Mónaco, no reino encantado de príncipes e princesas

Mónaco, no reino encantado de príncipes e princesas

Mónaco, no reino encantado de príncipes e princesas

Artigo de Redação

Fazendo costa com o mar Mediterrâneo, foi fundado em 1297 pela família Grimaldi – até hoje sua soberana –, possui, aproximadamente, uma área de 202 hectares e é o segundo menor Estado do Mundo. Localizado no Sul da França, na Riviera Francesa, erguido sobre um penhasco à beira do mar Mediterrâneo, o principado do Mónaco é o mais disputado e glamouroso “resort” do verão europeu.

Famoso paraíso fiscal frequentado por turistas, celebridades, pilotos de Fórmula 1 e grandes fortunas do mundo inteiro, os seus jardins, praias, ruas e sumptuosas construções repletas de histórias atraem milhares de visitantes, tornando-o no cenário perfeito de uma região que vive e respira turismo o ano inteiro.
O fascínio e a atração de Mónaco foram, sem dúvida, marcados pelo casamento do príncipe Rainier III com a atriz Grace Kelly, em 1956.

A história de conto de fadas dos príncipes aumentou o interesse de muitos turistas, que viajam para Mónaco todos os anos à procura de uma experiência única e emocionante.

Assim, visitar o palácio do Mónaco e conhecer um pouco mais da história da princesa Grace Rose Garden, em Fontvieille, é um bom começo para a sua viagem neste paraíso de luxo. De recordar que a princesa morreu num acidente de carro na costa de Monte Carlo. O roseiral foi inaugurado em 1984 pelo príncipe Rainer, em memória da amada esposa. Atualmente, acolhe cerca de quatro mil belíssimas roseiras.

Uma visita turística

O Mónaco pode ser visitado em qualquer altura do ano, pois tem cerca de 300 dias de sol por ano. Visitar o casino da Ópera de Monte Carlo, construída em 1863, é obrigatório. Aqui poderá conhecer belos salões, decorados com espetaculares vitrais, esculturas e pinturas.

Outra paragem é na residência da família Grimaldi – famosa pelas fotografias das tradicionais saudações dos balcões do palácio, nas festas nacionais –, construída numa antiga fortaleza levantada pelos genoveses em 1215. Pinturas do século XVI, uma chaminé do Renascimento na Sala de Trono, o Pátio de Honra e as suas escadas de mármore de Carrara do século XVII dão as boas-vindas ao turista no interior da família soberana, marcada pelas manchetes de jornais por causa
dos seus casamentos fracassados, mortes trágicas e escândalos.

A melhor forma de conhecer o Principado

Andar a pé é a melhor opção para conhecer o Principado, que dispõe de diversos elevadores, quase todos grátis, que ajudam os turistas a vencer os desníveis. Procure, por exemplo, pelos elevadores situados entre a Place des Moulins e o litoral; entre o terraço do casino e a Boulevard Louis II; entre Avenue des Citronniers e Avenue Grande Bretagnem, entre outros.

Os transportes públicos são essenciais para facilitar a caminhada entre os diversos níveis de Mónaco e nos centros turísticos, geralmente, encontra mapas com a localização de todos elevadores e planos inclinados do Principado.

Outra alternativa, indicada principalmente para quem tem pouco tempo e quer ter uma ideia geral, é apanhar o comboio Azur Express, que faz um roteiro pelos principais pontos turísticos da cidade com cerca de 30 minutos de duração. O ponto de partida é em frente ao Museu Oceanográfico, na avenida Saint Martin.

A terceira opção é optar pelos autocarros tradicionais. Aconselha-se a compra do passe diário, que permite viajar quantas vezes quiser, em qualquer uma das linhas. Uma forma original de ver o Principado e ao mesmo tempo navegar nas águas do Mediterrâneo é fazer o passeio a bordo do Aquavision, uma embarcação tipo catamarã equipada com visores de vidro no fundo, que permitem apreciar as belezas submersas da região.

Praia do Larvotto

Estando situado à beira-mar, no Mónaco não poderia faltar uma praia… e na ausência de uma natural foi criada uma artificial. A praia do Larvotto, formada por uma estreita faixa de areia, tem a vantagem adicional de ser gratuita e aberta ao público, pois por aqui é comum a existência de praias privativas, exclusivas de condomínios e hotéis, ou onde é preciso pagar para ter acesso. Larvotto, na verdade, é a única faixa de areia pública do Mónaco e durante os meses quentes de verão, costuma ficar repleta de gente.

Diversos restaurantes, bares e águas limpas fazem desta praia um local disputado entre moradores e turistas.

Grande Prémio do Mónaco de Fórmula 1

O Principado também é palco de um dos mais conceituados circuitos automobilísticos, o Grande Prémio do Mónaco de Fórmula 1.

Disputado desde 1929, o trajeto passa por alguns dos principais pontos turísticos do local, como o Casino de Monte Carlo e a marina de La Condamine.

Mónaco “by night”

A vida noturna faz parte integrante da lenda do Principado. Noites palpitantes, glamourosas, “night-clubs” ou “soirées” de gala são sempre inesquecíveis.

O “frisson” é garantido nas noites passadas nos casinos. Faça as suas apostas entre Le Casino, o Café de Paris, o Sun Casino e a Salle des Palmiers, todos diferentes, mas que se complementam para que as suas noites sejam emocionantes.

Para passar noites memoráveis, faça a festa na discoteca e dance até ao amanhecer num ambiente muito chique.

Para beber com os amigos, aproveite os clubes, onde a alegria de viver e o bom humor terão a música como companhia. A noite monegasca oferece tantas diversões que vai precisar de várias para conhecê-la: as galas na Salle des Etoiles do Sporting de Monte Carlo, os espetáculos de variedades internacionais no Cabaret Du Casino…

Gastronomia

Fortemente influenciada pela culinária francesa, a cozinha monegasca também oferece todas as delícias da culinária ocidental, onde pode saborear pratos como o Stocafi, que é um peixe preparado em vinho com azeitonas pretas, conhaque e cebola. A especialidade e o prato predileto dos monegascos é o Barbagiuan, que nada mais é do que um panado frito de calabaz, arroz, ovo e queijo.

< >

Guia do viajante

Onde ir

Museu Oceanográfico
Catedral de São Nicolau
Casino de Monte Carlo
Rochedo
Jardin Japonais
Jardin Exotique
Palácio do Príncipe
Fontvielle, bairro “high-tech”
De Condamine a Moneghetti, o coração do Mónaco

Onde comer

Joël Robuchon
Le Louis XV – Alain Ducasse
Le Vistamar
Blue Bay
Lo Sfizio
Il Terrazzino
Buddha Bar
Cosmopolitan
Truffle Bistro
Horizon Deck, Restaurant & Champagne Bar

Onde ficar

Hotel de Paris
Hotel Métropole Monte-Carlo
Monte-Carlo Beach Hotel
Hotel Hermitage
Fairmont
Port Palace
Monte-Carlo Bay Hotel & Resort
Le Méridien Beach Plaza
Hotel Columbus Monte Carlo
Novotel Monte Carlo
Hotel Ambassador Monaco
Museu Oceanográfico

Aqui é possível ficar extasiado com a beleza do aquário no local e com o jardim, extremamente exótico. Há uma grande coleção da fauna marinha, incluindo esqueletos de tubarão e desfile de baleias. O edifício fica à beira de um penhasco com 85 metros de altura, oferecendo uma vista magnífica sobre a cidade.

Catedral de São Nicolau

É aqui que estão os restos mortais da lendária Grace Kelly. Construída em 1875, é quase uma obra de arte religiosa que atrai muitos visitantes.

Casino de Monte Carlo

É uma das principais atrações turísticas de Mónaco. O arquiteto Charles Garnier, o mesmo que desenhou a Ópera de Paris, foi o responsável pelo projeto, em 1878. O “atrium” é feito em mármore e tem 28 colunas construídas em ónix. Para entrar na sala de jogos tem que pagar uma taxa, mas o acesso às máquinas é gratuito. O local tem uma iluminação noturna fantástica e conta com um luxuoso restaurante e hotel. Além da possibilidade de sair com os bolsos cheios, outro “risco” é esbarrar com as celebridades mais que famosas.

Rochedo

Descubra a Vieille-Ville através de estreitas vielas da Idade Média, que levam às pitorescas Place Saint Nicolas e Placette Bosio, à Capela da Miséricorde, ao Palácio da Justiça e à Catedral, construção no estilo românico-bizantino erguida em 1875.

Jardin Japonais

Dá outra mostra do culto ao paisagismo e à perfeição em Mónaco com canteiros, fontes e pontes inspirados na cultura oriental.

Jardin Exotique

Os jardins exóticos abrigam espécies de catos suculentos em formações rochosas, além de uma caverna de observação.

Palácio do Príncipe

Fica no cume de uma colina e oferece uma vista deslumbrante do Mónaco e das costas francesa e italiana. Todos os dias, a cinco minutos do meio-dia, a guarda real faz um desfile à frente do palácio, ostentando rifles, espadas e baionetas. Seguem ao ritmo de trombetas, usando uniformes pretos no inverno e brancos no verão. Depois disso, pode fazer um “tour” ao interior do castelo, que chama a atenção pela sua arquitetura requintada.

Fontvielle, bairro “high-tech”

Fontvielle é um bairro inteiramente construído sobre aterro do mar; a tecnologia foi posta ao serviço do Principado e o Mónaco optou por acolher aqui empresas “high-tech” e não poluentes.

De Condamine a Moneghetti, o coração do Mónaco

Para viver o Mónaco tradicional, caminhe pela Condamine, uma esplanada grande, situada no coração da cidade, que dá cor todas as manhãs com os quiosques de flores, rodeada de arcadas cobertas onde se pode tomar um aperitivo e descansar enquanto lê o jornal.

Hotel de Paris
Hotel Métropole Monte-Carlo
Monte-Carlo Beach Hotel
Hotel Hermitage
Fairmont
Port Palace
Monte-Carlo Bay Hotel & Resort
Le Méridien Beach Plaza
Hotel Columbus Monte Carlo
Novotel Monte Carlo
Hotel Ambassador Monaco
Joël Robuchon
Le Louis XV – Alain Ducasse
Le Vistamar
Blue Bay
Lo Sfizio
Il Terrazzino
Buddha Bar
Cosmopolitan
Truffle Bistro
Horizon Deck, Restaurant & Champagne Bar

Clima

Temperado, particularmente agradável e ensolarado mais de 300 dias por ano, o que faz do Mónaco uma terra acolhedora por vocação.

Documentos

Cartão do cidadão.

Outras Informações

Moeda Euro Idioma O oficial é o francês. A língua nacional é o monegasco e também se fala italiano. Fuso horário A mesma hora que Portugal Continental.

Partilhar Artigo

Top