Portugueses pedem empréstimos para ir de férias!

Portugueses pedem empréstimos para ir de férias!

Portugueses pedem empréstimos para ir de férias!

Artigo de Redação 03-04-2018

03-04-2018


A percentagem de portugueses que concorda com pedidos de empréstimos para ir de férias está a aumentar.

De acordo com o relatório que a Intrum, empresa de Serviços de Gestão de Crédito, publica todos os anos, o European Consumer Payment Report, estudo que analisa o comportamento de pagamento dos consumidores a nível europeu.

Cerca de 14 por cento dos inquiridos concorda ser correto comprar uma viagem de férias através de crédito, recorrer a um plano de pagamento ou utilizando dinheiro emprestado. Uma subida significativa face a 2016, em que apenas 8% dos portugueses concordava com esta afirmação. Este aumento acompanha a perceção positiva que os inquiridos também demonstram em relação ao estado da economia portuguesa e à sua situação financeira.

Em 2016, o estudo da Intrum referia que os portugueses ao serem inquiridos sobre se a economia no seu país estava a melhorar, 16 por cento concordava que sim, enquanto em 2017 essa percentagem disparou com 46 por cento.Sobre a questão se a sua situação financeira pessoal estava a melhorar, o aumento foi igualmente evidente. Os 26 por cento dos portugueses que em 2016 concorda com esta afirmação, passam para 40 por cento que admitem melhorias em 2017.

 

Como pode poupar

Poupar dinheiro antecipadamente, é obviamente a melhor maneira de evitar empréstimos para férias, mas, se não for possível é importante seguir algumas regras.

Pagar as contas antes de ir de férias. Se deixar por pagar e recorrer a empréstimos para ir de férias, a situação poderá ser pior quando regressar.

Fazer um orçamento para as suas férias e mantenha-o consigo. Saber quanto pode gastar todos os dias e controlar esse valor.

Fazer um orçamento para o período após férias para se certificar de que pode pagar o empréstimo. Ter em mente que pagar um cartão de crédito em prestações pode ser mais caro do que outros empréstimos.

Procurar opções de viagem mais baratas. Talvez possa ficar com amigos noutro país, faça viagens Low cost, ou mesmo explorar a possibilidade de trocar casas com pessoas de outros países que desejam visitar o nosso país.

 

 

 

Partilhar Artigo

Top