5 lugares virgens e isolados que esperam por si

5 lugares virgens e isolados que esperam por si

5 lugares virgens e isolados que esperam por si

Artigo de André Cruz Martins 14-02-2020

14-02-2020


Se gosta de lugares remotos e sem turistas, este artigo é indicado para si. Apresentamos cinco sugestões de destinos que preenchem estes requisitos. É verdade que não é fácil chegar a estes lugares, mas essa acaba por ser a principal razão pela qual continuam praticamente virgens. Visitar um destes cinco destinos será uma viagem de sonho, apenas ao alcance de aventureiros com espírito destemido. São lugares virgens e isolados que esperam por si.

Havasu Canyon (Estados Unidos)

Havasu Falls é um oásis na região do Grand Canyon, no estado do Arizona (Estados Unidos). Destaca-se pelas cascatas e cachoeiras. As mais conhecidas são as Mooney Falls (60 metros de altura) e as Havasu Falls (30 metros de altura). As águas são em tom azul- turquesa e as rochas de calcário formam fantásticas piscinas naturais.

Leia ainda: Estes são os 15 lugares mais surpreendentes na Europa

Estas maravilhas da natureza ficam em redor da pequena cidade de Supai, considerada a comunidade mais remota dos Estados Unidos. Não é possível chegar lá de carro, apenas de helicóptero, mula ou a pé, através de um trilho com 13 quilómetros. O melhor a fazer na zona é tomar banho nas cachoeiras e observar a magnífica paisagem intocada.

Longyearbyen (Noruega)

Longyearbyen é a cidade habitada mais a norte no mundo. Tem mais ursos polares (cerca de 3 mil) do que habitantes (em redor de 2100). Boa parte dos seus habitantes tem licença de porte de arma. E anda habitualmente com espingarda, para o caso de se cruzarem com um destes animais.

A cidade destaca-se pelas paisagens montanhosas deslumbrantes. Uma das melhores atividades é conduzir trenós puxados por cães. As antigas minas de carvão são o principal ponto de interesse turístico. É ilegal enterrar corpos em Longyearbyen. Isto porque o frio é tanto que os corpos não se decompõem no solo congelado.

Ilha Socotra (Iémen)

A ilha Socotra, perdida no Oceano Índico, é um dos lugares mais exóticos do mundo. Na verdade é um conjunto de quatro ilhas, em frente ao Chifre de África, mas que pertencem ao Iémen. Ostenta o título de Património da Humanidade da Unesco. Tudo devido às fantásticas paisagens naturais e à grande quantidade de espécies de animais e plantas fora do comum. No total, são cerca de 700 espécies raras, sendo que cerca de 250 só são encontradas lá.

Veja também: 11 lugares incríveis e desconhecidos que merecem uma visita

Uma das espécies de vegetação mais famosas é a Dracaena Cinnabari (Sangue de Dragão, em Português). Esta árvore possui uma seiva avermelhada, que foi muito procurada na Antiguidade, devido aos seus efeitos curativos. A ilha também tem várias praias paradisíacas e virgens.

Oymyakon (Rússia)

Oymyakon, na Rússia, ostenta o “título” de cidade mais fria do mundo. No inverno, é comum as temperaturas baixarem até aos 50 graus negativos. Mas no verão, os termómetros chegarem aos 35 graus positivos. A cidade grande mais próxima, Yakutsk, está a 929 quilômetros de distância. Apesar do que já foi descrito, Oymyakon é uma cidade “normal”. Há restaurantes, cafés, discotecas, museus e lojas. E todas as casas têm aquecimento central.

Em média, Oymyakon recebe cerca de 400 turistas por ano. São atraídos pelas temperaturas extremas e podem realizar uma série de atividades, como corridas de renas, pesca no gelo e aquecer em águas termais. E também observar as paisagens montanhosas e o lago que rodeia a cidade. Quando a temperatura o permite, evidentemente.

Tristão da Cunha (Oceano Atlântico)

Tristão da Cunha fica no Oceano Atlântico, entre a América do Sul e África do Sul. É o território habitado mais remoto do mundo. Para se ter noção do isolamento do arquipélago, o local habitado mais próximo encontra-se 2420 quilómetros a norte da ilha de Tristão da Cunha, na ilha de Santa Helena. No continente, a cidade mais próxima de Tristão da Cunha é a Cidade do Cabo, na África do Sul, que fica localizada 2800 quilómetros a leste. Não há aeroporto e só existem três barcos anuais que visitam a capital

Aqui vai poder tirar fotografias de paisagens deslumbrantes e fazer grandes caminhadas pelas montanhas. A principal atividade é visitar o pico de St. Mary Mountain. Existem expedições para chegar a este local a 2062 metros de altura. A montanha é o pico de um enorme vulcão em forma de escudo.

Percorra a galeria e veja mais imagens destes lugares virgens.

< >

Partilhar Artigo

Top