Koh Tao: Quando o paraíso se torna a «ilha da morte»

Koh Tao: Quando o paraíso se torna a «ilha da morte»

Koh Tao: Quando o paraíso se torna a «ilha da morte»

Artigo de Redação

Quando idealizamos uma viagem achamos que teremos mais uma história para contar, mas nem sempre assim é. Se está a pensar em ir a Koh Tao (Ilha da Tartaruga), não se encante apenas pelas paisagens deslumbrantes que deixam qualquer um apaixonado. É que por detrás deste paraíso está uma lista de mortos que fazem com que este local seja designado como «Ilha da Morte».

Com cerca de 13 quilómetros quadros, este lugar fica no Golfo da Tailândia, próximo de Koh Samui e de Koh Phangan, onde decorrem as famosas festas da lua cheia.

As misteriosas mortes na ilha

Nos últimos três anos morreram, misteriosamente, sete turistas nesta ilha. A última foi Elise Dallemange, uma mulher de 30 anos, de nacionalidade belga, que foi encontrada sem vida no meio da floresta; enforcada e alegadamente comida por lagartos. Ao que consta, Elise estava há cerca de dois anos num retiro espiritual.

Mas esta belga foi apenas o último mistério de Koh Tao. Um dos casos mais badalados foi o de dois britânicos, na casa dos 20 anos, que terão sido brutalmente assassinados na praia, quando caminhavam em direção ao hotel. Segundo se diz, Hannah terá sido violada antes de falecer.

Outros casos ficam na história deste paraíso que se tem tornado um verdadeiro inferno. Em 2016, um jovem de 26 anos foi encontrado morto na piscina do hotel. Em 2015, uma inglesa de 23 anos, também foi encontrada sem vida, sendo que a autópsia revelou que a jovem tinha misturado álcool e antibióticos.

No mesmo ano, um turista francês, de 29 anos, foi encontrado morto no bungalow, e na passagem de 2013 para 2014, um outro jovem caiu de uma falésia, tendo morte imediata.

Mas a juntar a todos estes mistérios – em que na maioria, as autoridades garantem estar perante casos de suicídio -, há ainda o caso de Valentina Novozhyonova, que está desaparecida desde março de 2017.

As curiosidades de Koh Tao

Nesta ilha vivem cerca de 2 mil pessoas e Koh Tao tem sido procurada, acima de tudo, por jovens na casa dos 20 anos que gostam de praticar mergulho, caminhada e escalada.

Percorra a nossa galeria e veja as imagens idílicas deste local que, aparentemente, tem tudo para ser um paraíso, mas vive «assombrado» com os mistérios das mortes e desaparecimento de turistas.

< >

Partilhar Artigo

Top