Malta, o verdadeiro “porto seguro”

Malta, o verdadeiro “porto seguro”

Malta, o verdadeiro “porto seguro”

Artigo de Redação

Situado em pleno centro do Mediterrâneo, o arquipélago maltês é composto por três ilhas, cada uma com as suas características: Malta, a principal, Gozo e Comino. A costa de Malta, profundamente recortada, tem numerosos portos, baías e praias. Apesar das pequenas dimensões destas ilhas, são lugares onde se podem visitar vestígios culturais de todos os períodos da História, desde a Idade da Pedra até ao passado mais recente.

As condições climatéricas, ideais durante todo o ano, um mar com uma transparência infinita, a excelente cozinha, a arte, a cultura e as atividades náuticas fazem de Malta o lugar ideal para uma estadia agradável e deslumbrante. Habitado desde cerca de 5200 a. C., o país foi palco de uma importante civilização pré-histórica anterior à chegada dos Fenícios, que deram à ilha principal o nome de Malat, que significa “porto seguro”. Durante alguns séculos, as ilhas foram sede da Ordem dos Cavaleiros de São João do Hospital, tendo feito, depois, parte do Império Britânico. Malta tornou-se independente em 1964 e é conhecida como a terra do mel, devido à alta qualidade deste produto, produzido pelas abelhas do arquipélago.

O parque de diversões do Popeye

A Popeye Village (Vila do Popeye), também conhecida como Sweethaven Village, é o lugar ideal para uma família com crianças ir quando estiver de viagem em Malta. Não admira que seja uma das maiores atrações turísticas de Malta! O tema deste parque temático maltês é, obviamente, todo o universo dos filmes do Popeye the Sailor. A Popeye Village é, na verdade, o cenário usado pela Paramount Pictures e a Walt Disney Productions para o filme baseado na banda desenhada
de E. C. Segar.

Todas as atividades vão mesmo manter adultos e crianças ocupados durante uma tarde ou um dia inteiro em Malta.

Atrações a não perder!

Em Sweethaven Village, as crianças vão encontrar todas as personagens principais dos desenhos animados e do filme Popeye o Marinheiro, Olívia Palito, Brutus, Swee’Pea, Wimpy…

  • Carrosséis;
  • Espetáculos e outras atividades – Marionetas, pinturas de rosto, balloon modelling, contadores de histórias, trabalhos manuais, jogos Wii, etc.;
  • Museus;
  • Sessões de cinema do filme Popeye e construção do cenário;
  • Guarda-roupa e adereços do filme;
  • Jogos de feira;
  • Minigolfe;
  • Provas de vinho gratuitas para adultos.

Para além destas atrações, a Popeye Village oferece outras atividades de acordo com a respetiva estação do ano, tais como trampolins de água, uma piscina para brincadeiras e passeios de barco em Anchor Bay durante o maravilhoso verão de Malta; um desfile de Natal e a cidade-brinquedo do Pai Natal na época natalícia.

História da Popeye Village

O Popeye apareceu em banda desenhada pela primeira vez em 1929! Durante os anos 60, os desenhos animados foram um sucesso na televisão e ainda são vistos um pouco por todo o mundo.

O Popeye Village Fun Park é o local onde filmaram o filme Popeye, protagonizado por Robin Williams, em 1980. A construção do cenário começou em junho de 1979 e ao longo de sete meses, 165 trabalhadores construíram a aldeia, que consiste em 19 edifícios reais de madeira. Estes materiais foram importados da Holanda e do Canadá, já que não há florestas em Malta. Para fazer todos os edifícios foram usados oito toneladas de pregos e quase oito mil litros de tinta. De modo a proteger o cenário dos mares, também se construiu um grande quebra-mar em Anchor Bay.

Gastronomia

A cozinha faz justiça à localização do arquipélago. Pode deliciar-se com ótimos vinhos, temperos deliciosos e uma qualidade irrepreensível dos produtos. Mistura de influências, não se deixou corromper pela sensaboria dos pratos ingleses. Obrigatória uma ida a Rubino, Valetta, para provar cozinha autêntica.

Transportes

A rede pública é eficiente e cobre as ilhas. No que respeita ao aluguer de carros, assinale-se que a condução é pela esquerda. A melhor maneira de conhecer as ilhas será alugando um jeep ou uma mota, o que permitirá passeios por estradas secundárias e uma maior acessibilidade à costa. A entrada dos carros nas cidades está, em alguns casos, condicionada, obrigando a um selo especial. Aconselham-se os passeios a pé.

Praias

As magníficas praias de areia nas extremidades de algumas das baías bem protegidas da costa convidam a gozar o prazer de um banho tranquilo. Em Malta, algumas das mais populares são Ghajn Tuffieha, Mellieba, Golden Bay, Paradise Bay, Armier e Selmun. Em Gozo, In-Ramla l-Hamra é uma praia de areia vermelha famosa pela sua beleza. Outras, onde as rochas servem de enquadramento, são as de Ghar Qawqla, Mgarr ix-Xini e Il-Qbajjar.

Compras

Malta tem uma rede de centros comerciais distribuídos por todo o arquipélago, com lojas de moda internacionais combinados com restaurantes típicos locais e zonas de entretenimento para as crianças. Há também salas de cinema e serviços de saúde e bem-estar, entre outros. Aqui fica uma lista dos principais centros comerciais:

  • Shopping Duke, em Gozo;
  • The Embassy Complex, em Valetta;
  • The Plaza, em Sliema;
  • The Bay Street, em St. Julians;
  • Arkadia, em Vitória;
  • The Point Malta, em Sliema.
< >

Guia do viajante

Onde ir

Valetta
Rabat
Mdina
Gozo
Ilha de Comino
?a?ar Qim Temples
Hipogeu de Hal Saflieni

Onde comer

Palazzo Preca Restaurant
La Sfoglia Restaurant
Bouquet Garni
Zeri’s Restaurant
L'Artista Restaurant
Rebekah’s Restaurant
Tarragon Restaurant
The Plumtree | Bar and Restaurant
Churchills Restaurant
Capistrano Restaurant

Onde ficar

Hotel Juliani
Hilton Malta
The Phoenicia Malta
The Westin Dragonara Resort
Park Lane Boutique Aparthotel
AX Seashells Resort at Suncrest
InterContinental Malta
The George
Comino Hotel and Bungalows
Kempinski Hotel San Lawrenz Malta
The Palace Hotel Malta
Grand Hotel Excelsior Malta
Valetta

É a capital do arquipélago, uma pequena cidade cheia de fortificações: as muralhas, as torres e o Forte de São Telmo. O Museu da Guerra guarda a memória da Segunda Guerra Mundial, mas outro interessante é o Museu Nacional, o Palácio do Grande Mestre, onde se encontram pinturas de artistas famosos, e o Museu de Belas Artes, instalado num palácio do século III. Entre os edifícios religiosos sobressai a catedral, consagrada a São João. Em Valetta encontra-se um dos teatros mais antigos de Europa, o Teatro Manoel. Em frente a esta cidade encontram-se outras três, Cospicua, Senglea e Vittoriosa, separadas por uma faixa de mar, que podem ser vistas a partir do Sul da cidade, dando um ambiente pitoresco.

Valetta, declarada Património da Humanidade pela UNESCO, ao longo dos anos deu as boas-vindas a imperadores, chefes de estado, artistas e poetas. Está repleta de cafés e bares com muita personalidade. Além disso, com uma magnífica vista do Grand Harbour, hoje, é uma das principais atrações turísticas de Malta.

Rabat

É um local que conserva os restos das épocas em que fora uma cidade romana. A vila romana e o museu têm sido restaurados e mostram ao turista os vestígios da civilização romana, grega e cartaginesa, que floresceu em Malta. Outros interessantes locais para visitar são as Catacumbas de Santa Ágata e São Paulo, que datam do século IV a. C. e que serviram de sepulturas subterrâneas aos cristãos, e a Gruta de São Paulo. Na ilha também se encontram numerosas igrejas dos séculos XVI e XVII muito interessantes.

Mdina

Conhecida como a “cidade do silêncio”, por ser um lugar muito tranquilo, é uma bela vila medieval e já foi capital de Malta. As ruas semidesertas, com as casas em ocre e os antigos palácios, dão-lhe um singular ar de mistério. Encontra-se no coração da ilha e acredita-se que foi o local onde São Paulo ficou preso. O mais atrativo da cidade é a catedral, com um museu que guarda águas-fortes de Durero. Outro interessante museu é o de Ciências Naturais, instalado num antigo palácio.

Gozo

É uma das ilhas que compõem o arquipélago, a segunda mais importante. Encontra-se a noroeste de Malta e é conhecida, também, por “ilha de Calipso”, em homenagem a uma ninfa que ali vivia e que reteve Ulisses durante sete anos. A paisagem deste lugar é de um verde admirável, salpicado de velhas igrejas e pequenas vilas. A capital de Gozo é Vitória, situada no centro da ilha, que oferece alguns lugares interessantes para serem visitados, entre eles, a cidadela, a catedral e a igreja de São Jorge.

Ilha de Comino

É a mais pequena do arquipélago, com apenas 2,7 quilómetros quadrados. Nela vivem poucos camponeses, não existem automóveis, nem qualquer outro barulho que perturbe a tranquilidade da ilha. Só há um hotel, preparado para a prática dos desportos aquáticos, situado junto à praia. Comino conta com numerosas ruas e rochas que se adentram no mar, com uma água tão transparente como o cristal. É um paraíso para os amantes do mergulho.

?a?ar Qim Temples

É um templo megalítico famoso por ser uma das estruturas mais antigas que se conhece. Está ornamentado com desenhos de animais, altares de sacrifícios e câmaras de oráculos. Daqui é possível contemplar a vista extraordinária do Mediterrâneo e da ilha de Filfla.

Hipogeu de Hal Saflieni

Uma das principais atrações são as ruínas do templo Hypogeum, um cemitério de 500 metros quadrados, considerado o único templo pré-histórico subterrâneo do Mundo.

Hotel Juliani
Hilton Malta
The Phoenicia Malta
The Westin Dragonara Resort
Park Lane Boutique Aparthotel
AX Seashells Resort at Suncrest
InterContinental Malta
The George
Comino Hotel and Bungalows
Kempinski Hotel San Lawrenz Malta
The Palace Hotel Malta
Grand Hotel Excelsior Malta
Palazzo Preca Restaurant
La Sfoglia Restaurant
Bouquet Garni
Zeri’s Restaurant
L'Artista Restaurant
Rebekah’s Restaurant
Tarragon Restaurant
The Plumtree | Bar and Restaurant
Churchills Restaurant
Capistrano Restaurant

Clima

Verões quentes, a ultrapassar os 30° C, invernos suaves, com chuva em dezembro e janeiro. A água do mar sobe aos 26° C em agosto.

Documentos

Cartão do cidadão.

Outras Informações

Moeda Euro Idioma Maltês e inglês Fuso horário + 1 hora

Partilhar Artigo

Top