Rio de Janeiro volta a encantar a UNESCO e ganha terceira nomeação

Rio de Janeiro volta a encantar a UNESCO e ganha terceira nomeação

Rio de Janeiro volta a encantar a UNESCO e ganha terceira nomeação

Artigo de Sofia Sérgio 22-01-2019

22-01-2019


O Rio de Janeiro é a primeira cidade a ser distinguida pela UNESCO, na categoria de capital mundial da arquitetura. Sendo assim a “Cidade Maravilhosa” passa a ser a sede do Congresso Mundial de Arquitetura e também ganha a terceira nomeação da UNESCO.

O destaque para o Rio aconteceu devido aos monumentos, de várias épocas, que existem por toda a cidade. Desde do Mosteiro de São Bento, aos Arcos da Lapa, feitos no época colonial, ao Cristo Redentor, século XX, ou até mesmo o Museu do Amanhã, que foi construído recentemente.

A escolha, feita por profissionais que avaliam o património histórico, arquitetos e outros especialistas, foi considerada fácil. Visto que é um reconhecimento merecido para a cidade que conta com uma história com mais de 450 anos. Com esta nomeação, feita por parte da UNESCO e pela União Internacional dos Arquitetos (UIA), a cidade irá receber um congresso mundial de arquitetos. Pretende reunir entre 15 mil a 20 mil especialistas da área, entre os dias 19 e 26 de julho de 2020.

Leia ainda: Lugares escondidos no Rio de Janeiro

Partilhar Artigo