Estes são os 10 países mais felizes do mundo e a Finlândia está no topo

Estes são os 10 países mais felizes do mundo e a Finlândia está no topo

Estes são os 10 países mais felizes do mundo e a Finlândia está no topo

Artigo de André Cruz Martins

A Finlândia foi a grande vencedora do relatório da Felicidade Mundial de 2019, ao ser eleito o país mais feliz do mundo pelo segundo ano consecutivo. O relatório classificou os países em seis variáveis-chave que proporcionam o bem-estar aos seus cidadãos: rendimento, liberdade, confiança, expectativa de vida saudável, apoio social e generosidade.

John Helliwell, professor de Economia da Universidade de Columbia, sublinha que este estudo não diz respeito apenas aos moradores nativos desses países. “Os imigrantes finlandeses também são os mais felizes do mundo pela forma como foram recebidos e integrados”.

O mesmo responsável acrescentou que os finlandeses “pagam altos impostos por uma rede de segurança social, mas confiam no governo, vivem em liberdade e são generosos uns com os outros”. A solidariedade para com o próximo poderá ter como principal explicação o clima frio do país, que leva a que os finlandeses cedo se habituem a trabalho árduo para sobreviver, tendo o hábito de ajudar os vizinhos.

Autoconfiança, liberdade e igualdade

Os finlandeses destacam-se igualmente pela autoconfiança e também neste caso poderá ter raízes históricas: durante a Segunda Guerra Mundial, cerca de 350 mil soldados conseguiram derrotar forças soviéticas três vezes maiores em duas batalhas diferentes.

Por outro lado, a liberdade e igualdade de géneros há muito são uma realidade na Finlândia. Em 1906, tornou-se num dos primeiros países do mundo em que as mulheres puderam votar e no atual Parlamento há 42 por cento de mulheres.

Percorra a galeria e conheça os 10 dez países mais felizes do mundo.

< >

Partilhar Artigo

Top