Elephant Nature Park: um dia inesquecível no meio dos animais

Elephant Nature Park: um dia inesquecível no meio dos animais

Elephant Nature Park: um dia inesquecível no meio dos animais

Artigo de André Cruz Martins 24-04-2019

24-04-2019


Não apenas estar perto de elefantes, mas também conviver com estes adoráveis animais e ajudar a cuidar deles. Esta é a proposta do Elephant Nature Park, situado no norte da Tailândia, relativamente perto de Chiang Mai, a capital cultural e espiritual do país.

Este parque tem cerca de 45 elefantes e a maioria foi resgatado de alguma situação de risco ou de maus tratos. Ponto prévio: se procura assistir a espetáculos com os animais como se estivesse no circo ou andar em cima deles, este não é o lugar indicado para si.

Isto ao contrário do que sucede em muitos locais na Ásia, em que ainda é usual abusar destes animais, seja em circos ou em passeios organizados para turistas. No entanto, no Elephant Nature Park pode alimentá-los e aprender tudo sobre a história de alguns deles e como ali chegaram. A entrada no parque custa 2500 bath (69 euros).

Veja o vídeo:

Uma linda história de amor

Esta fantástica história de amor por animais começou quando Sangdeaun Lek Chailert, uma mulher nascida em 1961, começou a combater pelos direitos dos elefantes na Tailândia. Lutou para que eles tivessem mais proteção legal e começou a juntar num terreno pequeno alguns elefantes que salvara de situações de abuso. À medida que foi juntando mais animais, foi mudando para terrenos cada vez maiores, até chegar ao atual parque, de grandes dimensões.

Os bilhetes vendidos aos turistas são a principal fonte de receita de Sangdeaun Lek Chailert. Desse modo, consegue continuar a proporcionar uma boa vida aos elefantes. Só em comida, gasta cerca de 200 mil dólares por ano (177 mil euros). Neste parque também vivem centenas de cães, muitos dos quais que se perderam dos donos nas cheias de 2017. E também existem muitos búfalos.

Um elefante consome 200 a 300 quilos de comida por dia

Todo o trajeto no parque é percorrido com o acompanhamento de guias. Sabia que um elefante está a comer durante cerca de 18 horas por dia, necessitando ente 200 a 300 quilogramas, o correspondente a dez por cento do seu peso? E que os elefantes asiáticos são mais pequenos do que os africanos?

Os turistas têm de seguir algumas regras durante a sua visita ao Elephant Nature Park. Em primeiro lugar, seguir sempre o seu guia, que lhe vai dizendo quais os elefantes amigáveis e aqueles que não toleram contacto humano. Aproxime-se dos elefantes sempre pela frente e nunca chegue perto da comida deles. Ao alimentá-los, dê a comida na tromba e não na boca.

Leia também: Buenos Aires, a cidade mais elegante da América do Sul

E esteja sempre alerta para se movimentar rapidamente. Isto porque os elefantes são livres de andarem por onde quiserem e são sempre eles que têm prioridade. E nunca, mas mesmo nunca toque num elefante bebé, pois o mais provável é ter de enfrentar a raiva da sua mãe. Refira-se que para além dos visitantes diários, do staff de tratadores e de guias, o parque recebe voluntários do mundo todo. E aqui passam pelo menos uma semana, aprendendo e ajudando a tratar dos elefantes.

O que fazer em Chiang Mai

A cidade mais próxima do Elephant Nature Park é Chaing Mai, que fica a 75 quilómetros (cerca de uma hora e meia de carro). Maior cidade do norte da Tailândia, fica entre as montanhas mais altas do país, cortadas pelo Rio Ping. A cidade velha é cercada pelo que sobrou de uma muralha, com cinco portões, sendo o Thapae Gate o mais popular, recebendo festas locais e um mercado de rua ao fim de semana.

A cultura da cidade está intimamente ligada ao budismo. Na região encontram-se mais de 300 templos budistas, sendo que 120 estão na cidade velha. O mais famoso é o Wat Phrathat Doi Suthep, situado no topo de uma montanha e de onde é possível ver a cidade de Chiang Mai em toda a sua extensão.

O Four Seasons de Chiang Mai, a um quarto de hora do centro da cidade, é o alojamento mais luxuoso. Possui uma enorme piscina, spa e confortáveis bungalows com vista para os arrozais. Um quarto duplo fica a partir de 550 euros.

Quanto a restaurantes, sugerimos o Khao Soi Nimman, no bairro mais chique de Chiang Mai. Aqui vai provar o melhor Khao Soi’s de sempre. Trata-se do prato mais famoso no Norte da Tailândia e consiste num caldo de caril, coco e noodles fritos com camarão e carne de vaca ou frango. O preço médio por pessoa é de 5 euros.

Percorra a galeria e veja mais fotos do Elephant Nature Park.

< >

Partilhar Artigo

Top