Auckland: paisagens incríveis, vulcões e uma vida cultural intensa

Auckland: paisagens incríveis, vulcões e uma vida cultural intensa

Auckland: paisagens incríveis, vulcões e uma vida cultural intensa

Artigo de André Cruz Martins

Muitas vezes funcionando como porta de entrada na Nova Zelândia. Auckland é a maior cidade no país, embora não seja a capital. É usual ouvimos dizer que há pouco para fazer em Auckland. E que o melhor é seguirmos de imediato para outros destinos na Nova Zelândia. Uma afirmação bastante injusta, pois existem muitas atrações interessantes nesta cidade com cerca de 1 milhão e meio de habitantes, que concentra 30 % da população do país.

Obviamente que o inconveniente da questão é que, caso parta de Portugal, serão pelo menos 25 horas e meia de viagem. Com uma escala pelo meio. Por isso, será conveniente aproveitar dois ou três dias em Auckland e depois partir para outros destinos na Nova Zelândia, durante pelo menos duas a três semanas.

Duas ruas a não perder no centro

A Queen Street é rua principal de Auckland é fica bem no centro da cidade. Tem muitas lojas de marcas internacionais e restaurantes, sendo ideal para ser explorada a pé. Na parte alta, a Queen Street cruza-se com a Karangahape Road (K Road, como é abreviada pelos locais). Se a Queen Street é a rua das marcas convencionais, esta é conhecida pelas lojas alternativas, restaurantes étnicos e casas de tatuagens.

A melhor vista é do topo da Auckland Sky Tower

A melhor vista de Auckland pode ser observada do topo da Auckland Sky Tower, uma torre com impressionantes 328 metros de altura. Esta imponente construção é visível de quase todos os lugares da cidade e lá de cima tem-se uma vista panorâmica de 360 graus para a cidade e arredores.

Leia ainda: O melhor de Kiev, a capital da Ucrânia que é um poço de história e cultura

Não é só pela paisagem deslumbrante que vale a pena subir a Auckland Sky Tower. Caso goste de atividades radicais, pode fazer skyjump ou caminhar pelo lado de fora da torre, preso apenas por uma corda, a 192 metros de altura no Skywalk.

O Museu de Auckland e terra de vulcões

A principal atração cultural da cidade é o enorme Museu de Auckland. Conta com um espólio de cerca de 2 milhões de objetos, sendo um impressionante memorial de guerra. Foca-se ainda em História Natural e conta a evolução da Nova Zelândia até aos dias de hoje, com especial destaque para Auckland. Acolhe ainda a mais relevante coleção de tesouros e artefatos Maori do mundo.

Veja também: São Petersburgo, a cidade das artes que fica ainda mais bela nas noites brancas de verão

Auckland está rodeada de vulcões, grande parte acessível através de tours privados. O mais conhecido o de Rangitoto. Tem apenas 600 anos de idade e é o vulcão mais alto da cidade, proporcionando uma ótima vista do seu topo.Outro vulcão a destacar é o One Tree Hill. Tem a curiosidade de ter apenas um pinheiro no seu topo. A maior colónia Maori da Nova Zelândia vive nas suas redondezas. Não poderíamos ainda deixar de fazer referência ao Mount Eden. Tem qualquer coisa como 20 mil anos de idade e 196 metros de altura e possui três crateras.

Percorra a galeria e veja mais fotos de Auckland.

< >

Partilhar Artigo

Top