Murano, a incrível ilha do vidro que fica às portas de Veneza

Murano, a incrível ilha do vidro que fica às portas de Veneza

Murano, a incrível ilha do vidro que fica às portas de Veneza

Artigo de André Cruz Martins

Se tiver a possibilidade de passar alguns dias em Veneza, não perca a oportunidade de visitar a ilha de Murano, que fica a apenas 1 quilómetro da cidade dos canais. É conhecida como ilha do vidro, pois é famosa pelas suas peças em vidros artesanais.
Em 1291, as fornalhas para a produção do vidro que inicialmente estavam em Veneza, foram levadas para Murano, para evitar incêndios e o cheiro dos fumos. A indústria foi crescendo de importância e nunca mais de lá saiu.

Para além de lojas e fábricas de vidro, Murano, conhecida pelas suas casas coloridas, tem outras interessantes atrações turísticas que permitem um dia muito bem passado. E ainda excelente gastronomia.

Visite as lojas e fábricas de vidro

Murano tem inúmeras lojas e fábricas de vidro que podem ser visitadas, podendo-se observar como funciona o processo de produção deste material. Um dos melhores locais é a Ex Chiesa di Santa Chiara e fica dentro de uma antiga igreja. Outra excelente opção é a Carlo Moretti, uma fábrica tradicional com preços um pouco altos, mas qualidade garantida.

Leia ainda: Annecy, a Veneza francesa dos Alpes é banhada por um dos mais bonitos lagos do mundo

Em Murano há muitas lojas que vendem brincos, pulseiras e lustres. Tenha no entanto algum cuidado pois nos últimos anos alguns intrujões têm-se aproveitado da fama da ilha, produzindo algumas das peças falsificadas. Para não ser enganado, peça certificado de autenticidade antes de fazer qualquer compra. E se o preço for muito baixo, é certo e sabido que a peça não é verdadeira. Não deixe também de visitar o Museu do Vidro, onde pode apreciar milhares de peças locais e perceber as técnicas utilizadas na sua produção.

Campo di Stefano, a praça principal

A principal praça de Murano chama-se Campo Di Stefano. No centro, encontra-se uma curiosa escultura azul gigante do artista Simone Cenedese chamada “Cometa de Vidro”. São vários pedaços de vidro interligados. Mesmo ao lado, fica a Torre do Relógio do século 19.

Veja também: Veneza, arte e mistério ao virar da esquina

Ainda nesta praça, não deixe de visitar a igreja católica de San Pietro Martire. A sua construção terminou em 1348 e foi dedicada a São João Batista. Em 1474 foi quase completamente destruída por um incêndio mas em 1511, foi reconstruída com o aspeto atual. A praça tem vários cafés e restaurantes com esplanadas, que se enchem de locais e turistas nos dias de bom tempo.

Duas boas opções para provar a gastronomia local

A gastronomia italiana é normalmente associada a massas e pizzas. Em Murano não poderiam faltar restaurantes desse género de comida, mas a ilha é essencialmente conhecida pelo bom peixe e marisco. Um dos restaurantes mais famosos para se deliciar com estes produtos do mar é a Trattoria Busa alla Torre e fica mesmo em frente ao Cometa de Vidro. Um local mais simples é o Ristorante e Pizzeria Marlin, no início da Fondamenta dei Vetrai. Diz-se que tem as melhores pizzas de Veneza e arredores, a preços muito convidativos.

Percorra a galeria e veja mais fotos de Murano.

< >

Partilhar Artigo

Top