante Fiado, em Janeiro de Cima (Fundão), por 20 euros, há um menu de degustação que começa com queijo cabra e pastel de chanfana de entrada. Segue-se uma excelente sopa de peixe, bacalhau em pão de centeio e maranho com aroma hortelã. A sobremesa é a “tigelada cá da terra”. Existe uma vasta lista de restaurantes espalhados pelas aldeias do xisto abrangidos nesta parceria.

O que fazer em redor do Vale do Ninho

Não faltam interessantes atrações turísticas para visitar nas imediações do Vale do Ninho. Pode ir por exemplo às ruínas de Conímbriga, na freguesia de Condeixa-a-Velha. É uma povoação estabelecida desde a Idade do Cobre que foi um importante centro durante a República Romana e que continuou habitada, pelo menos, até ao século IX. Hoje em dia, é um dos mais extensos sítios arqueológicos de que há vestígio em Portugal.

Dê também uma saltada a três aldeias do xisto. Comece por Aigra Nova, que tem todas as casas erigidas com blocos de xisto, obedecendo a regras de construção, para resistirem às intempéries e ao passar do tempo. Pode comprar produtos locais na Loja Aldeias do Xisto.

Veja também: Islantilla, o destino de praia e golfe que fica às portas do Algarve

Depois, siga para a aldeia de Pena. Um grande castanheiro encontra-se na entrada da aldeia e os Penedos de Góis, a uma altitude de 1040 metros, formam desníveis únicos, com quedas de água e paisagens deslumbrantes com miradouros sobre a paisagem beirã, podendo daí avistar-se a Serra da Estrela, a Serra do Açor e o Trevim.

A última aldeia de xisto que sugerimos é o Talasnal, a mais conhecida na Serra da Lousã. A ruela principal acompanha o declive da encosta, num percurso íngreme. Dela derivam quelhas e becos e logo ali ao lado, na vegetação luxuriante, há veados, javalis e muitas outras espécies.

Percorra a galeria e veja mais fotos do Vale do Ninho Nature Houses.

< >

Partilhar Artigo

Top