Mistério, lagos e cidades pitorescas num roteiro pela Floresta Negra

Mistério, lagos e cidades pitorescas num roteiro pela Floresta Negra

Mistério, lagos e cidades pitorescas num roteiro pela Floresta Negra

Artigo de André Cruz Martins

A Floresta Negra é uma das mais belas regiões da Alemanha. Situada no sudoeste do país, ficou famosa por ser o palco fictício para algumas histórias de encantar dos famosos irmãos Grimm, como o Capuchinho Vermelho e a Branca de Neve e os Sete Anões.

A zona faz jus ao nome, com milhares e milhares de árvores ao longo do seu território de 200 quilómetros. E tem uma aura misteriosa e sombria que pode intimidar alguns dos que a visitam, mas que faz parte do seu encanto. Na primavera e no verão, a paisagem é muito verde, enquanto no outono e principalmente no inverno, a neve toma conta do cenário.

A luxuosa cidade de Baden-Baden

A cidade de Baden-Baden é uma boa porta de entrada na Floresta Negra. Deve o seu nome às águas termais que já eram utilizadas no tempo dos Romanos. Hoje em dia, é famosa pelas termas, onde é possível relaxar nas suas águas quentes. Baden-Baden é uma das cidades mais ricas da Alemanha. Algo que é visível na Lichtentaler Strasse, a avenida principal onde não faltam lojas de luxo e excelentes restaurantes. A cidade acolhe ainda um dos casinos mais famosos do país.

Leia ainda: Mashpi Lodge, o resort de luxo em plena floresta tropical

Nos restaurantes locais pode deliciar-se com comida típica como o Eisbein (joelho de porco) e as Bratwürste (as célebres salsichas) E, claro, não deixe de provar o famoso Bolo de Floresta Negra, que leva chocolate, chantilly, cereja e raspas de chocolate.

Mummelsee, um lago com paisagens deslumbrantes

Depois de conhecer Baden-Baden, pode dirigir-se para o Mummelsee, um lago que fica a meia hora de carro. O caminho é feito pela Schwarzwaldhochstraße, a rota panorâmica mais antiga da Alemanha. Ao todo, são 60 quilómetros de paisagens deslumbrantes, começando em Baden-Baden e terminando na cidade de Freudenstadt.

Veja também: A “verde” Dortmund é a capital alemã do futebol e tem muito para explorar

É precisamente nessa estrada que se encontra o Mummelsee, um lago a cerca de 1000 metros de altitude. No verão a água não deixa de ser bem fresca e no inverno congela em muitos dias. É possível realizar um passeio de barco, durante o qual vai observar paisagem fantástica e cruzar-se com uma estátua da Mümmlein, a sereia do lago. Se quiser ficar alojado no local, o Hotel Berghotel Mummelsee tem preços a partir de 81 euros por noite. As vistas são magníficas e tem spa e restaurante à disposição.

Triberg, a cidade da enorme cascata

Triberg é mais uma cidade na Floresta Negra que importa conhecer. Principalmente no verão, devido à sua grande cascata. Chama-se Triberger Wasserfälle e as quedas de água chegam a atingir 167 metros de altura. Fica num parque cheio de árvores que tem três trilhos demarcados. Triberg tem ainda um bonito centro, no qual se destacam as lojas com souvenirs. Os relógios de cuco são sem dúvida o objeto mais típico

Percorra a galeria e veja mais fotos da Floresta Negra.

< >

Partilhar Artigo

Top