Um dia no Nara Koen, um parque incrível que é um mundo

Um dia no Nara Koen, um parque incrível que é um mundo

Um dia no Nara Koen, um parque incrível que é um mundo

Artigo de André Cruz Martins

A pequena cidade de Nara, a 45 quilómetros de Quioto, é uma pérola japonesa que merece um dia de visita caso esteja em viagem pelo norte do país. Fundada em 710, foi a primeira capital do país, por um período de 74 anos. Tornou-se um centro budista no país e nos dias de hoje ainda acolhe alguns dos templos mais importantes do Japão.

A atração mais conhecida da cidade é o Nara Koen, um parque muito bonito e de grandes dimensões, mas que é muito mais do que uma zona verde para passear e relaxar. É um mundo autêntico e pode lá passar todo o dia, pois há muito para ver.

As cerejeiras em flor e o templo Todai-ji

Para além de milhares de árvores, em que se destacam as cerejeiras em flor, também há templos dentro do parque. O mais importante é o Todai-ji, construído em 752 para ser o principal templo do Japão. A sua entrada faz-se através do portão Nandaimon, do século XIII.

Leia também: Tóquio, a maior metrópole do mundo

Este templo é famoso pelas estátuas gigantes de Nio, deuses benevolentes com cerca de 8 metros de altura, que são os guardiões do templo. Mas a principal atração é o Buda Gigante, chamado Daibutsu. Tem qualquer coisa como 15 metros de altura e cada olho tem 1 metro de largura.

Kasuga Taisha, o “templo das laternas”

Outro parque a não perder neste templo gigantesco é o Kasuga Taisha. É conhecido pelas cerca de 3 mil lanternas em bronze, localizadas no exterior e no interior dos seus edifícios. As lanternas só são ligadas duas vezes por ano (em fevereiro e em agosto), durante o Festival das Lanternas. Fundado em 769, foi reconstruído várias vezes ao longo dos séculos. Está classificado como património mundial da UNESCO e destaca-se pelo jardim botânico com 3 hectares.

Lojas de souvenirs e mais de 1500 cervos

No parque Nara Koen, pode ainda aproveitar para entrar em lojas de souvenirs e parar num quiosque para uma bebida refrescante ou um gelado.

Veja também: Quioto, o Japão tradicional dos Templos e das Gueixas

O parque tem uma grande quantidade de cervos, animais que muitos confundem com renas ou veados. Encontram-se literalmente por todo o parque, estimando-se que haja mais do que 1500. Eles passeiam livremente pelo parque e é possível alimentá-los, pois no local são vendidos sacos com biscoitos e outros alimentos do agrado destes animais.

A gastronomia

Existem restaurantes dentro do parque Nara Koen, onde pode degustar a excelente comida tradicional. Um dos pratos típicos de Nara é o Buta-Jyu, feito com carne de porco com um molho doce, acompanhado de arroz. Prove ainda as Okonomiyakes, habitualmente chamadas de pizzas japonesas, que se assemelham muito mais a panquecas. Podem ser recheadas por frango, lulas, carne de porco, camarão, vegetais com milho e ovos e muito mais. Outro prato tradicional é o Ukiyake, uma mistura de carne, vegetais, tofu e cogumelos cozidos num molho doce.

Percorra a galeria e veja mais imagens do Nara Koen.

< >

Partilhar Artigo

Top