Algarve pronto para umas férias em segurança

Algarve pronto para umas férias em segurança

Algarve pronto para umas férias em segurança

Artigo de Redação

A pandemia do novo coronavírus ainda não chegou ao fim, mas Portugal está no bom caminho e a vida de todos tem voltado ao normal progressivamente. Nesse sentido, muitos portugueses já pensam nas férias de verão e as autoridades garantem que é seguro rumar ao Algarve, o destino de eleição para desfrutar do calor e dos passeios à beira-mar.

O Turismo do Algarve elaborou um documento com recomendações para todas as unidades hoteleiras, restaurantes, cafés, campos de golf e até para as praias, de forma a assegurar que todos se sentem seguros durante o período de descanso. Manual de boas práticas — Algarve Clean & Safe é o nome destas recomendações, divulgado esta semana, e que já está a ser levado a cabo para que todos tenham a confiança necessária para rumar ao sul.

Leia ainda: Passe férias seguras com a sua família no Ondamar Hotel

Nos hotéis, por exemplo, todos os colaboradores já receberam formação para que nada falhe nas normas de segurança. A higienização das mãos várias vezes ao dia é fundamental, a etiqueta respiratória também, mas há mais! «Alterar a frequência e a forma de contacto entre os trabalhadores e entre estes e os clientes, evitando (quando possível) o contacto próximo, apertos de mão, beijos, postos de trabalho partilhados, reuniões presenciais e partilha de comida, utensílios, copos e toalhas», pode ler-se neste manual.

Os funcionários das unidades hoteleiras estão obrigados a monitorizar a febre duas vezes ao dia, e estar atentos a sintomas, como tosse ou falta de ar. A limpeza e o tratamento de roupa nos estabelecimentos também tem novas regras e o estabelecimento disponibilizará todos os equipamentos de segurança aos trabalhadores. Os hotéis terão também um local próprio para isolar pessoas (funcionários ou clientes) que tenham algum sintoma relacionado com a Covid-19.

Algarve pronto para umas férias em segurança

No que diz respeito a piscinas e Spa/áreas wellness, todas as medidas de higienização estão também asseguradas. Por exemplo, «a desinfeção do jacuzzi (sempre que exista) é feita regularmente com o despejo de toda a água, seguido de lavagem e desinfeção; posteriormente é enchida com água limpa e desinfetada com cloro na quantidade adequada», avança o manual.

O hotel Ondamar, em Albufeira, por exemplo, reabre já a 1 de junho e é um dos muitos que se adaptou aos novos tempos. Para garantir a segurança dos seus hóspedes, alterou as suas rotinas de limpeza, implementado muitas outras. Esta unidade hoteleira já tem o selo Clean & Safe, obrigatório pelas autoridades e que reforça a confiança dos portugueses na sua segurança.

Restaurantes e cafés

Para restaurantes e cafés, as normas também foram adequadas ao momento que vivemos. Tal como nos hotéis, os funcionários já foram instruídos das novas regras e são obrigatórias todas as medidas de limpeza e desinfeção do espaço e de todos os utensílios.

«A lavagem das mãos deve ser efetuada à entrada e à saída do estabelecimento, antes e depois das refeições, depois de atividades de grupo (como reuniões) e de idas à casa de banho», diz o manual sobre os clientes dos espaços, sublinhando ainda que todos os restaurantes e cafés devem ter afixadas estas regras em espaços visíveis.

«Reforce junto dos seus colaboradores as boas práticas de higiene e segurança alimentar que devem ser cumpridas em toda a fase de preparação e confeção, dando especial importância à lavagem das mãos, à manipulação e armazenamento dos alimentos e à sua correta confeção», pode ler-se também no documento. Também estes estabelecimentos terão uma sala de isolamento para eventuais casos suspeitos da Covid-19. Os restaurantes com serviço take-away também estão obrigados a cumprir as regras deste documento, nomeadamente a higiene, os pagamentos preferenciais por cartão e as embalagens adequadas ao serviço.

Praias mais seguras

As praias são uma das principais preocupações dos portugueses nesta altura do ano, mas o Governo também já instituiu medidas para prevenir o contágio do novo coronavírus, «O primeiro passo é criar sinalética que seja visível aos utentes no seu primeiro ponto de contacto, de forma clara, sobre o que se espera dos mesmos para a sua própria segurança, bem como os requisitos obrigatórios, de acordo com as recomendações da Direção Geral da Saúde», diz o documento oficial.

«Utilização de máscaras, chinelos nos acessos à praia e áreas comuns, respeitando as distâncias implementadas de segurança (nos acessos, areal, idas à água etc.), estarem munidos de produto desinfetante individual» são algumas das normas. «Evitar circulações desnecessárias e permanência nos passadiços elevados e do areal», diz ainda o manual, alertando também para a necessidade do distanciamento social ser cumprido por todos.

«Garantir que o posto de socorro está devidamente equipado com os materiais exigidos por lei e preparado para receber um eventual caso suspeito de COVID-19» e ainda quem «identifique o caso deverá comunicar o mesmo ao nadador-salvador mais próximo».

Em relação aos equipamentos de sombra, é obrigatório «aumentar o espaço entre eles para manter as normas de distanciamento social», num mínimo de três metros entre cada um. «Espreguiçadeiras, colchões e outros equipamentos balneares deverão ser limpos diariamente aquando da montagem diária dos mesmos e no decorrer do dia sempre que se registe a mudança de utente».

Jogar golf em segurança

O Golfe é uma das modalidades mais procuradas pelos turistas no Algarve, região do país que oferece as melhores condições para a prática. E também os golfistas podem estar descansados, que todos os estabelecimentos dedicados a este desporto estão empenhados em manter a segurança dos clientes.

Este manual emitido pelo Turismo do Algarve também prevê várias normas para esta área. «Cada campo deverá definir, comunicar e publicitar ampla e localmente, o conjunto de medidas de proteção adotadas, de acordo com as respetivas características específicas e com as condicionantes arquitetónicas de cada espaço e adotar corredores de circulação, devidamente sinalizados, para facilitar o acesso, circulação e presença dos diferentes tipos de utentes», pode ler-se.

O Hotel Ondamar, em Albufeira, oferece as melhores condições para a prática de Mini-Golfe

«Devem ser adotadas as medidas que assegurem, em todos os locais, uma distância mínima de dois metros entre pessoas ( jogadores e colaboradores) e tornem viável a permanência em segurança dos jogadores, pelo período temporal estritamente necessário à solicitação e consequente prestação do serviço e/ou aquisição dos produtos», diz ainda o documento, sublinhando também o facto de todos os pagamentos deverem ser feitos através de cartões de débito e/ou crédito, MBWay ou soluções similares.

Mais uma vez, o Hotel Ondamar, em Albufeira, oferece as melhores condições de segurança para a prática de Mini-Golfe. Com um ambiente e instalações únicos no país, os praticantes podem descontrair com família e amigos, mantendo a distância necessária, enquanto treinam as suas tacadas e aperfeiçoam o seu jogo neste campo que inclui 18 buracos.

Partilhar Artigo

Top