Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”

Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”

Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”

Artigo de André Cruz Martins

O maior tapete do mundo, a montanha-russa mais rápida ou a torre com a maior inclinação do planeta. Bem-vindo a Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes Unidos, em que tudo parece ser feito com grande exuberância e para causar impacto. De muito longe o maior dos sete emirados do seu país, ocupa uma área de 67340 quilómetros, o equivalente a 86,7% da área total dos Emirados Árabes Unidos, excluindo as ilhas.

  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
< >

A cidade de Abu Dhabi é uma impressionante mistura de culturas. Afinal de contas, cerca de 80 por cento das pessoas que lá vivem são estrangeiras. A língua oficial é o árabe, mas em qualquer loja ou restaurante fala-se inglês. A moeda é o dirham e não faltam casas de câmbio espalhadas um pouco por toda a parte.

Leia ainda: Descubra as razões que fazem de Busan um dos destinos da moda na Ásia

Um aviso: o consumo bebidas alcoólicas é apenas permitido para os não muçulmanos maiores de 18 anos, em lugares licenciados, como bares, restaurantes e hotéis. E atenção que se aparecer bêbado em lugares públicos, poderá ser apresentada queixa contra si nas autoridades, eventualmente originando uma multa.

Para explorar a cidade, a melhor opção será alugar um carro. Em três dias, conseguirá conhecer as principais atrações turísticas. Venha daí e parta à descoberta de um mundo novo e excitante.

Dia 1

Pode começar a explorar esta magnífica cidade visitando a Grande Mesquita Sheikh Zayed, uma das maiores e mais famosas do mundo. Passeie pelo grande salão enquanto observa os mosaicos de mármore e os detalhes em ouro que representam trechos do alcorão ou enfeitam algumas das suas 1048 colunas.

Veja também: 5 fantásticos passadiços em Portugal que precisa de conhecer

Na área de orações, estará em cima do maior tapete em peça única do mundo, que foi tecido por 1200 artesãs iranianas durante cerca de um ano. Pode ainda relaxar nos magníficos jardins. Depois, siga para as Eithad Towers, um complexo de cinco torres que servem de habitação, alojamento de um hotel de luxo e escritórios. A Avenue at Etihad Towers é uma das boutiques mais exclusivas e caras do mundo, com muitas salas privadas onde poderá efetuar compras VIP.

Emirates Palace custou 2,68 biliões de euros

Muito próximo das Eithad Towers encontra-se o Emirates Palace, um hotel que é dos principais pontos turísticos de Abu Dhabi, pois está aberto a visitas. É um palácio cheio de ouro e glamour cuja construção decorreu entre 2002 e 2005. Custou cerca de 3 bilhões de dólares (2,68 milhões de euros, ao câmbio atual), o que lhe conferiu o estatuto de terceiro hotel mais caro do mundo. Este local tem uma praia, spas, piscinas, uma marina, lojas e restaurantes internacionais. O quarto mais barato fica a 690 euros por noite.

Depois, dirija-se para a Capital Gate, a torre mais inclinada do mundo, com 18 graus de inclinação a oeste. De seguida, pode passar a tarde deste primeiro dia na região de Corniche, onde fica a praia pública de Abu Dhabi e que tem um custo de entrada simbólico, de 2,5 euros para adultos e 1,25 euros para crianças. A praia é dividida em três zonas:Al Sahil, para solteiros e grupos; Portão 2, dedicada a famílias sem crianças e Portão 3, para famílias com crianças. Há ainda um grande calçadão, ciclovias, cafés e restaurantes. É ainda possível alugar uma lancha ou fazer snorkeling.

Dia 2

O segundo dia começa por uma visita ao World Trade Center Souk, onde poderá comprar antiguidades, especiarias e roupa. Depois, siga para o Gold Souk, o mercado de ouro do Madinat Zayed Shopping Centre, onde poderá prosseguir com as compras.

À hora do almoço desloque-se para o Souk Qaryat Al Beri, que faz parte do complexo do hotel Shangri-La. Este mercado é um dos melhores locais para comprar perfumes, roupas e pashminas, um tipo de tecido de lã muito usado em xailes e lenços. E também pode almoçar lá, pois não faltam excelentes restaurantes de comida internacional. Da parte de tarde, faça um tour de jipe no deserto. A maior parte tem direito a passeio de camelo e jantar num acampamento beduíno, com direito a dança no ventre.

Dia 3

Arranque bem cedo para a Ilha Yas, a ilha da fantasia de Abu Dhabi, situada a meia hora de carro do centro da cidade. Pode passar lá o dia, pois não faltam atividades interessantes. É aqui que se situa o Circuito de Yas Marina, que recebe anualmente o Grande Prémio dos Emirados Árabes Unidos em Fórmula 1. Pode conhecer o circuito através de uma série de pacotes, nomeadamente a “Experiência de piloto”, “Experiência de passageiro” e “Aula particular de condução”. Aqui encontra-se o Hotel de 5 estrelas Yas Viceroy Abu Dhabi, único em todo o mundo que se situa em frente a um circuito de Fórmula 1.

Leia também: São Petersburgo, a cidade das artes que fica ainda mais bela nas noites brancas de verão

No local destaca-se ainda a Yas Marina, local onde normalmente atracam grandes iates. Tem vista para o circuito de Yas Marina e excelentes restaurantes, merecendo realce o Cipriani, que tem pratos do renomado Harry’s Bar em Veneza e outros pratos Italianos clássicos. É também na Ilha Yas que fica o Ferrari World Abu Dhabi, o primeiro parque temático da Ferrari em todo o mundo. É aqui que fica a montanha russa mais rápida do mundo, atingindo os 240 km/hora em menos de cinco segundos.

Já o Yas Waterworld, com inúmeros escorregas aquáticos e piscinas, ocupa uma área equivalente a 15 campos de futebol. Uma das piscinas tem ondas com três metros de altura. E a Bandit Bomber, uma montanha-russa de 550 metros, foi a primeira a ter recursos com água e efeitos laser. Ainda na Ilha Yas, existe uma praia, aberta todos os dias entre as 10h00 e as 19h00.

Percorra a galeria e veja mais fotos de Abu Dhabi.

  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
  • Três dias de sonho em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes onde “é tudo à grande”
< >

Partilhar Artigo

Top