Uma viagem pelos canais, parques, mercados e ruas históricas de Gotemburgo

Uma viagem pelos canais, parques, mercados e ruas históricas de Gotemburgo

Uma viagem pelos canais, parques, mercados e ruas históricas de Gotemburgo

Artigo de André Cruz Martins

Gotemburgo é sem dúvida um dos mais bonitos destinos na Escandinávia. A segunda maior cidade da Suécia situa-se na foz do rio Gota, que desagua no estreito de Categate. O rio divide a cidade em duas partes, sendo a margem norte a ilha Hisingen. Dada a sua posição geográfica, o porto de Gotemburgo é o maior da Suécia e dos países nórdicos.

Para os turistas, Gotemburgo tem a vantagem de ser uma cidade essencialmente plana. Por outro lado, as suas principais atrações estão quase todas no centro histórico. Por isso, nada melhor do que explorá-la a pé, de forma tranquila.

Pelos canais e ruas do centro

O centro da cidade fica no antigo bairro de Inom Vallgraven, onde Gotemburgo foi fundada, no século XVII. É uma ilha delimitada por canais e pelo Rio Göta. É aqui que ficam os prédios mais antigos e as ruas mais turísticas. Nos dias amenos e quentes, nada melhor do que sentarmo-nos numa das esplanadas da rua Södra Hamngatan, nas margens do Grande Canal de Gotemburgo.

Leia ainda: Malmö, a cidade no sul da Suécia que tem vários encantos

Ainda pelo centro, passeie pela Östra Hamngatan, que vai das docas até a Kungsportplatsen, praça do centro histórico. Aqui pode apreciar uma estátua equestre do rei Carlos IX. De seguida, desloque-se em direção à rua Kungsgatan, cujos prédios mantém as fachadas do século XVII. E se quiser fazer compras, a melhor opção é a rua Vallgatan, onde não faltam lojas dos mais variados produtos.

Os dois mercados da ilha central

A ilha Inom Vallgraven acolhe dois mercados que vale a pena visitar: o Feskekorka e o Saluhallen. O primeiro, em tradução literal, significa Igreja do Peixe. Trata-se de um mercado tradicional de peixe e marisco situado junto do canal de Rosenlund. O edifício tem a forma de uma igreja gótica e lá dentro, para além do mercado, há dois excelentes restaurantes conhecidos pelo excelente marisco e ostras.

Já o mercado de Saluhallen fica num edifício que parece uma estação ferroviária, situado junto à praça Kungstorget, no centro histórico. É o maior mercado de Gotemburgo e lá vendem-se queijos e outros produtos de charcutaria, peixe, frutas, legumes, cafés, chás, especiarias e muito mais. Está também bem servido de cafés e pequenos restaurantes.

Dois parques para conhecer

Gotemburgo é uma cidade com muitos espaços verdes e bem servida por parques. Um dos mais conhecidos é o Kungsparken, cuja tradução significa “Parque do Rei”. Fica do outro lado das margens de um dos canais que dividem o centro da cidade. Não faltam árvores, sombras e um grande rio.

Veja também: Oslo, a cidade que melhor trata a natureza é ideal para uma visita em casal

Já o parque Trädgardsföreningen é simultaneamente parque e jardim botânico, em estilo inglês. Fica no centro da cidade, junto à grande avenida Kungsportsavenyn, sendo limitado pelo canal Vallgraven e pela alameda Nya Allén. Possui várias estufas, zonas para passeio e parques para crianças. E ainda um restaurante, um café e um pequeno palco para concertos.

Percorra a galeria e veja mais fotos de Gotemburgo.

< >

Partilhar Artigo

Top