LaGare, o hotel perfeito para uma estadia em Veneza

LaGare, o hotel perfeito para uma estadia em Veneza

LaGare, o hotel perfeito para uma estadia em Veneza

Artigo de André Cruz Martins 13-12-2019

13-12-2019


Procura um alojamento original e confortável numa viagem a Veneza? O Hotel LaGare, na vizinha ilha de Murano (a 5 quilómetros do centro de Veneza) é uma excelente solução. Fica situado numa antiga fábrica de vidro e se o seu exterior mantém a aparência industrial, o interior destaca-se pela modernidade e elegância. Os hóspedes começam a sentir-se importantes com um pormenor que está incluído no preço da reserva. O hotel oferece o barco para as deslocações entre o aeroporto e o hotel e entre o hotel e o centro de Veneza.

A mesma ou melhor qualidade a preços mais baratos

O Hotel LaGare, de 4 estrelas, fica numa localização bastante central de Murano. Destaca-se pelos quartos confortáveis com wi-fi e e frigorífico e alguns também têm jacuzzi. Nos espaços comuns podemos encontrar obras de arte em vidro. Afinal de contas, Murano é considerada a capital mundial do vidro.

Leia ainda: Murano, a incrível ilha do vidro que fica às portas de Veneza

Este hotel tem uma vantagem face à maioria dos alojamentos do centro de Veneza: vai pagar menos por qualidade idêntica ou superior. E com muito fácil acesso ao centro, pois a viagem de barco demora cinco minutos. Os preços para quatro duplo começam nos 103 euros.

As fábricas de vidro e as lojas

Murano é conhecida como “ilha do vidro”, pois é famosa pelas suas peças em vidros artesanais. De resto, existem inúmeras lojas e fábricas de vidro que podem ser visitadas, podendo-se observar como funciona o processo de produção deste material. Um dos melhores locais é a Ex Chiesa di Santa Chiara e fica dentro de uma antiga igreja. Outra excelente opção é a Carlo Moretti, uma fábrica tradicional com preços um pouco altos, mas qualidade garantida.

Em Murano existem muitas lojas que vendem brincos, pulseiras e lustres. Tenha no entanto algum cuidado pois nos últimos anos alguns intrujões têm-se aproveitado da fama da ilha, produzindo algumas das peças falsificadas. Para não ser enganado, peça certificado de autenticidade antes de fazer qualquer compra. E se o preço for muito baixo, é certo e sabido que a peça não é verdadeira. Não deixe também de visitar o Museu do Vidro, onde pode apreciar milhares de peças locais e perceber as técnicas utilizadas na sua produção.

Campo di Stefano, a praça principal

A principal praça de Murano chama-se Campo Di Stefano. No centro, encontra-se uma curiosa escultura azul gigante do artista Simone Cenedese chamada “Cometa de Vidro”. São vários pedaços de vidro interligados. Mesmo ao lado, fica a Torre do Relógio do século 19.

Veja também: Veneza, arte e mistério ao virar da esquina

Ainda nesta praça, não deixe de visitar a igreja católica de San Pietro Martire. A sua construção terminou em 1348 e foi dedicada a São João Batista. Em 1474 foi quase completamente destruída por um incêndio mas em 1511, foi reconstruída com o aspeto atual.  A praça tem vários cafés e restaurantes com esplanadas, que se enchem de locais e turistas nos dias de bom tempo.

Percorra a galeria e veja imagens do LaGare.

< >

Partilhar Artigo

Top