Metz, a cidade que leva os turistas para a Idade Média

Metz, a cidade que leva os turistas para a Idade Média

Metz, a cidade que leva os turistas para a Idade Média

Artigo de Sofia Sérgio

Metz é um destino que vai transportar todos os visitantes para a Idade Média, visto que a cidade encontra-se repleta de monumentos góticos e de jardins com flores de todas as cores. Essas são as imagens de marca de um local cheio de encanto e história.

< >

Se estiver em Paris poderá apanhar o TVG e numa hora encontra-se na cidade de Metz, na região de Lorraine. Este é lugar que consegue andar de bicicleta e até é mais aconselhável, visto que existem vários postos de aluguer espalhados por toda a cidade. Ao utilizar a bicicleta vai conseguir ir a mais locais emblemáticos, passando claro por jardins e pontes únicas. Os pontos obrigatórios são:

Catedral Saint Etienne

É uma catedral em estilo gótico, sendo que o que se pode ver hoje em dia são duas igrejas juntas, uma do século XII e outra de XIV. Ou seja, a fachada principal foi feita primeiramente e depois a parte lateral era uma igreja romântica que se juntou ao monumento, respetivamente. É o principal monumento da cidade, pois fica no centro, na Place d’Armes.

Palais du Gouverneur de Metz

O Palácio do Governador situa-se na praça Giraud e no seu interior já morou o imperador Guilherme II. Por isso este monumento encontra-se ligado à história imperial que aconteceu em França.

Centro Pompidou-Metz

É o monumento mais moderno da cidade, tendo sido construído no ano 2010, e é o primeiro projeto Pompidou fora de Paris. Sendo que foi feito para haver uma descentralização da capital francesa. O Centro Pompidou-Metz é um local que recebe várias exposições e concertos. O Projeto é de Shigeru Ban, Jean des Gastines e Phillip Gumuchdjian Architects.

< >

Partilhar Artigo

Top