Os parques naturais do Brasil que não pode deixar de visitar

Os parques naturais do Brasil que não pode deixar de visitar

Os parques naturais do Brasil que não pode deixar de visitar

Artigo de Redação 08-09-2022

08-09-2022


No país com a maior biodiversidade do mundo, é imperativo que os parques naturais e o ecoturismo tenham um lugar de destaque em qualquer guia de viagem. O Brasil possui, atualmente, mais de 70 parques nacionais protegidos, visando a preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica. Isso possibilita a realização de pesquisas, desenvolvimento de educação ambiental, contato com a natureza e, claro, turismo ecológico.  A  Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo dá a conhecer alguns parques nacionais a não perder no Brasil.

Parque Nacional Chapada Diamantina, Bahia

Situado no centro do Estado brasileiro da Bahia, o Parque Nacional Chapada Diamantina é uma região de serras onde nascem os rios das diversas bacias do Estado. O parque nacional é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – Icmbio. Foi criado em 1985 com o intuito de preservar os ecossistemas da Serra do Sincorá e conservar as suas nascentes, especialmente a do principal rio baiano, o Paraguaçu. Todos os anos, diversas novas espécies de plantas e animais são descobertos na região.

Leia ainda: Brasil eleito o melhor destino de aventura do mundo, Portugal em nono lugar

No parque, pode experienciar diversas atrações. O Morro do Pai Inácio é um dos principais pontos a visitar. Com a vista mais cobiçada da região, o Morro tem 1.050 metros de altitude e do topo pode observar os 1.520 quilómetros quadrados do parque Nacional da Chapada Diamantina. A Cascata da Fumaça é outra experiência a não perder no parque. É a segunda maior cascata do Brasil, com 380 metros de queda e é acessível por um trilho de duas horas até ao topo.

Parque Nacional Chapada dos Veadeiros, Goiás

Criado em 1961, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros está localizado no Estado de Goiás, a poucos quilômetros da Capital Brasília. Com uma área de mais de 240 hectares, o parque é um local com uma biodiversidade única. O parque foi declarado Património Natural da Humanidade pela UNESCO em 2001 devido às suas espécies e formações vegetais únicas, centenas de nascentes, cursos de água e rochas com mais de mil milhões de anos.

O turismo não é o único propósito do parque, que também abriga a investigação científica e a educação ambiental. No entanto, os visitantes podem experienciar diversas oportunidades para relaxar como o Vale da Lua, onde pode explorar o conjunto de formações rochosas que remetem para crateras lunares ou o Jardim de Maytrea, que oferece uma vista panorâmica do local e onde pode observar o famoso Morro da Baleia. A região é rica em cristais e considerada por muitos como um portal único onde é possível ter experiências místicas e inesquecíveis.

Parque Nacional da Tijuca, Rio de Janeiro

Situado no Rio de Janeiro, o Parque Nacional da Tijuca é o parque nacional mais visitado do Brasil. Conhecido pelos seus trilhos e estradas, o parque divide-se em três setores, o Setor Floresta, o Setor Serra da Carioca e o Setor Pedra Bonita e Gávea. O Setor Floresta, também conhecido como Floresta da Tijuca, oferece locais privilegiados de recreação para aproveitar o dia com amigos, família e com as crianças. Também é aqui que se concentram variados trilhos para o público conhecer, sendo os dois principais circuitos: o trilho dos picos e o trilho do vale histórico, além destes, pode encontrar aqui parte do maior trilho urbano do Brasil, a Transcarioca.

Leia ainda: Bocas del Toro, o Panamá das praias fantásticas é uma “mini Ibiza” de noite

Conhecida por ser a serra mais charmosa do Rio de Janeiro, o Setor da Serra Carioca é onde estão localizados os pontos mais icónicos da cidade e uma das sete maravilhas do mundo moderno, o Cristo Redentor, no topo do Morro do Corcovado. As cascatas do Horto, o Parque Lage e a Trilha Transcarioca são outros locais imperativos para os visitantes desta serra. O Setor Pedra Bonita e Gávea está localizado entre os bairros de São Conrado, Barra da Tijuca e Alto da Boa Vista. Este setor do parque é o mais conhecido pelas opções de aventura e desporto que oferece aos visitantes, tais como escalada, trilhos, voo de asa delta e parapente numa das rampas mais famosas do mundo, a Pedra Bonita. Este setor também abriga a imponente Pedra da Gávea, que tem mais de 800 metros de altitude.

Parque Nacional Foz do Iguaçu, Paraná

O Parque Nacional Foz do Iguaçu é uma área protegida do Brasil, administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. O parque alberga uma das atrações mais conhecidas do Brasil, as Cataratas do Iguaçu. Em 1986, o parque recebeu a distinção de Património Natural da Humanidade pela UNESCO. Para além das Cataratas, os visitantes do Parque Nacional Foz do Iguaçu podem visitar a imensa área verde de fauna e flora que cobre os 185 mil hectares do parque.

Percorra a galeria e veja mais fotos dos parques naturais do Brasil.

< >

Partilhar Artigo