Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia

Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia

Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia

Artigo de André Cruz Martins

A Cornualha é uma região pouco falada a nível internacional mas que merece sair do anonimato. Trata-se de um condado que fica no sudoeste de uma península da Inglaterra e faz fronteira a norte com o Oceano Atlântico e a sul com o Canal da Mancha.

  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
< >

A região distingue-se pelas belas praias, jardins e paisagens e, surpreendentemente, pela boa gastronomia, algo que teríamos dificuldade em associar a qualquer local no Reino Unido. A apenas 120 quilómetros de Londres, demora apenas cerca de uma hora a lá chegar de combóio desde a capital de Inglaterra.

As praias paradisíacas

Na Cornualha existem grandes praias com águas azul-turquesa que até fazem lembrar destinos nas Caraíbas, embora com um importante “pormenor”: a temperatura da água é muito mais fria. Kynance Cove é uma das praias mais famosas e para além das areias brancas é possível parar num café chamado Kynance Cafe que tem sempre pão e scones quentes.

Leia ainda: Uma pérola italiana escondida no meio de um lago

Outra praia que merece destaque é a de Pedn Vounder, de difícil acesso mas cujo esforço para ser alcançada merece a pena. Está completamente isolada, quase parecendo uma ilha deserta.

Já Newquay é o destino preferido dos britânicos que buscam boas ondas para praticar surf. Na zona de St. Ives, apelidada de “Jóia do Sudoeste inglês”, existem praias paradisíacas como Porthmeor, Porthgwidden, Harbour e Porthminster.

As bonitas cidades de St. Yves e Penzance

Há boas razões para considerar St. Ives a “Jóia do Sudoeste inglês”. Trata-se da cidade mais turística de toda a Cornualha e, para além das praias, destaca-se pelas belas paisagens, ruelas cheias de lojas de souvenirs e pequenos cafés. Tem ainda uma oferta cultural surpreendente para uma cidade de tão pequena dimensão, destacando-se as suas galerias de arte, que atrarem muitos visitantes. A mais conhecida é a Galeria Tate.

Não deixe ainda de passar um dia na pitoresca pequena cidade de Penzance, à qual é possível aceder através de comboio direto de Londres. A sua atração mais famosa é o Monte St. Michael, uma espécie de miniatura do Mont Saint Michel da Normandia francesa. No topo, encontra-se um mosteiro do século V.

Os belos jardins

A Cornualha tem também lindos jardins. O mais conhecido é o enorme Eden Project, que abriga uma floresta tropical em cativeiro. Já o Jardim Botânico de Heligan está dividido em diferentes áreas temáticas, destacando-se os jardins produtivos, com mais de 300 variedades de frutas, legumes, ervas e saladas. E ainda os Pleasure Grounds, um local com vegetação exuberante, grandes árvores e enormes estátuas.

O Trebah Garden é um jardim subtropical com fantásticas vistas para o mar e acesso a uma praia isolada no Rio Helford. As espécies de plantas vão variando conforme a época do ano, mas a estação mais bonita é a Primavera, com magnólias e camélias.

A boa gastronomia

A Cornualha é possivelmente o destino britânico com melhor gastronomia. Entrou no mapa desde que Rick Stein abriu o seu restaurante Seafood em 1975 e desde então não mais deixou de crescer nesta área. O conhecido chef Nathan Outlaw tem um restaurante com o seu nome e duas estrelas Michelin em Port Isaac. E em Penzance, o The Shore, proprieade de Brunce Rennie e o Tolcarne Inn, de Ben Tunnifcluffe, são outras duas boas opções.

No entanto, não é só em restaurantes requintados que é possível ter uma boa refeição. Muitos estabelecimentos vendem o famoso pastel da Cornualha, tradicionalmente recheado com carne e batata. Hoje em dia, existe uma variedade de recheios alternativos, como frango e bacon ou maçã e queijo.

Por outro lado, peixe e marisco fresco não faltam em muitos dos restaurantes de praia.

Ao lanche, pode deliciar-se com o “cornish cream tea”, o habitual chá inglês servido com dois scones, natas batidas em chantilly e doce de morango.

Percorra a galeria e veja mais fotos desta magnífica região.

  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
  • Cornualha, a Inglaterra das praias paradisíacas e da boa gastronomia
< >

Partilhar Artigo

Top