Como explorar Dhaka, a pouco conhecida capital do Bangladesh

Como explorar Dhaka, a pouco conhecida capital do Bangladesh

Como explorar Dhaka, a pouco conhecida capital do Bangladesh

Artigo de André Cruz Martins

O Bangladesh, situado na Índia, é o país mais densamente povoado em todo o mundo. É rodeado quase por inteiro pela Índia, excetuando a sudeste. A capital é Dhaka, conhecida pelos majestosos edifícios históricos, principalmente de caráter religioso. Dhaka é sem dúvida um fantástico destino para explorar, mas tenha em conta que se trata de uma das capitais menos turísticas em todo o mundo. O que aumenta o seu encanto para os viajantes que gostam de ter contacto com os costumes e as populações locais.

O trânsito “louco” e o palácio cor de rosa

Dhaka fica no sul do Bangladesh, junto ao rio Buriganga. É o centro nacional do governo, do comércio e da cultura e antigamente era a capital Mogol (não confundir com mongol) de Bengal, da qual persistem muitos palácios e mesquitas. O que impressiona no primeiro impacto é o trânsito caótico, com todo o tipo de viaturas a aparecerem literalmente de todos os lados, sem aviso prévio. E tudo acompanhado com um barulho constante infernal de motores e buzinas.

Leia ainda: Xandari Riverscapes, o alojamento em casas flutuantes na Índia que é uma experiência para a vida

Em Dhaka é incontornável que visite o Forte de Lalbagh, mais conhecido como Palácio Cor de Rosa e que fica nas margens do Buriganga. A sua construção começou em 1859 e foi terminada em 1872. Podem ser efetuadas visitas ao seu interior, onde é impossível ficar indiferente a tanto luxo. Não perca também o Museu Nacional, que possui um espólio com objetos valiosos do Bangladesh e conta a história do país ao longo dos séculos. É proibido tirar fotografias no interior.

Uma mesquita, o Parlamento e os famosos riquixás

Outro edifício histórico a não perder é a Mesquita Mesquita Sat Gumbad, conhecida como a Mesquita das Sete Cúpulas. Ostenta a classificação de Património Mundial da UNESCO. É ainda incontornável que visite a Casa do Parlamento Nacional, do famoso arquiteto americano Louis Khan.

Veja também: Tudo o que precisa de saber sobre Udaipur, a cidade indiana que é a “Veneza do Oriente”

E durante a sua esta viagem por Dhaka, tem de andar de riquixá, uma espécie de tuk tuk mas que na verdade é mais parecido com uma bicicleta. Passado o medo inicial, vai perceber que é a melhor forma de contornar o insano trânsito da capital.

O porto de Sadarghat

Nenhuma visita a Dhaka pode ficar completa sem uma visita ao porto de Sadarghat, localizado na margem do Rio Buriganga. É um dos melhores locais para observarmos a agitada vida da população local e convivermos com pessoas que nos vão mostrar que hospitalidade não é uma palavra vã.

Percorra a galeria e veja mais fotos de Dhaka.

< >

Partilhar Artigo

Top