Marselha, sinónimo de luxo e celebridades

Marselha, sinónimo de luxo e celebridades

Marselha, sinónimo de luxo e celebridades

Artigo de Redação

Na Idade Média, a cidade alargou as suas muralhas e foi dotada de construções religiosas importantes, como a abadia de Saint?Victor, fundada no século V, ou a Catedral Notre Damede la Major, cuja edificação data do século XII. No início do século XVII, Luís XIV ordenou a construção do arsenal das galeras e, assim, a cidade transpôs a Canebière (artéria principal da cidade) e abriu ruas rectilíneas, onde foram erigidos belos hotéis.

< >

Desde o primeiro terço do século XIX, empreenderam?se obras monumentais, tais como a escavação do canal de Marseille (para trazer água à cidade), ou a estação para acolher a linha ferroviária Paris?Lyon?Mediterrâneo, em 1848. Grandes avenidas foram construídas por ocasião da abertura do novo porto de comércio, parecidas com as de Paris. A cidade entrara num período glorioso e faustoso de construções, como a da Nossa Senhora de la Garde, do Palácio de la Bourse ou do Palácio Longchamp.

No início do século XX, a vida trepidante de Marselha concentrou?se na actividade portuária da Canebière. Nesta famosa avenida reina uma intensa animação graças aos grandes cafés da época, famosos por serem os mais belos do Mundo, e onde se encontram inúmeros negociantes e armadores. Encontram?se aí também grandiosos hotéis de luxo, onde pernoitam personagens célebres, provindas do mundo político, económico e artístico.

Após a destruição dos bairros antigos, durante a Segunda Guerra Mundial, a cidade é privada de uma parte do seu património. A margem norte do Vieux Port será inteiramente reconstruída na década de 50.

A época contemporânea apegou?se à reabilitação de edifícios antigos, tais como os Docks (antigos entrepostos) e a antiga fábrica de tabaco. Marselha solicitou os serviços de grandes arquitectos para construir a cidade, tais como Zaha Hadid, Jean Nouvel ou Massimiliano Fuksas.

Gastronomia

Os marselheses apreciam as coisas simples: o quadro de vida, cujo clima é ideal, a proximidade do mar e a riqueza aromática ao alcance da mão influenciaram, naturalmente, a gastronomia regional. Assim, a base da cozinha é composta de produtos frescos da região provençal (tomate, curgete, beringela, pimento e funcho) e de uma grande variedade de peixes. Cada artista exprime uma maneira de combinar todos estes ingredientes com os condimentos (alho, tomilho, alecrim, segurelha, alecrim, cebolinha e, evidentemente, azeite!). As trocas, com o Mediterrâneo, através da actividade portuária da cidade, enriqueceram a cultura local de especiarias e de sabores do Mundo inteiro. Os restaurantes tradicionais e internacionais seguem lado a lado e não é raro que as grandes mesas enfeitem as receitas típicas com tonalidades exóticas.

Compras

Existem boas opções de lojas de antiguidades, que se localizam nas imediações da Mairie, no centro de Marselha, sobretudo nas ruas Edmond Rostand, Sylvabelle e Saint Jacques. Na Corte Julien ocorre, no segundo sábado de cada mês, uma feira de livros antigos, e no segundo domingo, uma feira tradicional de objectos raros.

A região de Le Panier é a melhor para os amantes das artes e do artesanato. É repleta de ateliers de pintores, escultores e diversos artesãos; não faltam opções para as compras.

No que diz respeito à moda, logo no centro, a Paradis é a rua das lojas de grife. Se lá estão as marcas mais famosas do Mundo, bem perto dali, na Corte Julien, existem ateliers de artistas franceses, os quais prometem um estilo único, tanto nas peças que constam nos mostruários como nas feitas sob encomenda. Na Rue de La Mode, logo ao lado, surgem boutiques de estilistas marselheses.

< >

Guia do viajante

Onde ir

Abadia Saint?Victor
Basílica Notre?Dame de La Garde
Castelo de If
Château Pastré
Corniche Président John Fitzgerald Kennedy
L’Estaque
Porto Velho de Marselha
Palácio Longchamp
Palais de la bourse
Palais du Pharo
Estádio Vélodrome
Unité d'Habitation de Marseille
Vallon des Auffes
Le Panier
Musée Grobet-Labadié
Muséum d'histoire naturelle de Marseille
Musée des Docks Romains
Museu de Arqueologia Mediterrânica
Museu Cantini
Museu da História de Marselha e Jardim de Vestígios
Museum of Contemporary Art
Museu da Marinha e da Economia
Adagio Marseille Prado Plage

Onde comer

Le Petit Nice Passedat
Restaurant La Côte de Bœuf
Toinou
L’ Epuisette
La Broceliande
Cours Julien
La Caravelle
Les Trois Forts
Chez Fonfon

Onde ficar

Aparthotel Adagio Access Marseille Saint Charles
Radisson Blu Hotel Marseille Vieux Port
Aparthotel Adagio Marseille Vieux Port
Holiday Inn Express Marseille Saint Charles
Hôtel Escale Oceania Marseille Vieux Port
Hôtel BelleVue Marseille
Hotel Suite Affaire Cannes Vieux-port
Aparthotel Adagio Access Marseille Prado Périer
Hotel Terminus Saint?Charles

Clima

Marselha possui um clima mediterrânico, com Invernos moderados e Verões de moderados a quentes e secos. A temperatura média anual é de 15º.

Documentos

Basta levar o Cartão de Cidadão e convém também levar o Cartão Europeu de Seguro de Doença.

Outras Informações

Moeda Euro Idioma Francês Diferença horária Fuso horário padrão: UTC/GMT +1 hora

Partilhar Artigo

Top