Companhia aérea portuguesa é a primeira a abolir o plástico nas viagens de avião

Companhia aérea portuguesa é a primeira a abolir o plástico nas viagens de avião

Companhia aérea portuguesa é a primeira a abolir o plástico nas viagens de avião

Artigo de Sofia Sérgio

A poluição do planeta é mais do que evidente, sendo que um dos principais materiais que está a causar isto mesmo é o plástico. Um dos objetivos, nos últimos anos, tem sido tentar acabar com a utilização do mesmo.

Várias medidas foram tomadas para reduzir ou acabar com a utilização de plástico. No entanto, muitas das coisas que utilizamos no nosso quotidiano são feitas desse material. Por exemplo, sacos, garrafas de água, palhinhas ou até mesmo embalagens de comida. Mas há mudanças que já estão a ser executadas.

Fim do plástico nos aviões

Quando entramos num avião, provavelmente, não nos preocupamos onde é que é nos servida a comida. Mas quase todos os objetos que nos são dados são de material plastificado. Quando se aterra o material vai para o lixo porém não deixa de poluir.

“E se não houvesse plástico nenhum num voo?” esse foi o pensamento de uma companhia aérea portuguesa. A Hi Fly decidiu fazer um teste no voo de 26 de dezembro de 2018, Lisboa-Natal, sem material algum plastificado. Nesta experiência participaram mais de 700 pessoas, que fizeram história, vsVisto que a Hi Fly foi a primeira companhia aérea do mundo a realizar uma viagem sem plástico.

“Estes voos de teste vão impedir que cerca de 350 quilogramas de plástico envenenem o nosso ambiente. Mais de 100 mil voos descolam todos os dias e, apenas durante o ano passado, os voos comerciais transportaram quase quatro mil milhões de passageiros. E é esperado que este número dobre dentro de 20 anos. Aqui, o potencial para marcar a diferença é enorme,” afirmou o presidente da Hi Fly, Paulo Mirpuri. Todos os objetos que possuíam plástico deixam de existir, passando haver materiais como bambu ou papel.

Partilhar Artigo

Top