Santiago de Compostela, o destino que não é só para peregrinos

Santiago de Compostela, o destino que não é só para peregrinos

Santiago de Compostela, o destino que não é só para peregrinos

Artigo de André Cruz Martins

Santiago de Compostela, no noroeste de Espanha (na província da Galiza), é uma das cidades mundiais mais famosas como destino de peregrinação cristã. Essa tradição remonta à fundação da cidade, no século IX, e à sua imponente catedral. Este templo religioso alberga o túmulo de Santiago Maior, um dos apóstolos de Jesus Cristo. A visita a esse túmulo marca o fim da peregrinação, cujos percursos, os chamados Caminhos de Santiago ou Via Láctea, se estendem por toda a Europa Ocidental ao longo de milhares de quilómetros.

Desde 1985 que o seu centro histórico está incluído na lista de Património Mundial da UNESCO. Em 1993, foi também incluído nessa lista o Caminho de Santiago. Saiba o melhor que há para fazer neste destino, ideal não apenas para peregrinos, mas para todo o género de pessoas.

A Catedral, um mundo a descobrir

A Catedral é sem dúvida a maior atração turística de Santiago de Compostela. Foi construída entre 1075 e 1128, em estilo românico, na época das cruzadas e durante a Reconquista Cristã. Ao longo dos séculos, foi recebendo elementos góticos, renascentistas e barrocos.

Leia ainda: País Basco, a alta gastronomia, as praias a uma cultura muito própria

Na Catedral, destaca-se a Capela da Corticela, oratório fundado no século IX, pertencente mais tarde aos beneditinos de S. Martiño Pinario. Foi sendo absorvida pelas sucessivas ampliações construtivas da Catedral. É possível subir aos telhados da Basílica, através das torres da fachada medieval. Lá vai observar uma vista deslumbrante da Basílica e também da cidade de Compostela.

A Praça do Obradoiro, local de passagem obrigatório

A Praça do Obradoiro é a “sala de visitas” da cidade. Nela concentram-se os edificios mais emblemáticos e fica o ponto zero a partir da qual se contabiliza os quilómetros de cada Caminho para Santiago. É nesta praça que encontramos o Palácio de Rajoy, construído no século XVIII, encomendado pelo arcebispo Bartolomé Rajoy. Hoje em dia acolhe a Presidência da Junta de Galiza e a Câmara Municipal.

Um parque para passear e a animada vida noturna

O Parque de la Alameda é a melhor zona para passear e respirar ar puro em Santiago de Compostela. Possui três caminhos principais, que foram idealizados para as várias classes sociais do século XIX. Um dos caminhos estava reservado para o povo, outro para a nobreza e outro para professores, clérigos e pessoas instruídas. Dentro desta parque fica a Igreja do Pilar, em estilo barroco do século XVIII, em homenagem à Virgem do Pilar, Padroeira de Espanha.

Veja também: Sevilha, uma cidade com muita história e diversão às portas do Algarve

Santiago de Compostela tem uma animada vida noturna, especialmente no verão. Não falta música ao vivo e de vários géneros, como jazz, rock, clássica, gaitas de foles e acordeão. E existem vários bares abertos até tarde, que estão sempre cheios, ou não fossem os espanhóis adeptos da vida ao ar livre até altas horas da noite.

Percorra a galeria e veja mais fotos da cidade de Santiago de Compostela.

< >

Partilhar Artigo

Top