Arcos de Valdevez, uma vila histórica com boa gastronomia e em comunhão com a natureza

Arcos de Valdevez, uma vila histórica com boa gastronomia e em comunhão com a natureza

Arcos de Valdevez, uma vila histórica com boa gastronomia e em comunhão com a natureza

Artigo de André Cruz Martins

Arcos de Valdevez é uma bonita vila raiana localizada no distrito de Viana do Castelo. Situada no Vale do Vez, apresenta as características habituais das terras minhotas, nomeadamente vegetação luxuriante, arquitectura majestosa e paisagem deslumbrante. É ainda local de pontes medievais, interessantes atrações turísticas com muita história e gastronomia magnífica. Venha connosco à descoberta desta magnífica vila.

A ponte centenária e o majestoso Santuário

A nossa visita começa no centro da vila e na ponte centenária que atravessa o rio Vez e une os dois lados da vila. Apesar de ter sido finalizada em 1880, esta construção aproveitou outra ponte que remontava ao período românico. A ponte foi construída em granito, sendo constituída por quatro arcos redondos e com um tabuleiro reto com a guarda, igualmente em granito. Foi a antiga ponte, essencial para a existência da feira local, que esteve na base do desenvolvimento histórico e económico de Arcos de Valdevez.

Leia ainda: 7 parques aquáticos para passar um dia em família

Outra atração a não perder é o Santuário de Nossa Senhora da Peneda, na freguesia de Gavieira. O santuário foi construído entre os finais do século XVIII e o terceiro quartel do século XIX. Em frente da igreja encontra-se o Escadório das Virtudes com estátuas representando a Fé, a Esperança, a Caridade e a Glória, datado de 1854.

O Mosteiro de Ermelo e o Paço de Giela

Há mais dois locais históricos que não deve perder. Comecemos por nos referir ao Mosteiro de Ermelo, na freguesia com o mesmo nome e que está classificado como Monumento Nacional desde 1977. O que resta do mosteiro constitui um dos melhores representantes da arte românica na região do Minho. Outro monumento de destaque é o Paço de Giela, que oferece uma vista fantástica sobre o vale e as terras do Vez. No interior, tem um pequeno museu que fornece informação sobre a história de Arcos de Valdevez.

Os 32 quilómeros deslumbrantes da Ecovia do Vez

A região de Arcos de Valdevez vive em comunhão com a natureza. E para tirar partido dela, nada melhor do que percorrer os 32 quilómetros da Ecovia do Vez, ao longo do Rio Lima e do Rio Vez. Começa em Arcos de Valdevez e termina na aldeia de Sistelo, em pleno Parque Nacional Peneda Gerês.

A Ecovia do Vez divide-se em três etapas principais. Pode optar por fazer o percurso completo, que tem a duração de cerca de seis horas a pé, a velocidade moderada. Se pretende realizar apenas uma etapa, recomendamos a última, que liga a aldeia de Vilela à aldeia do Sistelo. Pelo caminho, aprecie a paisagem luxuriante deslumbrante, igrejas, casas senhoriais e pontes medievais. E também pode banhar-se em praias fluviais. Se preferir, cumpra o percurso de bicicleta.

Os melhores restaurantes

A gastronomia minhota tem a (justa) fama de ser uma das melhores de Portugal. Rojões, bacalhau à minhota, papas de serrabulho, vitela barrosã e aletria são alguns dos pratos típicos. O restaurante Costa do Vez, na Quinta de Silvares, é um dos melhores representantes da gastronomia local.

Veja também: Em Porto Santo há vida além das praias incríveis

Para além dos pratos já referidos, destaca-se o bacalhau à lagareiro no forno e o cabrito assado. E há grande variedade de peixe fresco, que chega das lotas de Matosinhos e da Póvoa de Varzim. O restaurante O Espigueiro do Soajo, na aldeia do Soajo, é outro local para nos perdemos pelos sabores minhotos. O anho e o cabrito assados em forno a lenha, o arroz de cabidela e os nacos de vitela barrosã são algumas das especialidades. Como sobremesa, peça o leite creme.

Onde ficar alojado

Para pernoitar em Arcos de Valdevez, sugerimos o Moinho do Ázere, que aproveita as instalações de um antigo moinho. Trata-se de um alojamento de turismo rural, localizado em Caminhos dos Fornos Aldeia. Dispõe de uma cozinha totalmente equipada com máquina de lavar louça e uma casa de banho privada com banheira e secador de cabelo. Também providencia comodidades para churrascos e distingue-se principalmente pelo amplo jardim, ideal para relaxar. Preços a partir de 85 euros para quarto duplo, independentemente de ser época baixa ou alta.

Percorra a galeria e veja algumas fotos de Arcos de Valdevez.

  • Arcos de Valdevez, uma vila histórica com boa gastronomia em comunhão com a natureza
  • Arcos de Valdevez, uma vila histórica com boa gastronomia em comunhão com a natureza
  • Arcos de Valdevez, uma vila histórica com boa gastronomia em comunhão com a natureza
  • Arcos de Valdevez, uma vila histórica com boa gastronomia em comunhão com a natureza
  • Arcos de Valdevez, uma vila histórica com boa gastronomia em comunhão com a natureza
  • Arcos de Valdevez, uma vila histórica com boa gastronomia em comunhão com a natureza
  • Arcos de Valdevez, uma vila histórica com boa gastronomia em comunhão com a natureza
  • Arcos de Valdevez, uma vila histórica com boa gastronomia em comunhão com a natureza
  • Arcos de Valdevez, uma vila histórica com boa gastronomia em comunhão com a natureza
< >

Partilhar Artigo

Top