5 destinos românticos com poucos turistas para visitar na Europa

5 destinos românticos com poucos turistas para visitar na Europa

5 destinos românticos com poucos turistas para visitar na Europa

Artigo de André Cruz Martins 17-12-2019

17-12-2019


Gostaria de passar alguns dias em romance no estrangeiro, num local com poucos turistas? A “Matador Network” escolheu alguns dos os melhores destinos para cumprir essa premissa. Se seguir estas sugestões, vai poder desfrutar de praias sem música alta ou crianças aos berros. E ainda de paisagens montanhosas deslumbrantes, tal como de restaurantes sem filas. Poderá pois relaxar com toda a tranquilidade com a sua cara-metade.

Donegal (República da Irlanda)

A região de Donegal, na província do Ulster, tem florestas luxuriantes e quilómetros de zona de costa. A melhor época para a visitar é entre novembro a março, quando os turistas locais fazem as malas e partem. Os bares estão vazios e encontrará hotéis a preços acessíveis. Mas se quiser o expoente da paz e da tranquilidade, escolha uma casa de pedra com vista para a montanha. Não deixe de visitar o imponente Castelo Glenveagh.

Kosice e as Montanhas Tatra (Eslováquia)

É raro avistar-se turistas em Kosice, a maior cidade do leste da Eslováquia. O que não deixa de ser surpreendente, pois trata-se de um destino muito bonito, com comida e cerveja muito baratas A zona histórica tem edifícios barrocos e góticos e a maioria dos principais pontos turísticos está concentrada na rua principal. Pode ainda alugar um carro e dirigir-se até às vizinhas Montanhas Tatra. A melhor época para o fazer é no final da primavera, quando a neve derrete e as montanhas se enchem de flores silvestres.

Ilhas Faroé

As 18 pequenas e isoladas Ilhas Faroé, território autónomo sob a coroa dinamarquesa, localizam-se no Atlântico Norte, entre a Islândia e a Noruega. No conjunto de todas as ilhas existem apenas três semáforos, todos localizados na capital de Tórshavn. Há mais ovelhas (80 mil) do que pessoas (50 mil) no arquipélago e elas passeiam-se livremente pelas estradas. Algumas ilhas têm acesso através de pontes ou túneis, outras só de ferry ou helicópetro.

Leia ainda: O Círculo do Diamante, na Islândia, tem lagos incríveis, vulcões e a cascata com mais força da Europa

As Faroé são o cenário ideal para uma road trip, devido às suas estradas íngremes, cenários naturais de cortar a respiração e falésias imponentes. Local obrigatório de passagem é a idílica aldeia de Saksun. Fica na zona norte da ilha Streymoy, destacando-se pelo fantástico lago magnífico que faz fronteira com o oceano.

Cauterets (Alpes Franceses)

A primavera ou o outono são a melhor época para visitar a vila de Cauterets, nos Alpes Franceses. A neve já derreteu e por isso os esquiadores e as famílias que aqui fazem férias já regressaram a casa. Poderá percorrer trilhos nas montanhas e usufruir dos melhores lagos com toda a tranquilidade. As lojas e os bares encerram cedo e por isso parece que está numa vila-fantasma. Algo que não lhe deve fazer confusão, se está em busca de isolamento. Há no entanto dois excelentes restaurantes que abrem para o jantar. Delicie-se com fondue, queijo raclette e vinho e sem qualquer problema em reservar mesa para dois.

Favignana (Sicília)

Favignana é uma pequena ilha a 20 quilómetros da costa da Sicília. Aqui quase não há pessoas e o melhor programa é alugar uma bicicleta e passar o dia a parar em enseadas para dar mergulhos. Uma das praias mais bonitas é a de Cala Rossa. Tenha apenas o cuidado de trazer calçado, para o caso de pisar um dos espinhosos ouriços-do-mar que por ali se encontram. Esta ilha está praticamente desertas no final da primavera e no início do outono. Não a visite entre o fim de junho e o final de agosto, quando a multidão de turistas assenta arraiais.

Percorra a galeria e veja algumas imagens destes destinos românticos.

< >

Partilhar Artigo

Top