Nova Deli, do choque inicial à faceta misteriosa e fascinante

Nova Deli, do choque inicial à faceta misteriosa e fascinante

Nova Deli, do choque inicial à faceta misteriosa e fascinante

Artigo de Redação

Cores, muitas cores, odores e paladares diversos… Quem visita a cidade pela primeira vez terá de superar um certo choque inicial perante a pobreza, os altos níveis de poluição e o trânsito caótico. Depois, será recompensado por uma imensa riqueza histórica e cultural, escondida nas estreitas ruas da Velha Deli.

< >

Dizem que quem vai à Índia regressa modificado. Nova Deli tem no seu percurso não só traços de história milenar (já foi governada pelas dinastias Lodi e Mongol) como diversos símbolos de prosperidade e modernidade. Ao longo dos últimos anos, a capital indiana sofreu grandes mudanças e, hoje, divide-se em duas áreas distintas: a antiga e a moderna.

Nas ruas, prepare-se para se deparar com muitas cenas inusitadas, marcadas por contrastes abissais, como os palácios de marajás e os edifícios recém-construídos, mulheres vestidas de saris a circular em carros topo de gama, animais (vacas, camelos e elefantes) deambulando no asfalto e, em simultâneo, protagonistas de um trânsito caótico, onde carros, motos, riquexós e peões discutem por um pouco de espaço nas ruas cheias de lixo.

A Índia é um país extremamente religioso e por todo o lado há imagens dos deuses do hinduísmo, a principal religião do país. Brahma, Shiva e Vishnu são os mais importantes, não esquecendo Ganesha e Krishna. Todos os dias, ao fim da tarde, é possível escutar a entoação de diversas preces religiosas nas ruas e nos templos.

Velha e nova

Deli é composta por duas partes: Nova Deli, capital da Índia e sede do governo da maior democracia do mundo, é uma cidade moderna, oferecendo avenidas contornadas por árvores e parques espaçosos e o característico estilo arquitetónico de Lutyen. Já a Velha Deli, por sua vez, é uma cidade com uma história que se arrasta pelos séculos e ao longo da qual proliferam ruas estreitas e ventosas, templos, mesquitas e bazares. Deli atrai os melhores músicos e dançarinos, oferecendo assim a oportunidade ideal de ouvir sitar, sarod e o ritmo subtil da tabla, além de vislumbrar a magia das várias formas de dança, cada qual com as indumentárias próprias e rica numa elaborada linguagem gestual.

Bazares indianos: Uma festa de cor

Um dos paraísos das compras é o bazar indiano, uma festa de cores e indumentárias, repleto de vendedores e artistas de rua. Em muitos locais, artes tradicionais de cariz familiar são transmitidas de pais para filhos. Aqui raramente se encontram duas peças iguais, porque quase todos os produtos são manufacturados recorrendo a materiais naturais. Cada estado possui a sua própria riqueza artesanal, uma tradição própria, plena de cores e desenhos. Opte pelas sedas pintadas à mão, com textura vistosa e colorida e pelos tecidos de algodão maleáveis e incrivelmente leves.

Perca-se por entre peças de madeira trabalhada ou em papier maché, bordados, pashminas de caxemira, prata de Pushkar, pinturas alegres de Jaipur e as joias do Rajastão, marfim e a maciça madeira rosada de sândalo. Deslumbre-se com tapetes

pintados, iguais aos dos imperadores mongóis, mármore com incrustações de pedras semipreciosas, semelhantes às do Taj Mahal, joias de prata e ouro com rubis, diamantes, esmeraldas e pérolas. Também pode adquirir roupas para o dia-a-dia feitas a partir de soberbas telas indianas, por entre centenas de opções de tecidos, estampados, texturas e cores, com a vantagem de que, na Índia, quase tudo pode ser feito sob medida, mesmo que seja uma camisa de seda, um anel de diamantes, uma lâmpada de latão ou um tapete.

Na viagem de regresso, não esqueça as especiarias nem a indispensável música, além de objetos úteis como carteiras, sapatos e chapéus, tudo com bons acabamentos. Os preços normalmente são muito baixos, mas convém regatear e nunca pague mais do que a metade do valor oferecido inicialmente, principalmente em roupas e artesanato.

Gastronomia picante

A culinária indiana é muito quente e apimentada e os temperos seduzem através de cores, texturas e aromas. Em Nova Deli existem imensos restaurantes da cozinha local, dos mais económicos e quiosques de comida típica nas ruas aos altamente sofisticados.

Os tandoori (assados) dominam a ementa e são sempre acompanhados pelo chapatis, um pão fino feito de farinha de trigo. Entre as iguarias, não deixe de provar o vodka gol gappa (pastéis crocantes recheados com uma dose de vodka picante), o cordeiro assado no forno e o peixe tikka.

A diversificada gastronomia indiana inclui também iguarias vegetarianas, como o panner kofta, bolinhos de queijo de cabra com molho de especiarias. Ao pequeno-almoço, a tradição são os curds (um género de iogurte) e, à tarde, não se esqueça do chai (chá). O de massala é servido em todos os sítios.

Também é possível encontrar pizas, massas e hambúrgueres. O fastfood globalizado marca presença com lojas como McDonald’s, Pizza Hut, Subway e Fridays, entre outras redes. No entanto, saiba que comer carne bovina é pecado na Índia, pois a vaca é considerada um animal sagrado, razão pela qual o McDonald’s, por exemplo, só vende hambúrgueres de carneiro.

Ir ao cinema é um ato patriótico

Ir ao cinema ver um filme indiano é uma experiência que não pode ser cortada do seu roteiro de férias. Bollywood, a indústria cinematográfica do país, é muito forte em toda a Ásia. As longas metragens diferenciam-se das produções de Hollywood por conterem doses ainda maiores de melodrama, música e dança. A barreira linguística decerto não vai atrapalhar, mesmo nos filmes falados em hindu, uma vez que a estrutura é bastante simples e o inglês aparece em vários diálogos.

Antes de começar a exibição, uma bandeira da Índia aparece na tela e é tocado o hino do país. A plateia levanta-se solenemente e ouve o hino em silêncio. Na Índia, ir ao cinema é um ato patriótico.

Conhecer o vocabulário

É importante conhecer um pouco do vocabulário hindu para ajudar na interação com as pessoas. Assim fique a saber:

  • Namastê é uma maneira respeitosa de se cumprimentar ou de se iniciar uma conversa. Os indianos têm muita curiosidade em conhecer os estrangeiros (não se admire se alguém lhe pedir para tirar uma foto consigo).
  • Ram ram ou boa sorte constitui uma maneira mais informal, mas simpática, de saudação.
  • Shukriáh ou deniwad: ambas significam obrigado.

Dicas úteis

  • Gorjetas
    É esperado que se dê gorjeta depois de qualquer serviço prestado, principalmente em hotéis e restaurantes.
  • Segurança
    Nova Deli não é uma cidade perigosa nem violenta. O maior risco é ser enganado em relação aos preços e pagar muito mais do que o valor real.
  • Vestuário
    Roupas leves e confortáveis são as mais aconselhadas. Para as mulheres recomenda-se o uso de roupas um pouco mais conservadoras, calças mais largas ou saias longas, T-shirts que cubram os ombros e evitar os calções curtos. O ideal é levar um calçado que dê para tirar e calçar facilmente, tipo chinelas de dedo, pois é necessário retirá-lo em alguns templos e monumentos.
  • Saúde
    Recomenda-se a vacinação contra a febre amarela e tifóide, cólera, poliomielite e malária. Deve ainda ter cuidado com o consumo de saladas, fruta e beber apenas água engarrafada e leite fervido, além de só ingerir alimentos como carne e peixe bem cozinhados.

< >

Guia do viajante

Onde ir

Taj Mahal
Bahai Temple
Mausoléu de Humayun
Jantar Mantar
Akshardham
Gandhi Memorial Museum, Madurai
Forte Vermelho
Lodi Gardens
National Museum of India
Qutb Minar
Jama Masjid
Janpath Market
Rashtrapati Bhavan
Mughal Garden
Porta da Índia

Onde comer

Café Turtle
Karim's Mughlai Restaurant
Naivedyam
Orient Express
Paratha Wali Gali
Punjabi by Nature
The Great Kebab Factory
Veda Farms

Onde ficar

Siddharth Apartments
Le Méridien
The LaLiT New Delhi
The Taj Mahal Hotel
The Imperial New Delhi
The Oberoi
Hotel Palace Heights
The Amber - New Delhi
Hilton Garden Inn New Delhi/Saket
The Legend Inn
The Leela Palace
Shanti Home
Mantra Amaltas

Clima

No verão (de abril a junho), as temperaturas podem chegar aos 40º C. A época das monções (ventos sazonais) decorre entre julho e setembro. Durante o inverno (de fevereiro a abril), os termómetros registam entre 5º C a 21º C.

Documentos

Passaporte com, no mínimo, seis meses de validade e visto para a Índia.

Outras Informações

Moeda Rupia indiana. Idioma O país tem 25 idiomas diferentes, sendo o hindu e o inglês os mais falados. Fuso horário + 05h30 Voltagem 220 volts. As fichas são geralmente de dois pinos, colocados em ângulo um com o outro.

Partilhar Artigo

Top