Porto Santo vai ser novamente a “Capital Mundial do Atum”

Porto Santo vai ser novamente a “Capital Mundial do Atum”

Porto Santo vai ser novamente a “Capital Mundial do Atum”

Artigo de Redação

O “Festival Rota do Atum” está de volta à ilha de Porto Santo. Será entre os dias 4 e 9 de junho que a ilha madeirense vai ser a “Capital Mundial do Atum”, com um evento centrado neste iguaria que conta com uma presença forte nas águas atlânticas que banham o Arquipélago da Madeira.

< >

Esta segunda edição contará com um concurso gastronómico, showcookings, tertúlias, música, fotografia, dança e workshops diversos, para além da oportunidade de se realizarem visitas aos atuneiros, acompanhadas por pescadores, que farão da Madeira o centro das atenções gastronómicas e do atum o prato principal.

Outro dos motivos de interesse da edição deste ano é a presença do chef finalista do Masterchef Austrália em 2018, Ben Borsht, que se vai fazer acompanhar por outro nomes importantes da cozinha, como José Cordeiro, embaixador da edição deste ano, o chef Manuel Santos, da equipa residente do Festival, o prestigiado chef português António Vieira, o espanhol José António Goye, o italiano Carmine Basile, o fancês Yves Gautier e ainda os japoneses Hirotoshi Ogawa e Shinya Koike.

A entrada é livre

O concurso gastronómico, designado de “O Atum é a Estrela”, promete ser um dos momentos altos do evento. Aberto a profissionais de cozinha com restaurantes em Porto Santo, o concurso irá eleger os três melhores cozinheiros. Este ano, como novidade, além da categoria “Profissionais” haverá também a categoria “Restaurantes”.

A entrada no festival é livre. Os menus de almoço terão um preço fixo de 20 euros e os de jantar 25 euros. Quanto às propostas gastronómicas, o Festival assegura diversidade e riqueza na apresentação do atum – desde os pratos mais típicos ou simples, até às opções e sabores mais arrojados e inovadores.

Bruno Martins, diretor-geral da unidade hoteleira Vila Baleira Resort, promotora do evento, quer que “o atum seja a verdadeira estrela no palco das atenções gastronómicas”. Assumiu esta iniciativa como “forma de divulgar a iguaria mas, também impulsionar a promoção da ilha, do turismo e da economia local”. Em simultâneo, e com uma iniciativa realizada em junho, há o propósito de contrariar a sazonalidade turística.

Percorra a galeria e veja um pouco daquilo que pode esperar da segunda edição do  “Festival Rota do Atum”.

< >

Partilhar Artigo

Top