Bruges, a cidade com traços medievais que é conhecida pelos canais, cerveja e chocolate

Bruges, a cidade com traços medievais que é conhecida pelos canais, cerveja e chocolate

Bruges, a cidade com traços medievais que é conhecida pelos canais, cerveja e chocolate

Artigo de André Cruz Martins

Bruges é sem dúvida uma das mais encantadoras cidades da Bélgica. Localizada a norte de Bruxelas, é a capital da província da Flandres Ocidental, apesar de ser uma cidade de média dimensão, com cerca de 120 mil habitantes. É conhecida como Veneza do Norte, devido aos canais que a atravessam e que a ligam à vizinha cidade de Gent. O seu centro histórico, que mantém os traços medievais, é desde 2000 Património Mundial da UNESCO. Descubra o que fazer nesta bonita cidade, cujas atrações principais podem ser tranquilamente percorridas em dois dias.

< >

Grote Markt, a grande praça de Bruges

É no centro histórico que se encontram as principais atrações de Bruges. A melhor forma de começar o seu passeio é pela Grote Mark, a principal praça da cidade. Um dos seus cartões postais é o Provinciaal Hof, uma torre sineira com 83 metros de altura. Este edifício neogótico é a sede do governo provincial de West-Vlaanderen. Se quiser atingir o seu topo, terá de subir 366 degraus de escadas, mas o esforço compensa, pois proporciona uma vista deslumbrante. Terá de pagar 10 euros para fazer a subida.

Leia ainda: Mykonos, a ilha grega da diversão é muito mais do que praias e copos

Na Grote Markt fica o Museu-Expo Salvador Dali, que apresenta uma grande coleção de esculturas autênticas do famoso surrealista. Só pela decoração garrida e pelo efeito proporcionado pela presença de muitos espelhos já valia a visita ao espaço. O Bruges Historium é outro museu interessante nesta grande praça. Conta a história de Bruges e no segundo andar tem um terraço com uma excelente vista para a Grote Markt.

Burg Markt

Mesmo ao lado da Grote Markt fica a Burg Markt, a segunda maior praça da cidade. É aqui que fica o majestoso edifício da Câmara Municipal, em estilo gótico. A poucos metros, encontramos a Basílica do Sangue Sagrado, outra construção gótica. Deve o seu nome ao facto de, segundo a lenda, abrigar a relíquia do sangue de Cristo. No interior, divide-se em duas igrejas: a capela de St. Basil, bastante simples, e a capela do Sangue Sagrado. Esta última é ornada em tons dourado e foi reconstruída no século XIX, com vitrais coloridos.

Canais, catedrais e moinhos

Como já foi referido, não faltam canais em Bruges. O mais conhecido é o canal Dijver, onde se encontram as empresas que realizam viagens de barco pela cidade. A maior parte dos barcos são abertos e de pequena dimensão e os passeios têm a duração de uma hora. Depois do passeio, o barco volta ao Canal Dijiver É a altura ideal para visitar o jardim Arentshof, um dos mais bonitos da cidade. Sensivelmente a meio do jardim, fica a ponte Bonifacius, num cenário lindíssimo e um dos recantos mais românticos de Bruges.

Veja também: O rio que parece um arco-íris é o mais bonito do mundo

A nossa próxima sugestão é a Catedral de Notre-Dame de Bruges, a maior igreja católica da cidade. Tem uma torre medieval com 122 metros de altura, sendo a segunda maior torre feita de tijolos na Europa. Bruges é também conhecida pelos seus moinhos de vento e quatro deles, nas margens do Canal Dijiver, ainda são utilizados na função de transformar trigo em farinha. Todos estão abertos a visitas.

Sugestão para um pub crawl

Bruges é uma excelente cidade para fazer um pub crawl, ou seja, ir saltando de bar em bar enquanto se bebe cerveja (ou qualquer outra coisa). Afinal de contas, a Bélgica é um dos principais países produtores de cerveja. Pode começar pelo Museu da Cerveja, que fica na rua que liga a Grote Markt à Burg Markt, a segunda grande praça da cidade. No final da visita, existe uma degustação, em que pode escolher três cervejas entre as oito disponíveis.

Depois, siga em direção à cervejaria Bourgogne des Flandres, um clássico da cidade que reabriu depois de 60 anos sem funcionar. É possível fazer uma visita ou simplesmente tomar uma cerveja no terraço com vista para o famoso canal Dijver, o mais famoso da cidade. Pode terminar este pub crawl na cervejaria De Halve Maan, que produz duas excelentes cervejas artesanais, a Brugse Zot e a Brugse Straffe Hendrik. É ideal para ser visitada em dias de bom tempo, pois tem um bar ao ar livre. Se quiser fazer uma visita guiada à fábrica, terá de fazer marcação

A cidade do chocolate

Enquanto caminhamos por Bruges vamo-nos cruzando com muitas lojas especializadas em chocolate. Há de todo o tipo: amargos, de leite, trufas, pralines e muito mais. Deixamos três sugestões das melhores casas que vendem chocolate na cidade: Chocolatier Dumon (rua Eiermarkt 6 ou a filial na Walstraat 6); The Chocolate Line (rua Simon Stevinplein, 19) e a Chocolaterie Sukerbuyc (Katelijnestraat, 5). Esta última é a mais antiga casa da cidade e à entrada tem um curoso letreiro: “só entre se for realmente comprar”.

Percorra a galeria e veja mais fotos de Bruges.

< >

Partilhar Artigo

Top