Ericeira: a vila do surf, dos alojamentos originais e do melhor marisco perto de Lisboa

Ericeira: a vila do surf, dos alojamentos originais e do melhor marisco perto de Lisboa

Ericeira: a vila do surf, dos alojamentos originais e do melhor marisco perto de Lisboa

Artigo de André Cruz Martins

A Ericeira, situada a pouco mais de meia hora de Lisboa, destaca-se pela boa gastronomia e pelos alojamentos originais e relativamente baratos. No entanto, as suas magníficas praias, indicadas para a prática do surf, continuam a constituir o cartão de visita desta vila piscatória, a única reserva mundial europeia desta modalidade desportiva.

A Praia de Ribeira d’Ilhas é a zona balnear mais a norte da freguesia da Ericeira. É palco de múltiplas provas nacionais e internacionais de surf. Está situada num vale onde desagua a ribeira que lhe dá o nome e a sua configuração geográfica é a de um anfiteatro natural, com as arribas altas funcionando como miradouro.

Leia ainda: Albânia, a histórica Tirana, as praias incríveis e os pratos típicos

Já a Praia dos Coxos, mais pequena do que a Ribeira d’Ilhas, é banhada por águas muito límpidas e abrigada do vento norte. Localiza-se numa ampla baía virada a Oeste. Entre o mar e a falésia íngreme, na zona sul, possui um pequeno areal entrecortado por formações rochosas que fica imerso durante o período da maré cheia.

Onde ficar

A Ericeira destaca-se pelos alojamentos originais e relativamente baratos. No Eco Sound Resort, um alojamento ecológico e autossustentável, pode dormir num barril de vinho gigante. Isto porque três barris transformaram-se em dois quartos duplos independentes equipados com LCD. Contam também com uma cozinha partilhada, uma zona de refeições ao ar livre e uma casa de banho envidraçada, em completa comunhão com a natureza. Trata-se de um espaço tranquilo. Com uma piscina biológica, rodeada por seis casas de madeira, no coração da Ericeira, voltado para o mar, mas numa zona privativa. Quartos duplos desde 55 euros por noite.

Destacamos ainda o You and The Sea, uma mistura de hotel com apartamento. Aqui vive-se a proximidade com o mar, a praia, a natureza e cultura. Localizado em plena Praia do Sol, dispõe de 36 apartamentos com serviço de hotel, com tipologias entre estúdio e o T5. É ideal para quem procura uma experiência relaxada à beira-mar, mas com os confortos da vida citadina. T0 para dois desde 120 euros por noite, com pequeno-almoço incluído.

Onde comer

A Ericeira é conhecida pelos excelentes restaurantes de peixe e marisco. Um dos seus melhores representantes gastronómicos é o Esplanada Furnas, que para além da qualidade das refeições oferece uma magnífica vista ao pôr do sol. Situado no rochedo onde estão as furnas, proporciona um olhar único sobre a praia e o oceano. Tudo num ambiente muito descontraído, como de resto é habitual na maioria dos restaurantes da zona. O preço médio por pessoa é de 30 euros.

Veja também: 10 instagramers portugueses que nos fazem viajar sem sair do sofá

Na Marisqueira Mar à Vista, na Praia dos Pescadores, nem sempre é fácil encontrar mesa, dada a sua pequena dimensão. No entanto, garantimos que a espera vale a pena. Para além dos mariscos, não podemos deixar de fazer referência às fantásticas massadas, à açorda e à cataplana, pratos sempre servidos com abundância. Este restaurante nem sequer tem pratos de carne. O preço médio por pessoa é de 25 euros.

No Fides Tua, no centro da vila, existe uma excelente alternativa ao peixe e ao marisco. Não que eles estejam ausentes da ementa, mas pratos como o hummus com beterraba e avelã ou a bochecha de porco preto com migas e grelos são muito apreciados. Preço médio por pessoa de 20 euros. Na pastelaria Pãozinho das Marias é possível provar alguma da melhor doçaria da zona, sendo conhecida pelos magníficos pastéis de nata.

O que visitar

Num passeio pela Ericeira, se é apreciador de vinhos, não deixe de visitar a Manzwine. É uma loja boutique da produtora de vinhos com o mesmo nome. Já tem 11 rótulos diferentes, exportando para países como o Brasil, China, EUA, Reino Unido, Canadá, Japão, Suíça e Polónia. Na loja Cesteiro encontra chapéus de todas as formas e feitios, cadeirões de vime, abat-jours, malas e alcofas. E no Mercado Municipal está disponível todo o tipo de fruta, legumes e peixe, sempre frescos.

Para passear, recomendamos o Parque de Santa Marta, com zonas verdes com vista para o mar, ringue de patinagem, campos de ténis, esplanadas, parque infantil e ginásio. Se quiser passar uma noite de farra, obviamente que o melhor é ir ao Ouriço. A velhinha discoteca da vila encantou gerações e continua a ser local de passagem obrigatória.

< >

Partilhar Artigo

Top