5 destinos que já não podem ver turistas à frente

5 destinos que já não podem ver turistas à frente

5 destinos que já não podem ver turistas à frente

Artigo de Redação 15-10-2018

15-10-2018


Muitas cidades estão a ter problemas com o excesso de turistas, o que leva à aplicação de medidas extraordinárias por parte das autoridades e governos locais. Tailândia e Filipinas decidiram fechar alguns dos destinos turísticos mais procurados pelos viajantes.

Primeiro, o governo tailandês alegou que Maya Bay precisava de descanso dos turistas que ocupavam o local todos os dias. Em seguida, o presidente filipino, Rodrigo Duterte, anunciou que a Ilha de Boracay ficará fechada durante alguns meses, de modo a que os viajantes não a possam visitar.

Estes não são os únicos destinos que sofrem com este grave problema. Diversas cidades europeias, tais como Veneza (Itália) e Dubrovnik (Croácia), acumulam reclamações de moradores que consideram que o largo número de visitantes está a causar problemas às cidades. Algo que também aconteceu na Ilha de Skye, na Escócia.

Percorra a galeria e conheça 5 destinos que estão a tentar lidar com o excesso de turistas.

< >

Partilhar Artigo

Top