Santorini: Um pedaço do Paraíso!

Santorini: Um pedaço do Paraíso!

Santorini: Um pedaço do Paraíso!

Artigo de Redação

Repleta de charme e encantos, para onde olhar, encontrará paisagens deslumbrantes, que enfeitiçam qualquer um. A ilha de Santorini pertence ao arquipélago das Cíclades (Cyclades), no mar Egeu, a 200 quilómetros de Atenas.

< >

Possui cerca de 73 quilómetros quadrados de área e, aproximadamente, 14 mil habitantes e não é mais do que um dos cantos de um vulcão (ainda ativo) que teve a sua maior e mais famosa erupção por volta de 1680 a. C., cujas ilhas à volta são parte de uma cratera. Essa erupção fez com que Santorini assumisse a sua forma atual, sendo que, a partir de vários pontos, pode observar a ponta do vulcão rodeada por mar. Há quem diga, até, que a erupção inspirou a lenda da Atlântida.

Perca-se pelas ruelas de Fira e deslumbre-se com Oía

A capital de Santorini é Thera (ou Fira), principal centro turístico e um autêntico labirinto de ruazinhas pintadas de branco, cheias de lojas de joias e artesanato. Aqui, terá que fazer a sua primeira paragem para observar o mar Egeu do alto e tirar uma foto entre as centenas de casinhas brancas e azuis. Perca-se pelas ruelas de Fira para apreciar as vitrinas e observar o vaivém de turistas das mais variadas nacionalidades. Outra paragem obrigatória é para se deliciar com os incríveis doces gregos, como as baklavas e os folhados com pistácios, nozes, amêndoas e uma calda de mel.

A cidade mais bonita de Santorini é Oía, no extremo norte da ilha, com um cenário mágico, principalmente durante o pôr-do-sol, quando as casas, todas coloridas, ficam banhadas por uma aura alaranjada. A vista é absolutamente inesquecível.

Principais regiões de Santorini

Oía (pronuncia-se “ía”)
É famosa pelo seu romântico pôr-do-sol, que tem como moldura as casinhas brancas de telhados azuis. Se for até ao extremo, poderá observar o espetacular cenário de ruas estreitas e casas cheias de charme.

Fira (ou Thira)
É a capital e o centro de tudo – daqui partem os autocarros públicos para outras partes da ilha. A oferta de lojas, bares e restaurantes é muito grande. Vá até à beira da encosta e terá uma vista deslumbrante de Fira e de
toda a caldeira.

Kamari, Perissa e Perívolos
É uma região de praia (não é uma encosta), que tem uma série de restaurantes.

E ainda…
Se puder, dê um salto a Firostefani, Imerovigli, Megalochori, Karterados e Akrotiri, onde estão situados muitos restaurantes e lojas de comércio.

Onde ir

Catedral ortodoxa
Originalmente construída em 1827, foi reerguida após o grande terramoto de 1956. O interior é ricamente ornamentado com belíssimos ícones pintados pelo artista grego Christoforos Assimis.

Museu arqueológico
No acervo há estátuas que datam desde o período arcaico até ao romano, mas o grande destaque são os vasos, em ótimo estado de conservação.

Museu pré-histórico de Thira
Encontrará uma interessante coleção de peças que apresentam a arte e o quotidiano dos habitantes de Santorini desde o período Neolítico, com as peças mais antigas que datam de mais de três mil anos a. C. Não deixe de conhecer a coleção de murais e artefactos encontrados durante a escavação de Akrotiri.

Situada ao Sul da ilha, Akrotiri foi uma importante cidade da era minoica, encontrada soterrada sob as cinzas de uma erupção vulcânica, o que lhe valeu o título de “A Pompeia do Egeu”. A coleção demonstra o avançado e sofisticado estado desta antiga cultura, que já no século XVII a. C. dominava a pintura e a cerâmica e importava artigos de luxo de todo o mundo.

< >

Guia do viajante

Onde ir

Oía
Red Beach

Onde comer

Blue Note Restaurant
Cyclades Tavern Restaurant

Onde ficar

Splendour Resort
Canaves Oia Hotel
Petit Palace

Clima

Verões quentes e longos e invernos mornos, mas chuvosos

Documentos

Bilhete de identidade/cartão do cidadão.

Outras Informações

Moeda: Euro Idioma: Grego Fuso horário: + 2 horas Passeios: Uma opção interessante para quem quiser desfrutar de um passeio diferente é um cruzeiro de meio dia que inclui uma visita às pequenas ilhas de Nea Kameni & Palea Kameni, localizadas dentro da caldera, de fontes quentes com as águas verdes e amarelas. Outra opção é Thirassia, a qual foi separada do restante da ilha quando se deu a primeira erupção. A cidade também é fonte de admiração por causa das ruas estreitas e dos cafés ao ar livre à beira do precipício, acessíveis apenas por carros, teleféricos e mulas. Dica: O melhor será alugar um carro. Não é muito caro e vai facilitar a sua vida na ilha. Se puder, use o GPS. Gastronomia: Há excelentes restaurantes e cafés espalhados pela ilha que servem comida deliciosa e nutritiva. Em Fira, encontrará autênticas tabernas, onde pode provar o peixe, o vinho e a bebida nacional da Grécia, o destilado ouzo. Além disso, encontrará bons risotos, saladas e frutos-do-mar. Pratos típicos: As favas secas com cebolas tostadas, a moussaka, as saladas gregas com tomate-cereja e queijo feta são os pratos típicos, além de muito peixe e legumes. Os tomates merecem uma atenção especial, já que são extremamente saborosos e amplamente utilizados na gastronomia local. Em Santorini, nunca são regados. A única água que absorvem vem da humidade do ar e essa é a razão do seu sabor tão aguçado. Com eles, além das saladas são feitos os molhos e os tomatos balls. Deliciosos! Feitos com hortelã e fritos, são uma excelente opção! As beringelas brancas são outro produto típico da região. Muito suaves, podem ser cozidas com carne de cordeiro e tomate-cereja. Uma boa maneira de finalizar a refeição pode ser com as melitinias, pequenas tortas de queijo, ou uma das delícias da Doceira Milénio, em Oía.

Partilhar Artigo

Top