Uma viagem inesquecível pela Península Valdés, a Patagónia dos animais

Uma viagem inesquecível pela Península Valdés, a Patagónia dos animais

Uma viagem inesquecível pela Península Valdés, a Patagónia dos animais

Artigo de André Cruz Martins 12-02-2020

12-02-2020


A Península Valdés, na província argentina de Chubut, é a região da Patagónia ideal para observar a vida selvagem no extremo sul do Hemisfério. E são quatro as grandes estrelas: pinguins, baleias, leões-marinhos e golfinhos. A Península de Valdés foi declarada Património Natural da Humanidade pela UNESCO e possui seis reservas naturais, ao longo dos seus 4000 quilómetros quadrados. Uma vez que se encontra numa área protegida, os visitantes têm de cobrar uma taxa de entrada. Saiba quais os melhores lugares a explorar nesta autêntica viagem de sonho para quem gosta de animais.

Punta Tombo para ver pinguins

Punta Tombo é uma das regiões do mundo com mais pinguins. São cerca de 400 mil casais de Pinguins-de-Magalhães, que nadam desde a costa do Rio de Janeiro até o litoral da Patagónia, para ali viverem entre setembro e abril, o período de reprodução.

Leia ainda: Mendoza, um paraíso na Argentina para enófilos e apreciadores de alta montanha

Ao chegar a Punta Tombo tem de pagar uma taxa de entrada de 8 euros. Comece por visitar o museu que conta a história dos pinguins e de outras particularidades da fauna e flora locais. Depois, siga por caminhos bem delimitados, ao longo de 3 quilómetros, até chegar bem junto do mar. E aí vai dar de caras com milhares e milhares de pinguins.

Puerto Pirámides, a casa das baleias

Na região de Puerto Pirámides vivem milhares e milhares de baleias, que podem ser observadas pelos turistas de barco, atividade que custa cerca de 70 euros. De junho a dezembro, as baleias deslocam-se desde as águas da Antártida e seguem ao golfo Nuevo, nas imediações de Puerto Pirámides, na Península Valdés. Há vida para além das baleias na vila de Puerto Pirámides, que está bem servida de restaurantes e bares. E até tem uma escola e um hospital.

Mergulhar com leões-marinhos em Puerto Madryn

A região de Puerto Madryn é ideal para avistar leões marinhos. E até para nadar junto destes animais. É só marcar uma excursão para fazer mergulho e, de acordo com os relatos, os leões-marinhos chegam bastante perto. As crianças a partir dos 10 anos podem participar nesta atividade, que costuma custar em torno de 75 euros.

Golfinhos em Puerto Rawson

Os golfinhos preferem as águas mornas de Puerto Rawson para nadar nas suas águas mornas e exibir as suas acrobacias. É possível apenas observá-los de barco ou então mergulhar junto deles, pois são criaturas bastante dóceis. Esta atividade custa cerca de 35 euros.

Percorra a galeria e veja mais fotos da Península Valdés.

< >

Partilhar Artigo

Top