Os Beatles, a Albert Dock e muito mais para descobrir em Liverpool

Os Beatles, a Albert Dock e muito mais para descobrir em Liverpool

Os Beatles, a Albert Dock e muito mais para descobrir em Liverpool

Artigo de André Cruz Martins

Na cidade portuária de Liverpool, no noroeste da Inglaterra, o rio Mersey encontra-se com o Mar da Irlanda. Este local foi um importante porto de comércio e migração desde o século XVIII até ao início do século XX. Hoje em dia, é uma cidade moderna, em que o rio continua a ter grande importância.

No estrangeiro, Liverpool é essencialmente famosa por ser a cidade natal dos Beatles, possivelmente a banda de música mais icónica da história. E não faltam bons lugares relacionados com os “Quatro Fabulosos” para conhecer. Saiba o melhor que Liverpool tem para oferecer, começando precisamente por um roteiro sobre os Beatles.

Uma viagem ao passado dos membros dos Beatles

Várias empresas oferecem um tour completo dos Beatles em Liverpool, com preços a rondar as 20 libras (cerca de 22 euros). No entanto, é perfeitamente possível fazer o roteiro sem contratar qualquer agência.

Leia ainda: Birmingham tem 571 parques, é um banho de cultura e foi o berço do heavy metal

Penny Lane é local de paragem obrigatório. Trata-se de uma rua que dá nome a uma música da banda e que foi bastante marcante na vida dos Beatles, principalmente de Paul McCartney e John Lennon. As autoridades têm muitas vezes de substituir a placa com o nome da rua, uma vez que a mesma é roubada frequentemente por fãs. Ainda existe a barbearia e o banco referidos na música.

Ali perto fica a Dovedale Road, onde fica a escola onde estudaram John e George. Depois, pode apanhar o autocarro 76 e seguir até Menlove Avenue, conhecida como Mendips Vale Road. John cresceu na casa com o número 251. Na mesma avenida, fica Beaconsfield Road, onde se encontrava o antigo orfanato Strawberry Field, que também deu origem a uma música (no título foi acrescentando um “s” em Fields). Tratava-se de um edifício vitoriano com um grande jardim, onde eram realizados festivais frequentados por John e sua tia Mimi. De noite, John e os seus amigos invadiam o jardim e ficavam por lá a conversar.

Uma igreja, duas casas e um bar

Ainda neste roteiro dos Beatles, deve passar pela St. Peter’s Church (fica a 20 minutos a pé de Strawberry Field) , onde Lennon e McCartney se conheceram, em 1957. Se quiser dar uma saltada à casa onde Paul viveu com a sua família, ela fica no número 20 da Forthlin Road, perto da West Allerton Station. Atenção que é preciso fazer reserva online para a visitar. O mesmo acontece em relação a Mendips, a casa onde John Lennon morava com a sua tia Mimi.

Veja também: Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia

Por fim, pode deslocar-se a uma sala de espetáculos muito importante na carreira dos “Quatro Fabulosos”: o Cavern Club, na Mathew Street, onde fizeram alguns dos seus primeiros concertos. Em frente ao bar existe um “wall of fame” com o nome das diversas bandas que tocaram lá e uma de John Lennon bastante jovem.

A Albert Dock e o centro cheio de pubs

A Albert Dock é a zona mais turística de Liverpool. Este antigo porto foi totalmente transformado em polo cultural. Aqui ficam vários museus interessantes, como o Tate Liverpool (museu de arte que alberga obras de artistas com Picasso e Andy Warhol) e o Museu Marítimo de Merseyside. E também o autocarro que faz a viagem “Magical Mystery Tour” e que passa debaixo de água. É considerado Património Mundial da UNESCO.

Na Albert Dock também há bons restaurantes e é possível apanhar um barco, para conhecer a cidade de outra forma.
Já o centro da cidade é cheio de ruas para pedestres, havendo muitas lojas, restaurantes e pubs. A noite da cidade é considerada uma das melhores do Reino Unido e a temperatura “aquece”, mesmo quando as noites estão muito frias, o que acontece com frequência.

Percorra a galeria e veja mais fotos da cidade de Liverpool.

< >

Partilhar Artigo

Top