Sarajevo, a vibrante capital da Bósnia fica num cenário natural deslumbrante

Sarajevo, a vibrante capital da Bósnia fica num cenário natural deslumbrante

Sarajevo, a vibrante capital da Bósnia fica num cenário natural deslumbrante

Artigo de André Cruz Martins

Os horrores da guerra da ex-Jugoslávia, na década de 90 do século XX, colocaram Sarajevo no mapa pelas piores razões. No entanto, a cidade conseguiu ultrapassar o conflito de forma espantosa, sofreu uma grande reconstrução e hoje em dia é um destino fantástico para conhecer. A capital da Bósnia tem uma vibrante diversidade cultural e religiosa e apresenta uma beleza deslumbrante, pois é rodeada por montanhas e cortada por um rio. E para além disso, não é um destino caro, sendo uma das capitais europeias mais seguras.

Igrejas de quatro religiões no mesmo quarteirão

Sarajevo não é uma cidade muito grande e boa parte das suas atrações turísticas ficam no centro velho, chamado de Stari Grad. Bascarsija, localizada à beira do rio Miljacka e também conhecida como praça dos pombos, é o ponto de partida ideal para começar a explorar Sarajevo.

Leia ainda: Kotor, a deslumbrante cidade no Montenegro que é Património Histórico da Humanidade

Nesta praça, destaca-se a presença de várias igrejas católicas e ortodoxas e de uma sinagoga, a Stari Hram. E ainda várias mesquitas, sendo a mais conhecida a Gazi Husrev-beg Mosque, construída em 1532. Aliás, Sarajevo é um símbolo da liberdade religiosa, pois é a única cidade europeia com templos de quatro religiões no mesmo quarteirão. Em Bascarsija há também vários cafés e lojas onde é possível comprar produtos como echarpes, bijuterias e objetos de decoração.

As colinas e as vistas deslumbrantes

Sarajevo fica numa pequena depressão cercada por colinas. Era dessas montanhas que os tanques de guerra se colocavam estrategicamente, para disparar em direção ao vale. Hoje, felizmente, é apenas uma bonita paisagem, cheia de pinheiros.
A capital da Bósnia tem alguns edifícios de cujo topo é possível ter vistas deslumbrantes. Os melhores exemplos são a Fortaleza Branca (Bijela Tabija) e a Torre Avaz.

Tour da guerra

Diversas empresas organizam o “Tour da Guerra” em Sarajevo, através do qual é possível ficar com uma noção bem real do conflito da década de 90, mas também sobre a Segunda Guerra Mundial. O tour começa num cemitério otomano do século XV, perto da Praça Bascarsija. Segue-se uma visita ao Hotel Holiday Inn, onde os jornalistas ficavam hospedados pra cobrir o conflito.

Veja também: Montenegro, a república que tem montanhas gigantes

A próxima paragem é a Chama Eterna, monumento em homenagem aos mortos durante a Segunda Guerra Mundial. Segue-se um memorial às crianças mortas durante o cerco, que mostra uma mãe protegendo o filho. Depois, visita-se o Parlamento, o Museu Nacional e o tour acaba no Túnel da Esperança. No local, em 1993, foi escavada uma passagem subterrânea de 800 metros por baixo da pista do aeroporto. Este caminho ligava a cidade sitiada à área controlada pelos bósnios.

Percorra a galeria e veja mais imagens da cidade de Sarajevo.

< >

Partilhar Artigo

Top