Bremen é uma cidade alemã que parece saída de um conto de fadas

Bremen é uma cidade alemã que parece saída de um conto de fadas

Bremen é uma cidade alemã que parece saída de um conto de fadas

Artigo de André Cruz Martins

Bremen é indiscutivelmente uma das mais bonitas cidades da Alemanha. Localizada no noroeste do país, destaca-se pelo centro histórico com edifícios antigos muito bem preservados. Curiosamente, o maior símbolo da cidade, a estátua dos “Músicos de Bremen”, não representa pessoas, mas sim quatro animais muito especais. Uma das zonas mais aprazíveis da cidade é o calçadão nas margens do rio Weser, onde não faltam opções de bons restaurantes e bares.

Schnoor Viertel e Marktplatz

Passear pelas ruelas do centro histórico de Bremen é como um regresso ao passado. Principalmente no Schnoor Viertel, um bairro que parece ter saído de um conto de fadas. Esta zona conserva um estilo pitoresco, com as ruas estreitas e as casas coloridas. Não faltam também lojas que vendem souvenirs e produtos locais, bem como cafés e restaurantes com esplanadas. De forma milagrosa, as suas construções escaparam à destruição durante a Segunda Guerra Mundial.

Leia ainda: Dresden, a cidade alemã do Barroco em que o moderno e o tradicional se fundem de forma perfeita

Outro local de passagem obrigatória é o Marktplatz, a principal praça do centro histórico. Aqui podemos encontrar a Rathaus – o edifício da Câmara Municipal, que foi construído no início do século XV – e a estátua de Roland. Esta última tem 5,5 metros de altura e retrata a figura histórica deste guerreiro lendário que defendeu o célebre Imperador Carlos Magno. Os dois monumentos estão classificados como Património Mundial pela Unesco. Ainda em Marktplatz, não deixe de visitar a Catedral de São Pedro (St. Petri Dom), uma igreja luterana construída em estilo gótico.

A estátua dos músicos de Bremen e o Schütting

Caso tivessem de escolher o grande símbolo de Bremen, boa parte dos habitantes locais optaria certamente pela Bremen Stadtmusikanten (“Músicos de Bremen”, em Português). Trata-se de uma escultura em bronze que representa os músicos de Bremen, personagens do conto de fadas escrito pelos irmãos Grim.

As personagens não são pessoas, mas sim um galo, um gato, um cão e um burro. Diz a lenda que depois de terem sido maltratados por seus donos, fugiram para a cidade de Bremen e acabaram por se tornar músicos. A escultura foi criada em 1951 por Gerhard Marcks. De acordo com a crença popular, quem tocar as patas do burro e fizer um pedido, verá esse pedido ser realizado.

Veja também: Estugarda, a capital alemã do vinho, das piscinas de água quente e do mundo automóvel

Não deixe ainda de conhecer o Schütting, o imponente edifício da Câmara de Comércio e Indústria de Bremen. Na sua fachada destacam-se os brasões de diversas cidades com as quais Bremen mantinha relações comerciais privilegiadas. No dias de hoje, a Câmara de Comércio preserva papel de grande importância na economia da cidade.

O calçadão em frente ao rio e um museu

Muito próximo do centro histórico fica o Schlachte, outra zona muito bonita. É um calçadão nas margens do rio Weser, onde vai encontrar alguns dos melhores bares, discotecas e restaurantes de Bremen. Um dos pratos típicos que pode saborear é o Labskaus, puré de carne de boi salgada, cebola e batatas.

E sabia que a Hühnersuppe, uma das canjas de galinha mais conhecidas do mundo é originária de Bremen? Como sobremesa, destaca-se o Rote Grütze (frutas vermelhas com gelado, normalmente de natas ou de baunilha). Referência ainda para o Korn, aguardente muito popular na região, à base de centeio, trigo, aveia e cevada). Tenha em atenção que possui 34% de teor alcoólico.

Percorra a galeria e veja mais fotos de Bremen.

< >

Partilhar Artigo

Top