O melhor de Turim, cidade cheia de história e berço do automóvel em Itália

O melhor de Turim, cidade cheia de história e berço do automóvel em Itália

O melhor de Turim, cidade cheia de história e berço do automóvel em Itália

Artigo de André Cruz Martins

Pode não ter a imponência de Roma ou o charme da Sicília. No entanto, Turim, cidade muitas vezes negligenciada entre os destinos a visitar em Itália, esconde muitos encantos. Sabia que Turim foi a primeira capital da Itália e residência da Casa de Saboya, a família real italiana nesse período do século XIX? Atualmente é um pólo económico, sendo uma das cidades mais industrializadas de Itália, juntamente com Milão e Génova. No entanto, para além dessa industrialização que sempre foi a sua imagem de marca, destaca-se por bonitas atrações turísticas e pela constante evolução artística e cultural.

As duas praças principais

Nenhuma ida a Turim fica completa sem uma passagem pela Piazza San Carlo. É lá que fica o Café Torino, um dos cafés mais emblemáticos da cidade e que está associado a uma estranha superstição. Em frente à sua porta, no chão, está um touro em bronze e diz-se que se alguém desejar ser abençoado pela fortuna deve pisar com os testículos do animal com o pé direito. Esta praça acolhe o fantástico Museu Egípcio, que possui o segundo maior espólio do mundo de artigos do antigo Egito.

Leia ainda: Matera, a cidade italiana que é famosa por causa de cavernas

Não deixe também de passar pela Piazza Castello, que fica igualmente no centro histórico. Destaca-se pelos prédios medievais, renascentistas e barrocos. Admire o Palácio Real, sendo que algumas partes estão abertas para visita do público. Passe ainda pelo Palazzo Madama, onde funciona o Museu de Arte Antiga. É também na Piazza Castelo que fica a magnífica Catedral de Turim.

Dois museus a ter em conta

Não é preciso ser especialista em carros para gostar de visitar o Museu do Automóvel de Turim. Depois da renovação de 2014 apresenta inúmeros recursos multimédia e tem inúmeros exemplares de viaturas que marcaram a história do ramo. A primeira peça que encontramos à entrada é uma reconstrução do carro automóvel de Leonardo da Vinci de 1478. De referir que Turim é a capital do automóvel em Itália e foi aqui que nasceu a FIAT.

Veja também: Verona, a cidade de Romeu e Julieta e dos fantásticos edifícios históricos

O Polo Real de Turim também merece ser explorado. Trata-se de um impressionante complexo que engloba o Palácio Real, a Armeria Real, a Galeria Sabauda, o Museu Arqueológico, o Jardim Real, a Biblioteca Real e o Palácio Chiablese. A entrada nos museus é paga mas a visita aos jardins é gratuita.

A melhor vista é do topo da Mole Antonelliana

A Mole Antonelliana é um dos principais símbolos de Turim. É uma torre com 168 metros de altura e pode-se ascender até aos 85 metros através de um elevador panorâmico. Daqui é possível ter uma fantástica vista sobre a cidade e sobre os Alpes. A Mole Antonelliana acolhe o Museu Nacional do Cinema Italiano.

A cidade dos gelados e do Bicerin

Turim é uma cidade onde é possível comprar um ótimo gelado em cada esquina, ou não estivéssemos em Itália. O Café Fiorio é um dos melhores locais para o fazer, dispondo de sabores para todos os gostos. A bebida tradicional da cidade é o Bicerin, ideal para os dias frios. Tem café, chocolate e creme de leite. Mas também pode ser bebida fria, nos dias quentes.

Percorra a galeria e veja algumas imagens de Turim.

< >

Partilhar Artigo

Top